C O N F I D E N C I A I S – Por Bispo Neto

0
Postado 8 de janeiro de 2020 por bisponeto em Colunas
Grupo Daimler tem nova estrutura corporativa no Brasil

Seguindo a mesma estratégia mundial, de estabelecer empresas totalmente dedicadas aos seus segmentos de atuação, o Grupo Daimler terá uma nova estrutura corporativa no Brasil a partir de janeiro de 2020. A Companhia passará a ter três empresas legalmente independentes.

A Mercedes-Benz do Brasil será 100% focada nas operações de Caminhões e Ônibus, empregando mais de 10 mil funcionários e contemplando as unidades de São Bernardo do Campo, Campinas e o Campo de Provas de veículos comerciais em Iracemápolis, em São Paulo, além de Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Uma nova empresa foi criada para divisão de Automóveis e Vans, a Mercedes-Benz Cars & Vans Brasil. Farão parte dessa companhia funcionários administrativos que ficam nas unidades de São Bernardo do Campo e Campinas e que são dedicados aos negócios de automóveis e vans, bem como os colaboradores da fábrica de automóveis de Iracemápolis, o que representa cerca de 650 pessoas.

O Banco Mercedes-Benz do Brasil, que já opera de forma independente, tem sua sede em São Paulo e emprega quase 300 pessoas, segue responsável por todos os negócios financeiros e de seguros, além das soluções de mobilidade.

 

Renault registra 9% de participação em 2019

Em 2019 a Renault manteve a trajetória de crescimento que segue de forma contínua desde 2010 e registrou um novo recorde no Brasil, com 9% de participação de mercado, um ganho de 0,3 ponto percentual em relação a 2018, com 239.173 unidades emplacadas. Com esse desempenho, a Renault fechou 2019 como a quarta colocada em vendas no país. Enquanto o Mercado brasileiro cresceu 7,4% no ano passado, o Renault teve uma alta de 11,3% nos licenciamentos na comparação com 2018.
“No ano passado a Renault manteve o ritmo de crescimento fruto dos investimentos em novos produtos de sucesso, como o Kwid. Outro destaque da marca foram os projetos de mobilidade sustentável como em Fernando de Noronha e o carsharing de Brasília, por exemplo”, afirma Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil.
Entre os destaques comerciais da marca estão o Kwid, que fechou o ano como o quarto modelo mais vendido do mercado e líder do segmento de entrada com 85.125 unidades emplacadas em 2019, o que representa 54,7% de participação, e o Master, líder absoluto pelo sexto ano consecutivo do segmento de furgões com capacidade de carga de até 3,5 toneladas de Peso Bruto Total, com 8.414 unidades emplacadas, o que representa 47,4% de participação.

 

Bridgestone Bandag lança novas bandas de rodagem

A Bandag, empresa pertencente à Bridgestone e dedicada à pesquisa, desenvolvimento e manufatura de bandas de rodagem, anuncia novos produtos que complementam o seu portfólio. A BRSS e a BLSS são bandas de rodagem para pneus radiais para aplicação no segmento misto, ou seja, para ser usado em pisos pavimentados e não pavimentados – a primeira foi desenvolvida para todas as posições, e a segunda para uso em eixo tração. A BRSS possui profundidade adequada e é mais leve do que o produto antecessor (BRMS). A maior resistência a cortes e picotamentos possibilita uma durabilidade superior em estradas pavimentadas e não pavimentadas, resultando em um excelente desempenho quilométrico. A banda ainda possui ejetor de pedras no fundo dos sulcos e um desenho inovador que facilitam a autolimpeza, prolongando assim a vida útil da carcaça.

A BLSS também é mais leve e conta com maior profundidade, o que aumenta a proteção da carcaça, com excelente aderência e tração. Assim como a BRSS, essa banda possui ejetor de pedras no fundo dos sulcos e um desenho inovador, facilitando a autolimpeza e prolongando a vida útil da carcaça. A grande resistência a cortes e picotamentos possibilita maior durabilidade em estradas pavimentadas e não pavimentadas, resultando em um excelente desempenho quilométrico.

