COLUNA RETA OPOSTA:

0
Postado 10 de abril de 2019 por bisponeto em Automobilismo
Júnior Flores quer liderar a Novatos no Kart de Cascavel

Assumir a liderança isolada da categoria Novatos no Campeonato Metropolitano de Kart de Cascavel é a meta de José Flores Júnior na 3ª etapa, a ser disputada sábado (dia 13/4), no Kartódromo Delci Damian. Representando Foz do Iguaçu, Júnior Flores e o catarinense Gustavo Moura duelam pela liderança desde a primeira etapa. Eles dividem a primeira colocação, com 40 pontos cada um. José Antonio Neto, de Limeira (SP) aparece na terceira colocação, com 16 pontos, ao passo que Gabriel Hanel, de Campo Mourão, é o quarto colocado, com 8 pontos.

Segundo Júnior Flores, além de buscar a liderança isolada, ele fará alguns testes visando o Campeonato Brasileiro, que será disputado em Cascavel, em julho. A partir desta etapa ele também passa a contar com os trabalhos do coach Rodrigo Soares. “Visamos a liderança isolada, mas o foco é o Campeonato Brasileiro. Temos que melhorar algumas coisa no equipamento, mas também tem o lado pessoal, pois preciso melhorar minha pilotagem em alguns pontos do circuito. Até aqui a evolução tem sido satisfatória”, completa Júnior Flores, da equipe Auto Posto Damo. (Foto: Mário Ferreira).

 

Romullo Ribas segue para a 3ª etapa de kart de Cascavel

Disputado em quatro etapas, o Campeonato Metropolitano de Cascavel realiza a 3ª rodada no próximo sábado (13/4), no kartódromo Delci Damian, que receberá a 54ª edição do Brasileiro de Kart, em julho. Com foco na preparação para a disputa nacional, Romullo Ribas inicia os treinos na quinta-feira à tarde, dará continuidade na sexta para a competição de sábado.

Com dois 3º lugares no Regional, a equipe RVC, do preparador Rodrigo Paixão, almeja uma posição ainda melhor no podium nesta etapa. “O Romullo tem grande potencial. Considerando que ele participa de poucos campeonatos, o Metropolitano de Cascavel e o SPR, no Beto Carrero, ele tem sido bastante competitivo entre os pilotos mais experientes da Cadete e que disputam outras competições Brasil afora” comentou Rodrigo Paixão. Romullo Ribas, de Pinhais-PR, ocupa o 4º lugar na classificação do Campeonato, com 30 pontos, sete de diferença para o líder cascavelense, Akyu Myasava. (Foto: Eni Alves).

 

Pilotos da MRF pontuam na abertura da Stock Light

A temporada 2019 da Stock Light começou de forma positiva para a equipe MRF, que tem sua sede em Cascavel, no Paraná. Os quatro pilotos da escuderia pontuaram na 1ª etapa do campeonato, disputada domingo, no Autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita, no Rio Grande do Sul. O gaúcho Gabriel Robe, que estava estreando na MRF Motorsport/EMS Farmacêutica/PGG/Poupanorte/Mezoil/Boxer/Drugovich/Noma, conquistou o segundo lugar na Corrida 1 da etapa gaúcha e foi 12º na segunda. Já o paranaense Gustavo Myasava, seu companheiro de equipe, foi quarto na Corrida 1 e nono na segunda. Robe sai da etapa de abertura da temporada como o quarto colocado na classificação do campeonato, com quatro pontos a mais do que Myasava, que aparece na quinta colocação.

Os paulistas Lauro Traldi e Leonardo Sanchez, que defendem as cores da MRF Racing/EMS Farmacêutica/PGG/RV Imola, também pontuaram nas duas provas. Lauro foi 15º na Corrida 1 e 11º na Corrida 2. Leonardo se classificou em 17º na Corrida 1 e 14º na Corrida 2. Na soma de pontos das duas, Lauro larga em 14º no campeonato e Leonardo em 18º. No campeonato de equipes, a MRF Motorsport ocupa vice-liderança, com 66 pontos, ao passo que a MRF Racing é a sétima colocada, com 26 pontos. As vitórias no Velopark foram de Guilherme Salas na Corrida 1 e de Vitor Baptista na Corrida 2. Salas lidera o campeando com 48 pontos. A próxima etapa (rodada dupla) da Stock Light será disputada no dia 19 de maio, em Goiânia. (Foto: Vanderley Soares).

 

Alfredinho Ibiapina não estreou bem na Aldeia da Serra

Ausente na 2ª etapa da Copa São Paulo Light de Kart devido a compromissos escolares, Alfredinho Ibiapina estreou no traçado do Kartódromo Aldeia da Serra, no último final de semana, na 3ª etapa da competição. Os treinos da quinta e sexta-feira já indicavam que a equipe teria muito trabalho para conquistar um pódio, mas pouco a pouco o kart foi ajustado para a pista altamente técnica. Com 24 concorrentes na Cadete, o maior grid da etapa e com os pilotos mais competitivos da categoria, Alfredinho Ibiapina saiu da 12ª posição do grid e encerrou a primeira prova em 8º lugar. Na largada da 2ª bateria o piloto não acompanhou o ritmo do pelotão da frente e perdeu alguns postos. Na busca por recuperação Alfredinho foi conquistando posições até que na 3ª passagem um toque na traseira do kart o fez rodar e cair para o final da fila.

Determinado, voltou para disputa e recomeçou. Ao final das 16 voltas, Alfredinho Ibiapina foi o 14º piloto a cruzar a linha de chegada, conquistando 10 posições na recuperação. “Eu atrasei a largada com medo de me envolver em acidentes e acabar a prova mais cedo. O toque, que me fez rodar, serviu de lição. O que tiver que acontecer, vai acontecer. Está mais do que na hora de superar os incidentes que me tiraram da pista nas largadas. Na próxima semana iremos para mais uma etapa do Metropolitano de Cascavel, com o objetivo de preparação para o Brasileiro de Kart, em julho. Força, foco e fé”, comentou o piloto de 10 anos. (Foto: Eni Alves).

 

 


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)