Penúltima etapa do Metropolitano de Terra foi sucesso em São José dos Pinhais

0
Postado 30 de setembro de 2019 por bisponeto em Automobilismo
Esse foi mais um fim de semana (28 e 29 de setembro) de muitas disputas no Autódromo de São José dos Pinhais, com realização da 4.ª etapa do Campeonato Metropolitano de Velocidade na Terra, que contou com organização e promoção de Manoel Rodriguez e Leandro Stadler, da RS Motorsport Eventos, com 61 carros em duas provas nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1.600 “C” e Novatos “I”, Turismo 5000 (Omega, Opala e Dodge), Super Chev “A” e “B”, Auto Cross “A” e “B” e Fusca Velocidade “A” e “Light”. A etapa terá o patrocínio da Militec-1, Pelikano, Toyota Barigui e Gasoline Car Repairs, o apoio da West Lake Pneus e Grameira Gabardo, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).
– Grids de largada –
Durante os Treinos Classificatórios, os cinco primeiros por categoria foram: Auto Cross: 1.º) Alisson Marçal, 58s032; 2.º) Rafael Schuhli, 58s347; 3.º) Rogério Schuhli, 1min03s597; e 4.º) Luiz Camargo, 1min03s986. Super Chev “A”: 1.º) Hamilton Morsch, 1min01s396; 2.º) Flávio Mendes, 1min02s495; 3.º) Celso Gabardo, 1min02s813; 4.º) Pedro dos Santos, 1min03s204; e 5.º) Rogério Torres, 1min03s246. Super Chev “B”: 1.º) Júnior Fagundes, 1min02s425; 2.º) Brendon Gabardo, 1min03s503; 3.º) Gabriel Ferreira, 1min04s885; 4.º) Edson Pilati, 1min06s002; e 5.º) Roberto Santos, 1min07s771. Marcas “A”: 1.º) Leonardo Kovalski, 57s978; 2.º) Jean Gans, 1min 58s180; 3.º) Juca Lisboa, 59s180; e 4.º) Stive Tokarski, 1min02s717. Marcas “B”: 1.º) Ricardo Pamplona, 59s516; 2.º) João Stabach, 59s677; e 3.º) Wilson Kavilhuka, 1min00s393. Turismo 5000 (Omega): 1.º) Marcelo Tatsch, 57s255; 2.º) José Carlos Franzoi, 57s895; e 3.º) José Meirelles, 1min02s986. Turismo 5000 (Opala): 1.º) Brendon Gabardo, 59s255; e 2.º) Bernardo Kava, 59s805. Turismo 1.600 “C”: 1.º) Diego Lino, 59s560; 2.º) Leandro dos Santos, 1min03s880; e 3.º) Leandro Stadler, 1min08s168. Novatos 1600 “I”: 1.º) Geovane Ciesielski, 1min00s630; 2.º) Henrique Marques, 1min01s972; e 3.º) Norival Kavilhuka, 1min04s585. Fusca Velocidade “A”: 1.º) Ailson Júnior, 1min00s858; 2.º) Juliano dos Anjos, 1min01s559; 3.º) Emanuel Pauzer, 1min01s878; 4.º) Fabiano dos Anjos, 1min01s909; e 5.º) Luciano Laroca, 1min01s932. E na Fusca Velocidade “Light”: 1.º) Thiago Andolhe, 1min03s938; 2.º) Alexandre, 1min04s867; 3.º) Marcos de Melo, 1min07s833; 4.º) Maycon Nishiba, 1min10s170; e 5.º) Jorge Luiz, 1min11s986.
– Auto Cross –
A categoria Auto Cross foi a primeira a ir para a pista, com 5 participantes, realizando duas belas provas. A primeira corrida foi realizada às 10h18 do domingo, com Alisson Marçal largando na pole-position e mantendo a posição, seguido de perto por Rafael Schuhli, Luiz Camargo e Rogério Schuhli, que abandonou a corrida na segunda volta. Ao fim de 16 voltas, a vitória foi de Alisson Marçal, na categoria Auto Cross, com o tempo de 16min35s577, seguido de Rafael Schuhli, a 27s230, Luiz Camargo, a uma volta, e, Arthur Coletti, a duas voltas.
