COLUNA RETA OPOSTA:

0
Postado 18 de outubro de 2018 por bisponeto em Colunas
Alfredinho Ibiapina é TOP 7 na Copa Brasil de Kart

Realizada entre os dias 9 a 13 de outubro, em Vespasiano-MG, a 20ª Copa Brasil de Kart marcou positivamente a estreia de Alfredinho Ibiapina (Embrasil) no traçado do kartódromo RBC Racing. O piloto de Curitiba apresentou boas corridas e encerrou a sua primeira participação na Copa em 7º lugar na classificação, com 29 pilotos na disputa pela categoria Cadete.

Largando do meio do grid, do 13º lugar, Alfredinho Ibiapina ganhou cinco postos na primeira curva. As disputas estavam intensas e as trocas de posições foram constantes. Na metade da prova caiu para o 12º lugar, mas volta a volta foi recuperando e foi o 7º piloto a cruzar a linha de chegada. Encerrada a competição nacional com bom resultado para a estreia na pista e na competição, com tantos pilotos mais experientes, Alfredinho Ibiapina se prepara para o Campeonato Catarinense, que terá o Open disputado de 19 a 21 de outubro, em Caçador-SC.

Londrina encerra sábado o Paranaense Light de Kart

O Kartódromo Luigi Borghesi, em Londrina, será no próximo sábado palco da 4ª e decisiva etapa do Campeonato Paranaense Light de Kart. A competição será válida também pelo Campeonato Metropolitano de Londrina, com promoção e organização da Associação dos Kartistas da Região de Londrina (AKRL) e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA). Para a definição dos campeões, cada competidor descartará os dois piores resultados das oito baterias do campeonato. Cada etapa tem duas baterias. Assim os campeões das categorias Mirim, Cadete, Sprinter, Máster, F-4 Graduados e F-4 Sênior só serão conhecidos neste sábado.

Ao fazer um balanço do campeonato, Bruno Sgarioni, presidente da AKRL, destaca que todas as expectativas foram superadas, foram revelados vários pilotos e muitos deles alçaram vôos mais altos, conquistando títulos no Sul-Brasileiro, Brasileiro e na Copa Brasil. Para o próximo ano, a AKRL promete novidades. Sgarioni informa que está fechando cotas de patrocínios e a ideia é manter o mesmo formato deste ano, com motores sorteados. “Estamos negociando cotas de patrocínio para implementarmos algumas novidades para a temporada 2019. Queremos oferecer premiação em dinheiro”, afirma Bruno Sgarioni.

Firás Fahs está confiante na conquista do primeiro título

Mesmo tendo sua preparação atrapalhada pelas chuvas dos últimos dias em Foz do Iguaçu, Firás Fahs está confiante na conquista do título da categoria Cadete no Campeonato Citadino de Kart de Foz do Iguaçu/Copa Itaipu-Itamed. A prova será disputada sábado no Kartódromo Adrena Kart. Se concretizar seu objetivo, será o primeiro título da carreira de Firas. Ele estreou no kart em janeiro do ano passado e competindo na categoria Mirim, foi vice-campeão no Citadino de Foz, e teve boa participação no Brasileiro. Neste ano estreou na categoria Cadete, quando foi o melhor paranaense da categoria Cadete no Campeonato Brasileiro e conquistou o quarto lugar no Campeonato Paranaense.

Firás mostra-se confiante na conquista de seu primeiro título, mesmo tendo sua preparação atrapalhada pelas chuvas dos últimos dias. “Praticamente não treinamos na semana passada, mas temos condições de conquistar este título. Será uma prova que promete ser disputadíssima”, acentua Firás. A decisão da categoria Cadete no Citadino de Foz do Iguaçu está entre Bernardo Miola e Firas Fahs. Sem os descartes, Miola lidera com 107 pontos, contra 95 de Firás. Com os descartes, a diferença cai para quatro pontos. Sendo assim, quem vencer fica com o título, independente se o adversário seja o segundo colocado. Sem vitória, a decisão será na base do quem chegar à frente.

Gustavo Myasava corre a Stock Light em Londrina

Mais sorte. Isto é o que espera Gustavo Myasava, da equipe MRF Racing/EMS Farmacêutica, na 7ª e penúltima etapa da Stock Light, que será disputada sábado e domingo, no Autódromo Ayrton Senna, em Londrina. A categoria está de volta à Capital do Café, que sediou a 3ª etapa, em maio.

Na rodada dupla de maio, Gustavo conquistou o 11º lugar na prova de sábado e o 10º no domingo. Chegou a andar em sexto no domingo, mas uma escapada da pista lhe impediu de brigar por um lugar no pódio. “Espero que neste retorno à Londrina, não tenhamos problemas, especialmente com toques e batidas. Quero fazer um bom treino classificatório para largar nas primeiras filas. Assim, diminuem muito asa possibilidades de acidentes, aumentando as chances de brigar pelas primeiras colocações”, acentua Gustavo, que ocupa a 14ª colocação na classificação, com 51 pontos, e almeja subir algumas posições no campeonato em Londrina. Nesta etapa, Gustavo Myasava será o único piloto da equipe MRF Racing/EMS Farmacêutica, uma vez que Leonardo Sanchez não poderá participar da prova em função de compromissos profissionais assumidos antes de seu ingresso na categoria.

 


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)