Festival Brasileiro de Marcas: Primeiras baterias movimentaram o AIC

0
Postado 6 de dezembro de 2014 por bisponeto em Automobilismo
Num sábado (6/12) quente em Curitiba, foram realizados com sucesso os treinos livres, classificatórios e as primeiras baterias do Festival Brasileiro de Marcas e Turismo 1600 2014, no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), em Pinhais (PR). A sexta edição do Festival Brasileiro está sendo disputada em três baterias, nas categorias Marcas e Turismo 1.600, com organização e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA). Junto ao evento acontece ainda uma etapa da Sprint Race, outra da Fórmula 1600 de São Paulo e a última etapa do Metropolitano de Curitiba da categoria Turismo 5000.
– Grids de largada –
Durante os treinos classificatórios que definiram os grids de largada, os três primeiros por categoria foram: Turismo 1.600: 1.º) Andrei Carta/Ruslan Carta Filho (PR), 1min42s683; 2.º) Charles Zimerman/Gastão Weigert (PR), 1min43s322; 3.º) Rodrigo Kostin/Beto Baú (PR), 1min43s446; 4.º) Billy Gabardo/Felipe Lobo (PR/SC), 1min43s688; 5.º) Mitsui Duzanowski (SC), 1min43s768. Turismo 5000: 1.º) Maurício Reuter (SC), 1min34s603; 2.º) Marco Antonio Garcia (PR), 1min34s962; 3.º) Armin Kliewer (SC), 1min35s238; 4.º) Odair Costa Jr (SC), 1min35s348; 5.º) Marco Aurélio Garcia (PR), 1min35s375. Marcas: 1.º) Leandro Zandona (PR), 1min41s186; 2.º) Jorge Martelli (SC), 1min41s201; 3.º) Gabriel Correa (GO), 1min41s263; 4.º) Marcos Ramos/José Cordova (PR), 1min41s266; e 5.º) Marco Romanini (PR), 1min41s270.
– Turismo 1.600 –
A categoria Turismo 1.600, com 13 participantes, foi a primeira a ir para a pista, realizando uma primeira bateria muito disputada. Na largada, Andrei Carta manteve a liderança na largada, seguido de perto Cherles Zimerman, Beto Baú, Felipe Lobo, Alexandre Frankemberger e José Pederneiras. Na 3.ª volta, Felipe Lobo assumiu o terceiro lugar e na volta seguinte era o segundo colocado. Mas na sexta volta, Beto Baú assumiu a vice liderança e travou bom “pega” com Felipe Lobo pela vice-liderança. Depois de 16 voltas, vitória de Andrei Carta, seguido de Beto Baú, a 4s017, Felipe Lobo, a 4s561, Marcelo Cordeiro, a 12s455, Alexandre Frankemberger, a 12s797, e em sexto lugar, Charles Zimerman, a 16s755. Andrei Carta marcou a volta mais rápida da prova, na 5.ª passagem, com o tempo de 1min43s183, à média de 128,917 km/h.
– Turismo 5.000 –
Na primeira prova da categoria Turismo 5000, teve oito participantes e boas disputas apesar de poucos carros. O pole position Maurício Reuter manteve a liderança na largada, seguido de perto por Rubens Kliewer, Marco Antonio Garcia, Armin Kliewer, Odair Costa Jr e Marco Aurélio Garcia. Na quarta volta, Armin Kliewer assumiu a segunda posição e passou a travar bom duelo com Marco Antonio Garcia pela vice-liderança. Na 13.ª volta, Marco Antonio Garcia assumiu o segundo lugar, onde concluiu a prova. Ao fim de 15 voltas, vitória de Maurício Reuter na Turismo 5.000, seguido de Marco Antonio Garcia, a 3s698, Armin Kliewer, a 4s487, Rubens Kliewer, a 12s390, Odair Costa Jr, a14s064, e, Marco Aurélio Garcia, a 14s791. A volta mais rápida da prova foi de Marco Antonio Garcia, na 11.ª passagem, com o tempo de 1min35s573, à média de 139.182 km/h.
– Marcas –
Reunindo 30 carros em seu grid, a largada da primeira bateria da categoria Marcas, aconteceu às 17 horas, com o pole position Leandro Zandona mantendo a liderança da prova na primeira volta, seguido de Jorge Martelli, Marcos Ramos, Marco Romanini, Gabriel Correa, Felipe Cardose, Andrei Carta, Davi Dal Pizzol, Xuxo Pielak e Raphael de Sá. A “briga” foi muito boa entre Leandro Zandona e Jorge Martelli pela primeira posição, e no segundo pelotão, Marcos Ramos, Gabriel Correa e Marco Romanini faziam boa disputa pelo terceiro lugar. E Andrei Carta, Xuxo Pielak, André Haddad e Marcel Sedano “brigavam” pela sexta posição. Na 8.ª volta, Jorge Martelli passou reto no fim da reta e abandonou a corrida forçando a entrada do safety car. Nas volta seguinte foi a vez de Leandro Zandona forçar a entrada do safety car, depois de estourar o motor de seu carro e espalhar óleo na pista do AIC. A corrida encerrou com o safety car na pista. Ao fim de 12 voltas, a vitória na Geral foi de Marcos Ramos, seguido de Gabriel Correa, a 0s435, Marco Romanini, a 1s020, Davi Dal Pizzol, a 1s323, Xuxo Pielak, a 2s152 e Andrei Carta, a 2s535. A volta mais rápida da prova foi de Xuxo Pielak, na 3.ª passagem, com o tempo de 1min41s215, à média de 131,423 km/h.
Na programação deste domingo (7/12): Os pilotos vão para os warm ups das 8h55 às 9h35, seguindo com as segundas baterias, das 10h10 às 11h55 e intervalo para o almoço. As terceiras baterias acontecem das 14h05 às 15h50 e o pódio de premiação está previsto para as 16 horas, encerrando as atividades do 6.º Festival Brasileiro de Marcas e Turismo 1.600 2014.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)