Casa do Zezinho utiliza veículos cedidos pelo Instituto Renault

0
Postado 3 de junho de 2020 por bisponeto em Automóveis
Por meio de veículos cedidos pelo Instituto Renault, a Casa do Zezinho, localizada na comunidade do Capão Redondo, em São Paulo (SP), já realizou mais de 2,5 mil entregas de marmitas, cestas básicas e produtos de higiene pessoal para famílias em situação de vulnerabilidade social. Durante a pandemia, os veículos Master, Logan e Kangoo Z.E 100% elétrico estão sendo utilizados para auxiliar famílias que não possuem condições de se deslocar até a sede da organização para receber apoio. Ao todo, a Casa do Zezinho já realizou mais de 6 mil entregas no período, considerando as doações retiradas diretamente na sede do projeto.

“Somos parceiros da Casa do Zezinho desde 2012 e sabemos o poder de transformação que o projeto possui na vida de milhares de crianças e jovens da comunidade. Durante a pandemia, a instituição está sendo essencial para muitas famílias. Temos muito orgulho dessa parceria”, afirma Caique Ferreira, vice-presidente do Instituto Renault e diretor de Comunicação da Renault do Brasil.

A Master auxilia nas atividades diárias da instituição desde 2012. Em 2019, para apoiar o aplicativo de entregas Zé Zapp, negócio social focado em atender às comunidades de São Paulo que hoje não são contempladas pelos serviços de entrega, o Kangoo Z.E. 100% elétrico foi cedido para o projeto. Para suprir a alta demanda de entregas em função da pandemia, em maio deste ano o Instituto Renault cedeu em comodato também o Renault Logan.

“Sou muito grata por ter a Renault como parceira da Casa do Zezinho há oito anos e nesse momento de pandemia tive a certeza de podemos sempre contar com eles. Conseguimos receber muitas doações e levar comida e kits de higiene às regiões que mais precisam em nosso entorno. Ainda há um longo caminho pela frente e não vamos parar”, comenta Tia Dag, fundadora da Casa do Zezinho.

Localizada na zona sul da cidade de São Paulo, a Casa do Zezinho é uma ONG que promove oportunidades para crianças e jovens da comunidade em situação de vulnerabilidade social por meio de atividades de educação, arte, cultura, formação geral e oficinas de capacitação profissional. Os jovens participantes do projeto são carinhosamente apelidados de “Zezinhos”.

Durante a crise do coronavírus (COVID-19) A organização tem desenvolvido uma série de iniciativas para arrecadar doações, que vão desde vaquinhas virtuais até lives com influenciadores digitais. Todos os valores arrecadados estão sendo utilizados para entrega de marmitas, cestas básicas e itens de higiene à comunidade.

 


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)