COLUNA RETA OPOSTA – Por Bispo Neto:

0
Postado 9 de julho de 2020 por bisponeto em Automobilismo
Giovana Marinoski começa a treinar para o Sul-Brasileiro

Preparando-se para o 23º Campeonato Sul-Brasileiro de Kart, que será disputado de 5 a 7 de setembro, no Kartódromo Beto Carrero World, em Penha (SC), a kartista paranaense Giovana Krupp Marinoski irá treinar nesta sexta-feira e sábado no kartódromo catarinense. Giovana já garantiu a presença do kart da equipe Clínica Pneumoair/Explore Informática na competição ao efetuar sua inscrição na tarde desta quinta-feira.

Segundo Giovana, com a confirmação do Sul-Brasileiro para o Beto Carrero, ela irá concentrar parte de seus treinos naquele kartódromo, no qual também irá disputar a Copa SPR.  “Vamos realizar muitos testes com o equipamento da categoria Cadete. A expectativa é muito boa para minha primeira participação no Sul-Brasileiro”, acentua Giovana.

 

Fernando Alonso entra para Renault DP World F1 Team

Com 314 largadas em Grandes Prêmios, 32 vitórias e 97 pódios, Fernando entra para a equipe para disputar as próximas temporadas. Considerando o forte vínculo histórico e emocional entre Fernando Alonso e a equipe – a Renault e Fernando venceram dois campeonatos mundiais juntos em 2005 e 2006 – esta decisão é ao mesmo tempo marcante e significativa para o futuro.

Com seus valores, a Renault é uma das grandes marcas da Fórmula 1. Fernando é um grande piloto retornando à F1, ainda mais amadurecido por outras experiências e desejando construir um legado com a equipe pela qual tem tanta estima. Os princípios de trabalho, superação e engenhosidade, assim como o DNA de Fernando caracterizado pela tenacidade e o mais puro talento fazem com que esta união seja natural. Ele trará uma grande vantagem para a equipe recuperar o título e dará significado aos compromissos da Renault com a categoria máxima do automobilismo esportivo.  Há o desejo de construir uma equipe em torno de dois pilotos complementares, associando experiência e jovialidade, combinando seus valores e talentos a serviço do projeto. O espírito competitivo de Fernando deve beneficiar toda a equipe, permitindo que todos alcancem seus objetivos.

Caio Collet inicia temporada 2020 da F-Renault

Valencia (ESP), Mar 11-12 2020 – Pre season test of the Formula Renault Eurocup Series 2020 at Circuit Ricardo Tormo. Caio Collet #01, R-ace GP. © 2020 Sebastiaan Rozendaal / Dutch Photo Agency.

A espera foi longa, mas a Fórmula Renault Eurocup também volta a acelerar e abre neste fim de semana (10 e 11/7) a temporada 2020 no circuito de Monza, na Itália. Único brasileiro na categoria, o paulista Caio Collet não vê a hora de pilotar o carro #1 da equipe R-ace GP na rodada dupla que marca o início da 50ª edição da Fórmula Renault. Na segunda e terça-feira (6 e 7/7), os pilotos já realizaram treinos coletivos no traçado de 5,793 km. No primeiro dia, Collet terminou com o segundo melhor tempo e, nesta terça-feira, ficou em sexto.

Nesta quinta-feira (9/7), haverá mais treinos e o classificatório para a corrida 1, a partir das 12h40 (de Brasília). Na sexta-feira, o classificatório para a corrida 2 acontecerá às 4 horas (de Brasília) e a primeira prova terá sua largada às 8 horas. No sábado, a última corrida da etapa será disputada a partir das 4h45 (de Brasília).

Integrante do Renault Sport Academy, Collet inicia sua segunda temporada na categoria. Em 2019, o piloto de 18 anos foi o campeão entre os estreantes (com 10 vitórias) e ficou em quinto lugar no geral (com seis pódios).

