COLUNA RETA OPOSTA – Por Bispo Neto:

0
Postado 22 de julho de 2020 por bisponeto em Automobilismo
F-Renault Eurocup: Collet estreia na pista de Ímola

Duas semanas após iniciar de forma bastante positiva a temporada 2020 da Fórmula Renault Eurocup, o brasileiro Caio Collet está de voltas às pistas e, desta vez, num circuito que será novidade para o piloto. A segunda etapa em rodada dupla da categoria acontecerá no tradicional autódromo Enzo e Dino Ferrari, em Ímola (Ita), circuito que recebeu a Fórmula 1 entre 1980 e 2006 e que, desde 2004, não recebe provas da F-Renault. Depois de vencer uma das provas na etapa inaugural em Monza e subir ao pódio com um terceiro lugar, Collet lidera a competição, com 40 pontos, ao lado do argentino Franco Colapinto. Ambos estão 18 pontos à frente do terceiro colocado.

Os treinos no traçado de 4,959 km e 17 curvas terão início na quinta-feira (23/07) e prosseguem na sexta (24/07). No sábado (25/07), haverá o classificatório e a corrida 1, a partir das 10h10 (de Brasília). No domingo (26/07), nova tomada para definição do grid e a corrida 2 às 7h15 (de Brasília). Vinte pilotos estarão na disputa em Ímola. Em sua segunda temporada na categoria, Collet tem sido um dos destaques da F-Renault Eurocup. Já são 20 corridas consecutivas na zona de pontos. Em 2019, foram 10 vitórias entre os estreantes e o título dos novatos, com mais seis pódios e o quinto lugar no geral. E o brasileiro quer trabalhar forte para manter o bom início de campeonato com o carro #1 da equipe R-ace GP.

 

Muggiati fará sua estreia na Stock Light em Goiânia

A ansiedade chega ao fim neste fim de semana. O que era para acontecer em março só ocorrerá neste fim de semana em função da pandemia do coronavírus. O paranaense José Luiz Muggiati Neto fará sua estreia na a Stock Light, categoria de acesso à Stock Car, correndo pela equipe Carlos Alves/Pride Construtora. Muggiati irá disputar a temporada deste ano da Stock Light como piloto da Academia de Jovens Pilotos Toyota Gazoo Racing – Brasil. Ele venceu a seletiva em dezembro e desde lá vem se preparando para realizar o sonho de competir na categoria de acesso à Stock Car.

“Com a paralisação forçada pela pandemia do coronavírus, procurei me preparar da melhor forma possível, com treinos físicos e no simulador e andei muito de kart. Fisicamente e psicologicamente estou muito bem. O treino com o carro, realizado em Curitiba, foi muito proveitoso e tive rápida adaptação aos carro. Agora vamos ver em condições de corrida. Estou tranqüilo e esperando o sinal verde”, diz Muggiati.

Sobre a temporada começar em Goiânia, Muggiati frisa que tecnicamente não fará muita diferença porque ele conhece poucas pistas. Será uma pista nova e por isso os treinos livres terão muita importância. “A equipe está me passando muitas informações sobre o circuito, andei no simulador e me passei interessante. Vou tentar fazer o meu melhor e fazer uma boa estreia”, completa Muggiati.

 

Copa HB20 firma acordo com a Shell para 2020 e 2021

A Copa HB20 e a Shell firmaram nesta semana um grande acordo para as próximas temporadas da categoria. Maior patrocinadora no esporte a motor no Brasil e no mundo, a marca Shell expande sua presença nas pistas brasileiras com a aquisição da cota máster de patrocínio do campeonato, que passará a se chamar Copa Shell HB20 e terá todos os carros abastecidos com V-Power Etanol e lubrificantes Shell Helix em 2020 e 2021.

Lançada no Brasil em 2019 e promovida pela HRacing, a agora Copa Shell HB20 despontou como o evento de esporte a motor que mais cresceu nas pistas nacionais. Graças ao modelo monomarca e monogestão, consegue proporcionar corridas altamente disputadas e um rigoroso controle de custos para os competidores. Na primeira temporada, realizando eventos-suporte na Stock Car e Copa Truck, reuniu grids com mais de 30 carros e teve expressiva cobertura na mídia especializada. A temporada 2020 terá 16 corridas e transmissão ao vivo pelo Bandsports e pelo canal Acelerados no Youtube.

