Confidenciais

0
Postado 16 de julho de 2012 por bisponeto em Colunas

PREÇO FIXO

A Ford Caminhões lança ação inédita na área de serviços no mercado de vans: a Revisão Preço Fixo para a linha Transit. É um programa de pós-venda exclusivo para os proprietários do modelo nas suas quatro versões: chassis, furgão curto, furgão longo e van de passageiros.  “A oferta tem como objetivo reforçar a economia operacional da linha de veículos comerciais Transit, afirma Oswaldo Jardim, diretor de Operações de Caminhões da Ford.

GLENDA PEREIRA

Visando melhorar o seu atendimento à imprensa, Caique Ferreira informa que a equipe de Relações com a Imprensa da Renault tem nova integrante. Trata-se de Glenda Pereira, jornalista com 17 anos de experiência no meio automotivo. Glenda assume o novo posto de assessora de imprensa de produto e ficará sediada em São Paulo. Seus novos contatos são (11) 2184-8340 e glenda.pereira@renault.com. Bem vinda Glenda e bom trabalho.

CONDOMINIO IVECO

O condomínio de fornecedores ao lado da fábrica de caminhões da Iveco em Sete Lagoas (MG) começou a sair do papel com o início das obras de infraestrutura. Ocupará área de 156 mil metros quadrados defronte à MG-060, dos quais 95 mil serão dedicados à área industrial e o restante será ocupado pelo sistema viário, área verde, área de equipamento comunitário e urbano (ilha ecológica e tecnológica). . Galpões para as instalações dos serão construídos antes do término das obras de base.

FORD CONTRATA

A Ford anunciou a contratação de 79 empregados na Fábrica de Taubaté, no interior paulista, para o aumento da capacidade de produção de motores e transmissões. Essas contratações se somam a outras 432 feitas no começo do ano e antecipam as metas previstas para o final do ano. “O aumento da capacidade de produção de motores e transmissões faz parte da programação da Ford para equipar suas atuais e futuras linhas de produtos na América do Sul”, diz Celso Salles, gerente da Fábrica de Taubaté.

CHERY HOMOLOGA

Ocorreu recentemente evento organizado pela montadora chinesa, com apoio do Sindipeças, que reuniu cerca de 150 fornecedores de autopeças. A Chery conta com seus cinco primeiros fornecedores auditados para poder cumprir com a exigência do governo relacionado ao índice de nacionalização, nas áreas de estamparia, rodas e cabos elétricos. A previsão de inauguração da fábrica da Chery, que conta com aporte de US$ 400 milhões, é final de 2013.

 

A.C.Bispoh é jornalista e advogado.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)