Luiz Pucci, argentino, vive expectativa especial para etapa da Truck em Córdoba

0
Postado 5 de setembro de 2012 por bisponeto em Automobilismo
A quarta e última etapa do Campeonato Sul-Americano vai devolver as disputas da Fórmula Truck à Argentina. A corrida será realizada neste domingo (9) no Autódromo Oscar Cabalen, em Alta Gracia, na província de Córdoba, sob a expectativa de que a torcida seja direcionada de modo especial a um dos 23 participantes do GP ZF Astronic. Luiz Pucci, inscrito com o Volvo número 32 da ABF/Volvo, é o representante argentino no grid.

Nascido em Bariloche, Pucci faz questão de manifestar a nacionalidade mesmo residindo há mais de 30 anos no Brasil. Ele não esconde a expectativa especial pelo evento do fim de semana. “Correr em casa traz uma motivação a mais muito grande. Eu me dediquei mais na preparação física e no trabalho feito com a equipe no caminhão. A experiência de 2011 foi sensacional, um assédio muito grande dos torcedores, foi fantástico”, lembra.

Pucci traça uma meta de resultado clara para a corrida, válida também como sétima etapa do Campeonato Brasileiro da categoria. “Eu quero terminar entre os oito primeiros”, avisa. “Nós fizemos uma revisão interessante no meu caminhão, trocamos muitos componentes, houve um trabalho muito meticuloso para a gente ganhar uns cavalos a mais de potência. Vou para Córdoba mais motivado e com um equipamento bem competitivo”, acredita.

A corrida deste domingo é a quarta da Fórmula Truck na Argentina – de 2010 a 2012, a categoria teve etapas em Buenos Aires, dividindo programação com a Top Race V6. “A mudança para Córdoba é mais um grande desafio que a Fórmula Truck assumiu. Não consigo imaginar como pode ser o resultado do evento, mas a gente sabe que onde a categoria põe a mão para fazer alguma coisa, faz sempre muito bem feito”, aponta o argentino.

A aposta de Pucci é por um evento bem sucedido. “Não é segredo para ninguém a paixão que os argentinos têm pelas corridas. O automobilismo é o segundo esporte do país, depois do futebol… Se não for o primeiro”, supõe. “Eu espero que o pessoal de Córdoba tenha entendido de fato a proposta da Truck para essa etapa. Se eles tiverem assimilado isso bem, tenho certeza de que vamos ver o autódromo lotado no domingo”, acrescenta.

A uma etapa do término, a classificação completa do Sul-Americano é a seguinte: 1.º) Beto Monteiro (PE/Iveco), Scuderia Iveco, 56; 2.º) André Marques (SP/MAN-Volkswagen), RM-Competições, 54; 3.º) Leandro Totti (PR/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, 48; 4.º) Adalberto Jardim (SP/MAN-Volkswagen), AJ5 Competições, 39; 5.º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, 38; 6.º) Roberval Andrade (SP/Scania), Ticket Car Corinthians Motorsport, 34; 7.º) Felipe Giaffone (SP/MAN-Volkswagen), RM Competições, 30; 8.º) Paulo Salustiano (SP/Volvo), ABF/Volvo, 25; 9.º) Geraldo Piquet (DF/Mercedes-Benz), BF/Mercedes-Benz, 20; 10.º) Régis Boessio (RS/Mercedes-Benz), ABF Desenvolvimento Team, 18; 11.º) Fred Marinelli (SP/Iveco), Marinelli Competições,15; 12.º) Valmir Benavides (SP/Iveco), Scuderia Iveco, 13; 13.º) Diumar Bueno (PR/Volvo), DB Motorsport, 10; e em 14.º) Luiz Pucci (ARG/Volvo), ABF/Volvo, 9.

Fotos: Orlei Silva.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)