COLUNA RETA OPOSTA:

0
Postado 22 de outubro de 2019 por bisponeto em Automobilismo
Falta um mês para as 500 Milhas de Londrina

Daqui a um mês será disputada as 500 Milhas de Londrina. A 28ª edição da tradicional prova de longa duração será disputada nos dias 22 e 23 de novembro, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina, no Norte do Paraná. A promoção e organização são de Beto Borghesi, Daniel Procópio e Aloysio Moreira, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

As inscrições estão abertas e podem ser feitas com Beto Borghesi, pelo celular/whatssap (43) 9 9938-0326. A reserva de boxes será pela ordem de inscrição. A expectativa dos organizadores é da participação 30 carros (com dois ou três pilotos), representando os estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo. As categorias em disputas serão Geral (categoria Força Livre), I, II, III, VI, V, VI, VII e WIII.

Também serão disputadas provas preliminares de Fórmula 1.600, Speed Fusca e Turismo (200 Milhas). Beto Borghesi, um dos promotores, destaca que Londrina irá receber mais de 150 pilotos no fim de semana, uma vez que além das 500 Milhas, que podem participar dois ou três pilotos por carro, a previsão é de 20 carros da Fórmula 1.600, 15 na Speed (categorias com um piloto) e 25 na Turismo (com o mínimo de dois pilotos por carro). “Será um fim de semana de muita velocidade, que começa com treinos livres na sexta-feira, a partir das 8 horas e vai até o sábado às 22h30, quando está prevista a bandeirada final das 500 Milhas”, acentua Beto Borghesi.

 

Guki Toniolo é campeão Cadete da Copa Serra Gaúcha

O domingo foi de festa para a equipe SpeedKart em Farroupilha, no Rio Grande do Sul. Integrante da categoria Cadete, o piloto Augusto Toniolo alcançou a pole position, venceu as duas baterias, marcou a volta mais rápida na primeira, e conquistou o título de campeão pela Copa Centro Serra Gaúcha, na 5ª e última etapa da competição, que foi disputada no domingo (20/10), no kartódromo Cesar Francischini.

Guki Toniolo, como é conhecido nas pistas, chegou na etapa final da Copa Centro Serra Gaúcha líder da categoria e um terceiro lugar já seria o suficiente para a conquista do título máximo da temporada. Com o resultado alcançado somam-se três pole positions e seis vitórias consecutivas nas 10 provas disputadas em cinco etapas. “Depois que o Guki passou a correr também fora do estado a pilotagem dele evoluiu muito. Ele tem se dedicado ao kart e estamos muito orgulhosos do desempenho dele. Os treinos continuam e o próximo desafio do nosso piloto será o Campeonato Gaúcho no dia 30 de novembro”, contou a mãe Lenise Toniolo. (Foto: Eni Alves).

 

Leonardo Sanchez conquista 9 pontos na Stock Light

Aos marcar 9 pontos com o 12º lugar na Corrida 2 da 6ª etapa da Stock Light, disputada na manhã desde domingo no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel, região Oeste do Paraná, Leonardo Sanchez, da equipe MRF Racing/EMS Farmacêutica/PGG/RV Imola, diz estar satisfeito e feliz com o resultado, embora lamente o acidente da Corrida 1, no sábado, quando abandonou a prova.

Segundo Leonardo Sanchez, a corrida foi boa, conseguiu andar no ritmo dos primeiros colocados e os pneus tiveram um comportamento melhor do que no sábado. “Consegui fugir dos acidentes e marcar pontos. A equipe trabalhou rápido no sábado para recuperar o carro e tinha que concluir a prova para recompensar a dedicação de todos os técnicos”, acentua Leonardo. A vitória na corrida deste domingo foi de Lucas Moraes, que completou as 24 voltas da prova em 32m04s294. A próxima etapa da Stock Light está marcada para o dia 24 de novembro, em Goiânia. (Foto: Vanderley Soares).

 

Lucas Dallefe tem bom retorno à Stock Light

Lucas Dallefe, da equipe MRF Racing/Cervejaria Água do Monge/Teyko/Dalba Holding, teve um bom retorno à Stock Light. Ele conquistou o oitavo lugar na Corrida 2 da 6ª etapa, disputada na manhã de domingo, no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel. O fim de semana só não foi perfeito porque na Corrida 1, no sábado, ele teve o pneu dianteiro direito furado, forçando-o a abandonar a prova.

Segundo Dallefe, o oitavo lugar lhe surpreendeu, pois não esperava um TOP 10 em seu retorno às pistas depois de 11 meses parado. “Depois da frustração da Corrida 1, consegui andar no ritmo forte, fugir dos acidentes e pontuar. Foi uma boa corrida. Os pneus funcionaram hoje e agora vamos pensar nas provas duas provas que restam para o fim da temporada. Estou feliz com meu desempenho”, destaca Dallefe. Na corrida do sábado metade do grid teve problemas com pneus furados, sempre do lado direito. Os pilotos reclamaram e após uma reunião, ainda no sábado à noite, da Pirelli, comissários da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) e a Vicar, promotora do evento, ficou definido que a fabricante dos pneumáticos irá repor um jogo de pneu para cada um dos prejudicados. A próxima etapa da Stock Light está marcada para o dia 24 de novembro, em Goiânia. (Foto: Vanderley Soares).

 


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)