Troller destaca guincho elétrico do T4

0
Postado 28 de junho de 2012 por bisponeto em Automóveis
Produzido pela Ford em Horizonte, no Ceará, o Troller T4, amplia sua linha de acessórios originais para o veículo com equipamentos especialmente projetados para o uso fora de estrada. Uma das novidades é o guincho elétrico, que pode ser usado em situações extremas de atolamento ou aclive acentuado e também serve para rebocar outros veículos.

“O objetivo da marca Troller é oferecer equipamentos originais que aumentam as possibilidades de uso em diversas condições – característica comum tratando-se do Troller T4. Nossos componentes são testados e homologados pela Ford para oferecer segurança e versatilidade em trilhas e em rigorosas condições de uso”, afirma Carla Freire, supervisora de Marketing da Troller.

Funcionamento

Acionado por um motor elétrico alimentado pela bateria do veículo, o guincho “HiPull 9500T” é produzido com materiais de qualidade e pode ser instalado em todos os distribuidores Troller do Brasil. O equipamento é fixado no chassi por meio de um suporte, ou no pára-choque “off-road”, opcional, e comandado por uma botoeira portátil que fica guardada no porta-luvas para ser conectada na hora do uso.

Seu cabo de aço, com 8 mm de espessura e 25 metros de comprimento, possui capacidade para tracionar até 4,3 toneladas e conta com uma guia para facilitar o enrolamento no tambor. “O guincho foi dimensionado para movimentar com facilidade o Troller T4, que pesa 2.050 kg”, diz Roberto Suda, especialista de Produto da Troller. Para desatolar o veículo o cabo pode ser fixado a uma árvore, usando uma cinta especial para não machucá-la. Para socorrer outro veículo, basta prender sua presilha no gancho de reboque.

Carla Freire

Lembra o especialista Roberto Suda, que  “O funcionamento ideal do guincho é sempre com o motor ligado. Isso garante a potência e evita que a bateria seja descarregada. Outra recomendação de segurança é o cuidado na hora de enrolar o cabo de aço no tambor, deixando-o bem distribuído, para  evitar o seu desgaste”.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)