Metropolitano: Lupatini Motorsport foi bem na 6.ª etapa no AIC

0
Postado 20 de setembro de 2017 por bisponeto em Automobilismo
A equipe curitibana Lupatini Motorsport/Ávila Racing mais uma vez fez boas corridas na sexta etapa do Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2017, no fim de semana (16 e 17/9), no Autódromo Internacional de Curitiba, situado em Pinhais (PR). Pilotando o Gol n.º 44, preparado pela equipe Ávila Racing, a dupla Rafael Lupatini/Antonio Carvalho não tiveram muita sorte e ficaram com a sétima posição na categoria Turismo 1.6 “C”, e o Gol n.º 190, com a dupla Rômulo Lazzari Molinari/Demétrio Tonon, ficou em sexto lugar na categoria Turismo 1.6 “I”.

Pilotando o Gol n.º 44, a dupla Rafael Lupatini/Antonio Carvalho (Distribuidora Pelikano) quebrou o motor do carro no último treino livre e não participou do Treino Classificatório. Na primeira corrida, o piloto Antonio Carvalho largou da última posição do grid, em 16.º lugar. Na largada, manteve a posição, onde se manteve por três voltas. Ganhou uma posição na quarta passagem e na sétima volta ganhou mais uma. Porém o carro quebrou a quatro voltas da bandeirada final e o piloto completou a prova em sétimo na categoria. Para a segunda corrida, com o carro concertado pela equipe, Rafael Lupatini foi para corrida de recuperação, largando da 10.ª posição do grid. Ganhou três posições na largada, mas passou a ter problemas com a embreagem e concluiu a corrida em sexto lugar na Turismo 1.6 “C”. “Esse não foi um bom fim de semana para a nossa equipe. Quebrou um motor no último treino livre e não participamos do treino classificatório. Com pista seca e 16 carros na pista não é fácil recuperar posições, mas até conseguimos e o carro quebrou de novo. Agora, vamos nos preparar para a etapa de Cascavel”, disse Antonio Carvalho (Distribuidora Pelikano).

A dupla Rômulo Lazzari Molinari/Demétrio Tonon (Titania/Acteon/Jeil/Grupo Enterprises) também não teve bom resultado na etapa do Metropolitano de Curitiba. Na primeira corrida, Rômulo largou da 13.ª posição do grid e vinha fazendo boa prova de recuperação, chagando a estar em décimo lugar, mas o carro quebrou na 17.ª volta e o piloto abandonou a corrida, ficando em quinto na Turismo 1.6 “I”. Na segunda corrida, Demétrio manteve a posição na largada, ganhou duas posições na primeira volta, mas se envolveu em acidente na terceira volta e caiu para as últimas posições. Concluiu a prova em 13.º na Geral e sexto na Turismo 1.6 “I”. “Esse é meu primeiro ano no Metropolitano de Marcas e estou evoluindo a cada etapa. Vamos nos preparar para a sétima etapa no início de outubro em Cascavel”, concluiu Rômulo Lazzari Molinari (Grupo Enterprises/Titania/Acteon/Jeil).

– Resultados –

Somados os pontos das duas provas disputadas, o resultado da categoria Turismo 1.6 “C” no Metropolitano de Velocidade foi o seguinte: 1.º) Luiz Ferreira, 40 pontos; 2.º) Rodrigo Kostin/Beto Baú, 30; 3.º) Dhyogo dos Santos/James Schwerdtner, 22; 4.º) Roberto Bonato/Evandro Maldonado, 16; e 5.º) Geison Tureck, 16. Turismo 1.6 “I”: 1.º) Rafael Lupatini/Alexandre Frankenberger, 40; 2.º) André Conti, 25; 3.º) Elberto Alves, 22; 4.º) Marcelo Cordeiro/Júlio Bueno, 16; 5.º) Sanito Cruz Jr/Leonardo Torres, 15; 6.º) Rômulo Molinari/Demétrio Tonon, 14. A sétima etapa do Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2017 está marcada para os dias 6, 7 e 8 de outubro, no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel (PR), válida pela terceira e última etapa do Paranaense de Velocidade no Asfalto 2017.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)