Na segunda corrida da Auto Cross, Alisson Marçal manteve a liderança na largada e travou uma disputa acirrada com Rafael Schuhli no início da prova. No decorrer da corrida, Luiz Camargo ultrapassou Schuhli, assumindo o segundo lugar. Depois de 14 voltas, a vitória foi de Alisson Marçal, na Auto Cross, com o tempo de 14min26s332, tendo Luiz Camargo em segundo, a 19s238, Rafael Schuhli em terceiro, a 19s389, e, Arthur Coletti em quarto, a duas voltas. Alisson Marçal marcou ainda a volta mais rápida das duas provas, na sétima volta da segunda prova, com o tempo de 59s949 e média de 100,285 km/h. Resultado Final: Super Fórmula: 1.º) Alisson Marçal, 41 pontos; 2.º) Luiz Camargo, 27; 3.º) Rafael Shuhli, 27; e 4.º) Arthur Coletti, 20.
– Super Chev “A” e “B” –
Reunindo 22 carros em seu grid, as categorias Super Chev “A” e “B” foram para a primeira corrida, com a promessa de bons pegas e muitas ultrapassagens. O pole position Hamilton Morch manteve a liderança da largada, seguido de perto nas primeiras voltas por Flávio Mendes, Celso Gabardo, Pedro dos Santos, Rogério Torres e Fábio Aramis. A “briga” pela liderança da prova foi muito boa entre Hamilton Flávio, do início ao fim da corrida. Na Super Chev “B” a disputa foi boa entre Júnior Fagundes e Brendon Gabardo. O Safety Car foi acionado três vezes para a retirada de carros acidentados. Após 9 voltas, a vitória Geral e na Super Chev “A” foi de Hamilton Morsch, com o tempo total de 14min03s875, com Flávio Mendes em segundo, a 0s049, Rogério Torres em terceiro, a 2s480, Pedro dos Santos em quarto, a 3s054, e, Celso Gabardo em quinto, 3s627. Na Super Chev “B”, a vitória foi de Júnior Fagundes, com tempo de 14min13s830, seguido de Brendon Gabardo, a 0s429, Edson Pilatti, a 1s825, Roberto Santos, a 7s268, e, Roberto Minatoya Jr, a 20s156.
Hamilton Morsch largou na pole position da segunda corrida da Geral e da Super Chev “A”, onde se manteve até a bandeirada final, deixando a “briga” pelas demais posições, por conta de Flávio Mendes, Pedro dos Santos, Fábio Aramis e Maurício Cavali. Novamente na Super Chev “B” a “briga” principal foi entre Júnior Fagundes e Brendon Gabardo. Ao fim de 13 voltas, a vitória na Geral e na Super Chev “A” foi de Hamilton Morsch, com tempo total de 15min39s177, seguido de Pedro dos Santos, a 12s009, Fábio Aramis, a 16s826, Flávio Mendes, a 31s308, e, Maurício Cavali, a 4 voltas. A volta mais rápida das corridas disputadas foi de Hamilton Morsch, na 11.ª passagem da segunda prova, com tempo de 1min01s473, à média de 97,799 km/h. Resultado Final: Super Chev “A”: 1.º) Hamilton Morsch, 41 pontos; 2.º) Pedro dos Santos, 25; 3.º) Flávio Mendes, 25; 4.º) Fábio Aramis, 18; e 5.º) Rogério Torres e Maurício Cavali, 12. Super Chev “B”: 1.º) Júnior Fagundes, 41; 2.º) Brendon Gabardo, 30; 3.º) Edson Pilatti, 24; 4.º) Roberto Santos, 20; e 5.º) Dorival/Daniel do Vale, 14.
– Marcas –
Os sete participantes das categorias Marcas “A” e “B” foram para a primeira bateria às 11h47 de domingo, com a promessa de belas disputas na principal categoria da Velocidade na Terra. O pole position Leonardo Kovalski manteve a liderança na largada e venceu de ponta a ponta, depois de boa disputa com Jean Gans pela primeira posição. Após 15 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” foi de Leonardo Kovalski, com tempo de 14min47s367, com Jean Gans em segundo, a 1s861, Juca Lisboa em terceiro a 10s184 e Stive Tokarski em quarto, a 50s775. Na Marcas “B” a vitória foi de João Stabach, com tempo de 15min08s697, seguido de Ricardo Pamplona, a 8s744, e, Wilson Kavilhuka, a 16s878.
