Jair e Duda Bana ficam em 2.º na P2 da Endurance Brasil 2019

0
Postado 3 de abril de 2019 por bisponeto em Automobilismo
Os pilotos curitibanos Jair Bana e Carlos Eduardo “Duda” Bana (Bana Pneus) participaram da Categoria P2, na 1.ª etapa do Brasileiro de Endurance 2019, nas Quatro Horas de Curitiba, realizada no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), em Pinhais, no sábado (30/3). A prova da Império Endurance Brasil, foi disputada nas categorias P1, GT3, GT3 Light, GT4, P2, P3 e P4, com grid de 33 carros, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) e Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). Jair Bana e Duda Bana largaram na pole position da P2, mas abandonaram na volta 75, com a quebra do eixo cruzado traseiro do Protótipo Predador.

O Império Endurance Brasil 2019 começou nessa sexta-feira (29/3), com a realização de quatro treinos livres e o classificatório, onde a dupla curitibana Jair e Duda Bana (Bana Pneus), liderou a maioria deles na categoria P2. Durante o treino classificatório, Jair e Duda marcaram a pole position, com boa vantagem para o segundo colocado. Definiram a estratégia de corrida, com três paradas para a troca de pilotos e reabastecimento. Na categoria P2, os três primeiros no classificatório foram: 1.º) Jair Bana/Duda Bana (Protótipo Predador), 1min17s081; 2.º)Mauro Kern/Paulo Souza (MCR Tubarão), 1min19s870; e 3.º) Nay Faustini/Ney Sá Fautini (Geebee), 1min21s200.

Os pilotos Jair Bana foi para a largada das Quatro Horas de Curitiba 2019, com o Protótipo Predador com preparação da G-Stage. Jair Bana largou bem e se manteve entre os dez primeiros na Geral durante a sua primeira passagem, mantendo um ritmo forte de corrida por uma hora. O segundo stint foi de Duda Bana, que também acelerou forte o Protótipo Predador, também se mantendo entre os dez primeiros, depois da parada de todos os carros para a troca de pilotos, superando algumas adversidades de corrida. Passou o carro novamente para Jair Bana, que manteve o ritmo forte, mas na volta 75, a quebra do eixo cruzado traseiro do Predador os fez abandonar a corrida, ficando em segundo na P2.

“Nosso carro vinha muito bem, andando forte nas duas primeiras stints, liderando com folga na categoria P2 e andando entre os 10 primeiros na Geral. Mas como em corridas tudo pode acontecer, inclusive quando se anda no limite da pista e do carro, a quebra da suspensão traseira do carro nos fez abandonar a primeira etapa da Endurance Brasil”, disse Jair Bana. “Infelizmente, a suspensão cruzada traseira não suportou e quebrou e abandonamos a prova. Mas o importante foi saber que o nosso carro está andando forte e temos chances de conquistar o título da categoria P2. Vamos ter um bom intervalo agora entre as etapas, para revisarmos o carro e nos preparar para a segunda etapa, no dia 25 de maio em Goiânia”, concluiu Duda Bana (Bana Pneus).

            – Resultado final –

Após quatro horas de prova, os três primeiros da etapa de abertura da Imperial Endurance Brasil 2019, na categoria P2 foram: 1.º) Ney Faustini/Ney Sá Faustini (P2 – Geebee), 79 voltas; 2.º) Jair Bana/Duda Bana (P2 – Predador), 75 voltas; e 3.º) Mauro Kern/Paulo Souza (P2 – MCR Tubarão), 64 voltas. A segunda etapa da Império Endurance Brasil está marcada para o dia 25 de maio, com as Quatro Horas de Goiânia (GO). (Fotos: Cintia Azevedo).


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)