 

Ducati tem IPVA 2020 e emplacamento grátis

A nova campanha comercial da Ducati, válida para todo o Brasil, oferece condições especiais para compra de motocicletas zero km ano/modelo 2019. Um exemplo é a Ducati Multistrada 1260 S. O modelo desembarcou no Brasil em outubro de 2018 com eletrônica sofisticada, motor de 1.262 cm3 de cilindrada e 158 cavalos de potência. O alto desempenho deriva do motor Testastretta DVT, com melhor torque, capacidade de circulação e capacidade de tração. Ou seja, a Ducati Multistrada 1260 S entrega muito mais potência a partir de baixas rotações.

Entre as principais novidades destaque para o Ducati Quick Shift que permite a troca de marchas automática para cima ou para baixo, sem o uso da embreagem. O TPMS, sensor avançado para o monitoramento da pressão dos pneus. O novo painel de instrumentos com tela de 5” de alta resolução TFT em cores, especificamente projetado para aplicações em motocicletas, e o farol Full-LED com Ducati Cornering Lights (DCL) também são diferenciais do modelo. A campanha também mantém ativa a promoção para o modelo SuperSport (ano/modelo 2019) que vem equipada com o conjunto completo de escapamento Akrapovic.

 

Vendas da FCA crescem 14,5% em 2019

A Fiat Chrysler Automóveis (FCA) encerrou o ano com 496.663 automóveis e comerciais leves vendidos no Brasil, crescendo 14,5% em relação ao ano anterior. Com esse resultado, a FCA assegurou a liderança do mercado brasileiro em 2019, como a empresa com maior volume de veículos comercializados, alcançando 18,7% de participação de mercado e avançando 1,2 ponto percentual no market share acumulado em comparação com 2018.

Três modelos se posicionaram entre os 10 mais vendidos no ano no Brasil: Fiat Argo (79.004 unidades), Fiat Strada (76.275 unidades) e Jeep Renegade (68.736 unidades).

As duas principais marcas da FCA cresceram acima da taxa de expansão do mercado. A Fiat comercializou 366.012 veículos no ano, com um crescimento de 12,4% em relação ao volume do ano anterior. As vendas da Jeep® somaram 129.483 unidades, com expansão de 21,1% na comparação com os resultados de 2018. As duas marcas ganharam participação de mercado. A Fiat encerrou o ano com 13,8% de market share, avançando 0,6 ponto percentual em relação ao ano anterior. A Jeep® alcançou 4,9% de market share, também com um crescimento de 0,6 ponto percentual.

 

Onix bate recorde anual de vendas

A Chevrolet fechou 2019 como a marca líder de vendas no Brasil. Foram 475,6 mil unidades emplacadas no período – alta de 9,5% em relação ao ano anterior, acima até do que o crescimento do próprio setor. Mas o grande destaque foi o Onix, que bateu recorde anual de vendas. O hatch, que foi completamente atualizado, acumulou de janeiro a dezembro 241,2 mil unidades vendidas – acréscimo de 14,6% ante o ano anterior, que havia sido o seu melhor até então. O volume histórico garantiu ao modelo o título de carro preferido do consumidor local pelo quinto ano consecutivo.

Em dezembro, a recém-lançada versão sedã do Onix alcançou a vice-liderança no ranking geral pela primeira vez, em mais uma dobradinha da marca da gravata dourada. Somados, o Onix Plus e o antecessor Prisma emplacaram no ano mais de 100 mil unidades, garantindo o posto de sedã mais vendido do Brasil com volume muito próximo ao registrado pelo segundo e pelo terceiro modelo mais comercializado do mercado. O ano de 2020 também promete ser movimentado para a Chevrolet, que prepara sete lançamentos. Boa parcela destas novidades vai estar concentrada no segmento de SUVs, o que mais cresce no país.

 


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)