Na segunda bateria das categorias Marcas, Leonardo Kovalski perdeu a liderança para Jean Gans na primeira volta e o duelo entre os dois seguiu até a bandeirada final. Depois de 16 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” foi novamente de Jean Gans, com tempo de 15min49s178, tendo Leonardo Kovalski em segundo, a 2s788, Luiz Kavilhuka em terceiro, a 443s002, e, Juca Lisboa em quarto, a uma volta. Na Marcas “B” a vitória foi novamente de João Stabach, com o tempo de 16min26s594, seguido de Ricardo Pamplona, a 4s987, e, Wilson Kavilhuka, a 5s567. Jean Gans marcou a volta mais rápida das baterias disputadas, na 11.ª passagem da segunda corrida, com tempo de 58s502, à média de 102,766 km/h. Resultado Final: Marcas “A”: 1.º) Leonardo Kovalski, 36 pontos; 2.º) Jean Gans, 35; 3.º) Juca Lisboa, 22; 4.º) Luiz Kavilhuka, 12; e 5.º) Stive Tokarski, 10. Marcas “B”: 1.º) João Stabach, 40; 2.º) Ricardo Pamplona, 31; e 3.º) Wilson Kavilhuka, 24.
– Turismo 5000 –
Mais uma vez as categorias Turismo 5000 deram show na pista, com os Omegas (4) e Opalas (2), os mais rápidos de todas as categorias, fazendo duas belas corridas. A primeira corrida foi realizada às 12h21 do domingo, com o Omega de Marcelo Tatsch largando na frente, mas perdendo a liderança para José Carlos Franzoi na primeira volta e com bom duelo entre os dois até a bandeirada final. O Omega de José Meirelles teve problemas e nem completou uma volta, não participando da segunda prova também. Ao fim de 14 voltas, a vitória foi de José Carlos Franzoi, na Geral e na categoria Omega, com o tempo de 13min52s693, seguido de Marcelo Tatsch, a 3s323, e Francesco Esposito Neto, a uma volta. Na categoria Opala a vitória foi de Brendon Gabardo, com tempo de 14min19s915, com Bernardo Kava em segundo, a duas voltas.
Na segunda corrida da Turismo 5000, José Carlos Franzoi manteve a ponta da largada da prova e liderou por quatro voltas, sofrendo pressão de Marcelo Tatsch no início, e assumiu a liderança na quinta volta. O Omega de José Carlos Franzoi abandonou com oito voltas. Depois de 15 voltas, a vitória foi de Marcelo Tatsch, na Geral e na categoria Omega, com o tempo de 14min56s355, tendo Francesco Esposito Neto em segundo, a uma volta. Na categoria Opala nova vitória de Brendon Gabardo, com tempo de 15min42s818. A volta mais rápida das provas realizadas foi de Marcelo Tatsch, na 8.ª passagem da segunda corrida, com o tempo de 57s708, à média de 104,180 km/h. Resultado Final: Omega: 1.º) Marcelo Tatsch, 36 pontos; 2.º) Francesco Esposito Neto, 27; 3.º) José Carlos Franzoi, 20; e 4.º) José Meirelles, 0. Opala: 1.º) Brendon Zonta Gabardo, 41 pontos; e 2.º) Bernardo Kava, 15.
– Fusca Velocidade –
As categorias Fusca Velocidade “A” e Light reuniram 17 participantes, também realizando duas belas corridas. A primeira corrida foi realizada às 11h20 do domingo, com Ailson Júnior largando na pole-position e mantendo a posição até a oitava volta, seguido de perto por Emanuel Pauzer e Juliano dos Anjos, que assumiu a liderança na nona volta. Douglas Rodrigues abandonou na primeira volta, Luciano Laroca na segunda e Maycon Nishiba com sete voltas. Ao fim de 12 voltas, a vitória foi de Juliano dos Anjos, na Geral e na categoria Fusca Velocidade “A”, com o tempo de 14min41s550, seguido de Ailson Júnior, a 1s665, Fabiano dos Anjos, a 3s030, Rogesson Negão, a 7s317, e, Carlos Sabugo, a 8s420. Na Fusca Velocidade Light vitória foi de Thiago Andolhe, com tempo de 14min46s347, com Alexandre Marzolla em segundo, a 13s295, Jorge Luiz em terceiro, a uma volta, e, Marcos de Melo em quarto, a uma volta.
