Volvo traz para Fenatran o Iron Knight, o caminhão mais rápido do mundo

0
Postado 25 de setembro de 2019 por bisponeto em Caminhões
Detentor de dois recordes mundiais (de 0 a 500m e de 0 a 1.000m) homologados pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), o Iron Knight (Cavaleiro de Ferro) chega ao Brasil para participar da Fenatran, maior evento do setor de caminhões da América Latina. O caminhão é um exemplar único, feito com um só objetivo: performance máxima!
Com motor de 2.400 cv e torque de 6.000 Nm, o Iron Knight foi construído para demonstrar a capacidade da Volvo para extrair desempenho excepcional de seus caminhões. Usando a mesma base mecânica do Volvo FH, o veículo foi preparado para gerar uma potência incrivelmente superior a dos caminhões de série. “Fizemos o Iron Knight para mostrar a alta resistência do trem-de-força Volvo em condições extremas. O caminhão usa a mesma transmissão I-shift e tem um motor com os mesmos componentes internos dos motores que equipam nossos veículos de produção regular, mas com preparação que atinge potência quase cinco vezes superior”, assegura Alcides Cavalcanti, diretor comercial de caminhões da Volvo.

Recordes mundiais
As quebras de recorde do Iron Knight foram realizadas em pista fechada em Västerås, na Suécia, sob supervisão da FIA. Numa longa reta, o caminhão percorreu a distância de 1.000 metros em dois sentidos (ida e volta), para anular a influência do vento. A velocidade e o tempo médios foram calculados com base nas duas passagens. O recorde homologado é o tempo médio dos dois percursos.
Na quebra do recorde mundial o Iron Knight percorreu a distância de 0 a 1.000 metros em apenas 21,142 segundos, com uma velocidade média de 170,277 quilômetros por hora. Na mesma prova, também foi batido o recorde mundial dos 0 a 500 metros, atingidos em apenas 13,673 segundos, com 131,646 km/h de velocidade média. A velocidade máxima do caminhão chegou a 276 km/h.
Exposição na Fenatran
É a primeira vez que o Iron Knight participa de eventos fora da Europa. Antes de chegar ao Brasil esteve também na Argentina e no Chile. Durante a Fenatran, que acontece em São Paulo de 14 a 19 de outubro, o veículo será um dos destaques em exposição no estande da Volvo. Além de poder ver de perto esse caminhão, que é uma verdadeira lenda da performance, os visitantes poderão participar de sessões de autógrafo com o piloto sueco Boije Ovebrink, que conduziu o Iron Knight na quebra dos recordes mundiais.

O piloto

Boije Ovebrink tem mais de 30 anos de experiência em provas de velocidade. Vencedor do campeonato europeu de corridas de caminhão em 1994, nos últimos anos tem se dedicado a quebra de recordes de velocidade com veículos pesados. Antes do triunfo com o Iron Knight (2016), Boije já havia quebrado outros recordes a bordo de caminhões Volvo, com o Wild Viking (2007) e o Mean Green (2010). “O Iron Knight pode ser descrito com apenas uma palavra: perfeição. O caminhão entrega uma potência insuperável quando pisamos fundo no acelerador. Este foi o terceiro Volvo que pilotei para quebrar recordes e ele tem um desempenho incomparável”, afirma Ovebrink.

Dados técnicos

  • Com 2.400 cv, 6.000 Nm de torque e 4,5 toneladas, o Iron Knight tem uma relação peso-potência-peso de 1,9 kg/cv;
  • O motor é do modelo D13 convencional, com modificações externas para alcançar desempenho máximo: duas entradas de ar com filtros abertos, quatro turbocompressores, e três intercoolers refrigerados a água. O software que faz a gestão eletrônica foi reprogramado para oferecer alto rendimento e a montagem no chassi foi feita em posição central, para melhor distribuição de peso;
  • A caixa de marchas I-Shift é igual a do Volvo FH de produção em série. As únicas diferenças são o sistema de dupla embreagem, que permite manter o torque alto durante as trocas de marcha, e um disco de embreagem reforçado com materiais especiais para suportar os 6.000 Nm de torque;
  • A aerodinâmica da cabine foi otimizada. Grandes tomadas laterais de ar captam ar para os radiadores resfriarem o motor com alta eficiência;
  • O chassi tem reforços que asseguram mais rigidez estrutural para o caminhão entregar potência máxima;
  • Aceleração de 0 a 100km/h em apenas 4,6 segundos.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)