 

Pedro Aizza volta acelerar na Copa SP Light de Kart

O tão esperado momento de voltar a competir após o período de isolamento social em função da pandemia da Covid-19, no início de março, está chegando para o piloto Pedro Aizza (Promax Bardahl/GM Motorsport/Thunder Technology). Entre quinta-feira e sábado (23 a 25), o curitibano de 15 anos volta às pistas, para participar da terceira etapa da Copa São Paulo Light de Kart. A disputa será realizada no Kartódromo Internacional Aldeia da Serra, em Barueri (SP), a primeira no kart paulista.

“Estou bastante ansioso para voltar a competir. Treinei bastante nas últimas semanas, mas o fato é que competição mesmo, não disputo nenhuma desde janeiro, no Troféu Ayrton Senna, em Birigui (SP). Estou bem preparado, porque é uma pista em que eu costumo fazer diversos treinamentos, por isso espero ter um bom desempenho”, comenta Pedro Aizza, piloto do kart n.º 35.Está se rá a primeira etapa da Copa SP Light de que Pedro Aizza de fato conseguirá participar. Se na primeira ele apenas deu algumas voltas na fase de treinamento, na segunda não conseguiu sequer treinar. Tudo isso porque sofreu uma lesão na costela logo na primeira competição do ano, o Troféu Ayrton Senna. Em seguida, teve que ficar dois meses parado, entre sessões de fisioterapia, para se recuperar 100%.

 

Raceland não sediará mais o Super Kart Brasil 10 anos

Marcada para ser disputada entre os dias 30 de julho e 2 de agosto, a edição comemorativa aos 10 anos da criação do Super Kart Brasil não será mais realizada no Kartódromo Raceland Internacional. A decisão foi motivada pela evolução da pandemia da Covid-19 na região sul do Brasil, especialmente em Curitiba e em suas cidades vizinhas, dentre as quais está Pinhais, onde o complexo de velocidade se localiza.

“Atualmente nossa região tem entre 95% a 98% de ocupação das UTI´s e estamos tendo muitas dificuldades em obter o alvará da prefeitura liberando a realização do SKB 10 anos. As autoridades entendem que é um evento muito grande e que, por isso, teria muita gente no kartódromo. E, mesmo sendo atendidas todas as recomendações e exigências, os riscos seriam grandes”, destaca Wagner Ebrahim, que administra o Raceland Internacional ao lado de seu irmão Alfredo Ebrahim e de Cláudio Kyrila. “E, caso necessitássemos de um atendimento para um piloto ou para outra pessoa durante o evento, igualmente teríamos problemas”, continua.

A atual situação da capital paranaense e da Grande Curitiba não dá, inclusive, a certeza de que o SKB possa ser realizado em agosto no Raceland. Com isso, os organizadores da competição devem levar o campeonato para outro kartódromo, a ser definido brevemente. A administração do Kartódromo Raceland Internacional passa a focar seus esforços e seu trabalho na realização da Copa Super Paraná Raceland e do Campeonato Paranaense de Kart, que será disputado em etapa única no dia 12 de setembro.

 

Comissários debatem o automobilismo em reunião virtual

Sem competições em função da pandemia do coronavírus, os comissários desportivos e técnicos da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) se reuniram virtualmente terça-feira à noite. O primeiro encontro contou com a participação de 16 técnicos de Curitiba, Londrina, Rolândia, Foz do Iguaçu, Pato Branco e Cascavel. Também participaram da reunião o presidente Rubens Gatti e o vice-presidente Bento Tino.

A primeira reunião serviu para que os técnicos se ambientassem ao clima de reunião virtual. Já a partir da próxima passarão para um debate mais técnico, discutindo situações enfrentadas pelos comissários nas diferentes corridas realizadas no Paraná. Rubens Gatti informa que a reunião foi muito proveitosa. “Sem competições, fizemos a reunião para unir os comissários e visa discutir situações e interpretações das normas para que as decisões sejam uniformes. Se não temos a prática no momento, vamos usar a tecnologia para quando voltarmos ao normal nossos técnicos estejam bem preparados”, completa Rubens Gatti.

 


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)