Na segunda corrida da Fusca Velocidade “A” e Light, Ailson Júnior assumiu a liderança na largada, seguido de perto por Fabiano dos Anjos e Regesson Negão. Destaque para a corrida de Carlos Eduardo, que largou em oitavo e chegou em quarto lugar. Gabriel dos Anjos, Luciano Laroca, Maycon Nishiba, Nickolas Lima e Fabiano dos Anjos abandonaram a corrida. Depois de 13 voltas, a vitória foi de Ailson Júnior, na Geral e na Fusca Velocidade “A”, com o tempo de 17min12s953, tendo Fabiano dos Anjos em segundo, a 2s206, Rogesson Negão em terceiro, a 9s308, Carlos Eduardo em quarto, a 15s334, e, Emanuel Pauzer em quinto, a 17s347. Na categoria Fusca Velocidade Light nova vitória foi de Thiago Andolhe, com 13 voltas no tempo de 17min34s342, seguido de Jorge Luiz, a 2s108, Marcos de Melo, a 4s963, e, Alexandre Marzolla, a três voltas. Juliano dos Anjos marcou volta mais rápida das provas realizadas, na 4.ª passagem da primeira corrida, com o tempo de 1min01s273, à média de 98,118 km/h. Resultado Final: Fusca Velocidade “A”: 1.º) Ailson Júnior, 36 pontos; 2.º) Fabiano dos Anjos, 27; 3.º) Rogesson Negão, 22; 4.º) Juliano dos Anjos, 20; e 5.º) Carlos Eduardo, 16. Fusca Velocidade Light: 1.º) Thiago Andolhe, 41 pontos; 2.º) Jorge Luiz, 27; 3.º) Alexandre Marzolla, 25; 4.º) Marcos de Melo, 22; e 5.º) Maycon Nishiba, 0.
– Turismo “C”/Novatos “I” –
E a primeira prova das categorias Turismo 1600 “C”/Novatos 1600 “I”, foi à pista às 13h37, com sete participantes, com o pole position Diego Lino mantendo a liderança na largada, seguido de perto por Geovane Ciesielski, que o ultrapassou na primeira volta. A disputa entre Geovane e Diego se estendeu até o início da quinta volta, quando o carro de Diego escapou e acertou o barranco, obrigando o piloto a abandonar a corrida. Norival Kavilhuka e Enrique Marques duelaram pela segunda posição. Leandro Stadler, Diego Lino e Cristiano Colodel abandonaram a prova. Ao fim de 15 voltas, a vitória na Geral e na categoria Novatos “I” foi de Geovane Ciesielski, com tempo total de 15min22s633, vindo em segundo Henrique Marques, a 48s682, e, em terceiro Norival Kavilhuka, a 57s169. Na Turismo “C”, a vitória foi de Leandro dos Santos, com o tempo de 15min47s599.
Largando na pole position, Geovane Ciesielski faturou também a segunda prova da Turismo “C”/Novatos “I”, vencendo de ponta a ponta, sem dar chances a seus adversários. Dos cinco primeiros, Geovane Ciesielski, Leandro dos Santos, Norival Kavilhuka e Leandro Stadler terminaram na posição que largaram e Henrique Marques abandonoiu com 12 voltas. Grande corrida de Diego Lino, que largou em sexto e concluiu a prova em segundo na Geral. Após 15 voltas, nova vitória de Geovane Ciesielski na Geral e na Novatos “I”, com tempo de 15min11s090, com Leandro dos Norival Kavilhuka em segundo, a uma volta, e, Henrique Marques em terceiro, a três voltas. Na Turismo “C”, a vitória foi de Diego Lino, com tempo de 15min13s856, seguido de Leandro dos Santos, a 42s629, e, Leandro Stadler, a uma volta. A volta mais rápida das provas disputadas foi de Diego Lino, na 4.ª passagem da segunda prova, com tempo de 59s620, à média de 100,839 km/h. Resultado Final: Turismo “C”: 1.º) Leandro dos Santos, 35 pontos; 2.º) Diego Lino, 21; e, 3.º) Leandro Stadler, 12. Novatos “I”: 1.º) Geovane Ciesielski, 41; 2.º) Norival Kavilhuka, 27; 3.º) Henrique Marques, 27; e, 4.º) Cristiano Colodel, 0. A quinta e última etapa do Metropolitano de Velocidade na Terra de São José dos Pinhais está marcada para os dias 9 e 10 de novembro.

MRT – Marketing Racing Team
(41) 3252-4479 – 99957-2908


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)