ENDURANCE: Irmãos Ebrahim estão prontos para a 2.ª etapa no AIC

0
Postado 2 de setembro de 2020 por bisponeto em Automobilismo
O Team Ginetta Brasil está pronto para a segunda etapa da Império Endurance Brasil 2020, que será realizada nesta sexta e sábado (4 e 5/9), no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), situado em Pinhais (PR). Depois de mais uma quebra na etapa de abertura em Interlagos, a equipe dos pilotos Wagner Ebrahim e Fábio Ebrahim sofreu uma reformulação geral. A revisão geral do protótipo Ginetta G58 está pronto para a disputa das Quatro Horas de Curitiba, mas desta vez com motor da Giaffone Racing, que fornece para a Stock Car e outros quatro carros da Categoria P1 da Endurance Brasil. A etapa de Curitiba deve reunir cerca de 30 carros em seu grid.

A participação do Team Ginetta Brasil poderia ter sido melhor na etapa de abertura do Império Endurance Brasil 2020, durante as Quatro Horas de São Paulo, realizada no dia 1.º de agosto, no Autódromo Internacional de Interlagos (SP). Wagner e Fábio foram para o Treino Classificatório com o Ginetta G58 bem acertado, com objetivo de fazer um bom tempo para ficar no mínimo entre os três primeiros, pois os rendimentos dos AJR estavam muito bons também. Vinha tudo correndo dentro do previsto e com o tempo de 1min31s439 na tomada do Fábio Ebrahim garantiria a quinta posição do grid de largada para o Ginetta G58. Mas infelizmente, durante a tomada do Wagner Ebrahim, o motor de G58 teve um problema eletrônico e o piloto não conseguiu fazer o seu treino classificatório. Com isso, o Team Ginetta Brasil teve que trabalhar rápido para deixar o carro em condições de corrida para o sábado, pois teria que largar da 31.ª posição do grid. E o trabalho foi muito rápido, pois logo no warm up no sábado pela manhã, o Ginetta G58 cravou o tempo de 1min32s908, mostrando que estava novamente na disputa da prova.

O piloto Fábio Ebrahim foi para a largada e teve excelente performance com o Ginetta G58 nas primeiras voltas, pulando da 31.ª para a 7.ª posição e na “briga” pelo quinto lugar. Mas a partir da quarta volta o carro começou a perder rendimento e abandonou a prova na volta seguinte para a tristeza de todos na equipe. “Foi um abandono triste para todos nós. O carro estava dois segundos mais rápidos do que no ano passado e brigaríamos no mínimo pelo P3 na Geral. Agora vamos conversar com o pessoal da Ginetta UK, para ver o que vamos fazer daqui para frente, pois teremos corrida todos os meses e cada ida/volta do motor para a Europa leva uns 40 dias. Precisamos consertar o nosso primeiro motor, que está na garantia”, declarou Wagner Ebrahim.

Para o piloto Fábio Ebrahim a participação do Ginetta G58 na segunda etapa da Império Endurance Brasil, será na base da superação. “Pouco mais de trinta dias após a primeira etapa já estamos prontos para correr em casa. Temos feito o nosso melhor para colocar o Ginetta G58 na pista a cada etapa, sempre entre os primeiros na busca da vitória e de pódios. Conseguimos o apoio da Giaffone Racing para correr essa segunda etapa em Curitiba e depois vamos decidir como ficará o restante da temporada. Amanhã vamos acelerar pela primeira vez esse motor no treino extra, onde teremos uma ideia do seu potencial e o que esperar da corrida”, concluiu Fábio Ebrahim.

– Classificação –

Com apenas uma etapa realizada, a classificação da Império Endurance Brasil 2020, na categoria P1 é a seguinte: 1.º) Tiel Andrade/Júlio Martini/Nelsinho Piquet (P1 – AJR), 100 pontos; 2º) Pedro Queirolo/David Muffato (P1 – AJR), 80; 3.º) Henrique Assunção/Anderson Toso/Carlos Kray (P1 – AJR), 65; e 4.º) Vicente Orige/Gustavo Kiryla (P1 – AJR), 55. (Fotos: Rodrigo Ruiz).


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)