Ases do Volante

Pilotos Astolpho e Zonta serão homenageados em Antonina

0
Postado 31 de maio de 2019 por bisponeto em Colunas
Os dias 29 e 30 de junho deste ano de 2019 marcarão mais uma etapa bastante ativa do MP Lafer Auto Clube do Paraná nos seus 18 anos de vida como entidade congregadora de antigomobilistas de todos os quadrantes, no que diz respeito à realização, em parceria com a Prefeitura Municipal local, do Encontro Paranaense de Carros Antigos e Especiais de Antonina/PR, nesta ocasião pela décima oitava vez consecutiva, o que se configura como grande feito no setor automobilístico.

Um dos pontos de destaque da programação do evento, que atrai anualmente admiradores de veículos antigos oriundos de vários estados da Federação, é a homenagem prestada a antigos pilotos de carros de corrida, em reconhecimento ao que fizeram, durante as suas carreiras, em prol do desenvolvimento do automobilismo de competição. Desde o início da promoção foram homenageados mais de trinta pilotos, a partir do curitibano Paulo José Buso. Agora, serão alvo dessa homenagem dois importantes pilotos que muito fizeram pela alegria e emoção do público presente às pistas no decorrer de suas carreiras em pistas de terra crua e de pavimentação asfáltica. São eles Pedro Joanir Zonta e Astolpho Macedo de Souza Neto, ambos de Curitiba.

OS PILOTOS

Astolpho participou de competições automobilísticas, incluindo o kartismo, desde 1969. N este ano, a bordo de um automóvel Volkswagen Sedan de 1.300 cilindradas disputou uma das provas que eram realizadas na Estrada da Graciosa – Curitiba/Paranaguá – trecho da Serra do Mar, ou seja, a Subida da Montanha.

Sempre na boléia de automóveis da marca Volkswagen, normalmente preparados por mecânicas capazes como Rudi Rempel e Claude Bés, Astolpho granjeou inúmeras vitórias durante sua carreira em provas com até 300 quilômetros de distância, como uma realizada numa pista da cidade de Florianópolis/SC, em 1969. Participou por três vezes da mais famosa e longa prova do Brasil, a Mil Milhas Brasileiras, no Autódromo de Interlagos/SP. Em 1996 foi campeão paranaense na categoria Marcas, pilotando um Volkswagen Voyage. Da sua galeria fazem parte nada menos que 200 troféus.

E quanto a Pedro Joanir Zonta? Ele sempre foi ligado nos “Dojões” equipados com motores V8 e durante praticamente toda a sua carreira, iniciada em 1986, pilotou um deles sempre preparado por seu mecânico Daniel, em pistas de terra de todo o Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul, levantando poeira. Em parceria com seu filho Ricardo, competiu também na pista do Autódromo Internacional de Pinhais/PR, pilotando um Volkswagen Voyage l.600 cilindradas no campeonato paranaense de velocidade. Como Piloto, deixou as pistas em 1993, passando a assessorar seu filho Ricardo nas participações deste em campeonatos internacionais de automobilismo.

Na foto de hoje, flagrante de uma disputa de dois carros, da categoria Hot Dodge, numa curva de alta velocidade da antiga pista de terra do Agaraú, em São José dos Pinhais/PR. Quem está na frente é Joanir Zonta, com o Dodge número 28. Notem que, do carro de Zonta está se desprendendo uma parte frontal de proteção do capô. (Ari Moro).

 


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)