Ford Fiesta ST chega à Europa com 200cv e tecnologias sofisticadas

0
Postado 13 de março de 2018 por bisponeto em Automóveis
A Ford revelou detalhes do novo Fiesta ST que será lançado no mercado europeu no segundo trimestre, com tecnologias sofisticadas voltadas ao desempenho e prazer de dirigir. Além de suspensão traseira com molas de força vetorial, inovação patenteada pela Ford, o hatch oferece diferencial de escorregamento limitado e controle de arrancada como opcionais. Veja o vídeo no link: https://www.clipconverter.cc/download/qfno1tzK/412440096/.

Com novo motor EcoBoost 1.5 de três cilindros, de 200 cv, o esportivo acelera de 0 a 100 km/h em 6,5 segundos e chega à máxima de 232 km/h. Ele usa uma tecnologia inovadora de desativação de cilindros para reduzir o consumo e as emissões e conta com válvula de escapamento ativa para amplificar o ronco do motor.

Os três modos de direção – normal, esporte e pista – dão flexibilidade ao veículo, fazendo o melhor ajuste do motor, da direção e dos controles de estabilidade, tração e torque vetorial para cada condição de uso.

O novo Fiesta ST tem também tecnologias sofisticadas de assistência, como controle de cruzeiro adaptativo, assistente de manutenção na faixa e reconhecimento de sinais de trânsito, além de central multimídia SYNC 3 com tela de 6,5 ou 8 polegadas e som premium B&O Play. Seu design renovado inclui rodas de 17 ou 18 polegadas, bancos esportivos Recaro e volante de base reta.

“Os fãs de hatches esportivos esperam grandes coisas desse compacto. Nós aplicamos no novo Fiesta ST o que aprendemos com os recentes modelos da Ford Performance, incluindo o Focus RS e o Ford GT, para ser a referência em prazer de dirigir no segmento”, diz Leo Roeks, diretor da Ford Performance na Europa.

Inovação e performance

O Fiesta ST de terceira geração é o primeiro a oferecer diferencial de escorregamento limitado Quaife, que aumenta o controle em curvas, limitando a distribuição de torque para a roda que tiver a tração reduzida. Ele atua junto com o controle de torque vetorial, que reduz o subesterço aplicando os freios na roda dianteira interna em curvas.

O equilíbrio desses dois sistemas foi refinado pelos engenheiros da Ford Performance para oferecer ótimo desempenho tanto em pista seca como molhada. Seu uso combinado reduz ao mínimo a perda de torque devido a intervenções do freio, aprimorando o desempenho e o controle do veículo.

As molas de força vetorial, desenvolvidas e patenteadas pela Ford, melhoram a estabilidade, a agilidade e a capacidade de resposta da nova suspensão traseira “twist-beam”. O novo Fiesta ST é o primeiro hatch compacto esportivo a usar essa tecnologia de molas formadas a frio, com diâmetro e propriedades variáveis ao longo da peça, desenvolvidas exclusivamente para o veículo para absorver as forças em curvas e aumentar a rigidez lateral.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)