“Estou bem ansioso para voltar a correr. Foi uma pausa muito longa, que ninguém esperava. Mas será uma volta igual pra todo mundo. Será muito importante trabalhar forte desde o primeiro treino para estar 100%”, ressaltou Collet, que este ano passou a morar na Inglaterra, mais próximo da sede da equipe Renault F1, onde tem participado de várias atividades.

 

Pedro Ebrahim competirá na Sprint Race em 2020

Piloto de uma família com larga e vitoriosa história no automobilismo – e ele próprio já dono de uma carreira consistente no kartismo –, o paranaense Pedro Ebrahim (Raceland/Motul/Ebrahim Motors) disputará sua primeira temporada no automobilismo em 2020. Na última semana ele definiu sua participação na Sprint Race, comandada pelo piloto e promotor Thiago Marques.

Considerada o primeiro passo no automobilismo quando se fala em categorias-turismo no Brasil, a Sprint Race chega em 2020 totalmente remodelada e modernizada. Pedro Ebrahim competirá em dupla com o também paranaense Kau Machado, piloto de longa história e grande experiência no automobilismo. “O Kau é um guerreiro e um exemplo para mim e para todos os jovens pilotos. Tenho certeza de que vou aprender muito com ele, vou me dedicar o máximo possível para lutarmos pelos melhores resultados”, destaca Pedro Ebrahim, 16 anos, que, entretanto, não deixará de competir de kart sempre que possível. O piloto de Curitiba não tinha em seu projeto de carreira a estreia no automobilismo este ano. Porém, após seus primeiros contatos com o carro da Sprint Race, tanto Pedro Ebrahim como sua família e o próprio Thiago Marques ficaram bastante impressionados com seu desempenho. E isso levou ao natural convite para disputar o campeonato já em 2020.

 

Drugovich conquista primeira vitória na Fórmula-2

O Autódromo Red Bull Ring, na Áustria, foi o palco para uma estreia perfeita do brasileiro Felipe Drugovich na Fórmula 2, a última categoria antes da Fórmula 1, no último fim de semana. Depois de uma tomada de tempos em que garantiu um lugar na primeira fila do grid de largada, terminou em 8º na primeira corrida no sábado, e no domingo venceu de ponta a ponta a corrida 2, transformando-se no principal destaque da rodada de abertura da temporada da Fórmula 2.

Felipe Drugovich, valendo-se do regulamento que determina a inversão da ordem de chegada entre os oito primeiros da corrida 1, largou na pole position da corrida 2 na Áustria. O brasileiro fez boa largada e manteve-se na ponta, liderando um pelotão que trazia o suíço Louis Deletraz na segunda posição. As primeiras voltas da prova foram marcadas por três entradas do safety car, o que naturalmente causou três relargadas, quando Felipe Drugovich novamente soube se impor ante os concorrentes. Nas últimas voltas, já com mais de 1 segundo de vantagem sobre o piloto suíço, Felipe Drugovich não se preocupava com a possibilidade de Deletraz poder utilizar o DRS e tentar uma última aproximação. Com isso, o piloto de Maringá (PR) abriu uma distância ainda maior, que chegaria a 2.469 segundos na bandeirada para conquistar uma vitória maiúscula em sua rodada de estreia na Fórmula 2.

O resultado completo da segunda corrida da Fórmula 2 em 2020:

1.°) Felipe Drugovich (BRA), MP Motorsport, 28 voltas, 42min05s526;
2.°) Louis Deletraz (SUI), Charouz Racing System, a 2s469;
3.°) Dan Ticktum (GBR), DAMS, a 2s790;
4.°) Robert Shwartzmann (RUS), Prema Racing, a 3s330;
5.°) Christian Lundgaard (DIN), ART Grand Prix, a 5s396;
6.°) Nobuharu Matsushita (JAP), MP Motorsport, a 9s177.

 


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)