Raphael Reis faz a lição de casa e leva o título da Stock Light

0
Postado 10 de dezembro de 2018 por bisponeto em Automobilismo
Guilherme Salas retornou à Stock Light em grande estilo e venceu a corrida final da temporada da categoria de acesso à Stock Car no início da tarde deste domingo (9/12) em Interlagos. A prova definiu o título em favor do brasiliense Raphael Reis, da equipe W2 Racing, que largou da pole position e precisava de um sexto lugar para levantar a taça – acabou a corrida na quinta posição.

“Só tenho a agradecer, de verdade. Hoje foi o último passo de um ano em que traçamos como objetivo ser campeão e no qual trabalhamos para isso desde a primeira etapa. Saímos daqui felizes, de cabeça erguida, com quatro vitórias na temporada, então agradeço à equipe que fez um excelente trabalho. Foi perfeito. A comemoração hoje é o último capítulo, mas passamos por momentos difíceis também, nos recuperamos, e agora é só comemorar”, disse o campeão de 2018 da Stock Light, que receberá premiação em torno de R$ 440 mil para disputar a próxima temporada na Stock Car. “Já estamos falando com algumas equipes”, reservou-se.

Salas, que disputou a temporada 2017 e parte da de 2018 na Stock Car, venceu em seu retorno e teve Gabriel Robe no segundo lugar, com Pietro Rimbano fechando o pódio. Entre os postulantes ao título, Pedro Cardoso foi o quarto colocado, com Reis em quinto, Enzo Bortoleto em nono e Gustavo Frigotto em 17º.

Além de vice-campeão, Bortoleto fecha a temporada como campeão da classe Rookie, para pilotos que estreiam na categoria. “Para o primeiro ano meu e da equipe na Stock Light, foi uma temporada bem positiva. A gente tinha como meta ficar entre os cinco primeiros na geral, e superamos isso ao lideramos o campeonato até a pausa para a Copa do Mundo. Foi muito disputado. Todas as etapas com muitos carros no grid, uma grande variedade de vencedores, então foi um ano muito bom, sim”, avaliou o piloto da KTF Sports, que também ganha uma premiação superior a R$ 200 mil para uma nova temporada na Light mas, como terminou em segundo na classificação geral, ele torna-se elegível para disputar também a classe principal em 2019.

Raphael Reis, Enzo Bortoleto, Pedro Cardoso, Gabriel Robe e João Rosate fecharam o top-5 da classificação final do campeonato, o que garante a eles o direito de subirem de categoria na próxima temporada.

Resultado – Stock Light:
1.º) Guilherme Salas (KTF Sports), 17 voltas em 31min58s028 (137,6 km/h);
2.º) Gabriel Robe (Motortech Competições), a 1s407;
3.º) Pietro Rimbano (SG Racing), a 10s972;
4.º) Pedro Cardoso (Carlos Alves Competições), a 14s082;
5.º) Raphael Reis (W2 Racing), a 14s689;
6.º) Gustavo Myasava (MRF Racing), a 15s719;
7.º) Renan Guerra (SG Racing), a 16s263;
8.º) João Rosate (Carlos Alves Competições), a 22s098;
9.º) Enzo Bortoleto (KTF Sports), a 22s335;
10.º) Marcel Coletta (Cimed Racing Júnior), a 23s398;
11.º) Raphael Abbate (L3 Motorsports), a 29s350;
12.º) Marco Cozzi (Rsports Team), a 30s123;
13.º) Murilo Coletta (W2 Racing), a 32s392;
14.º) Erik Mayrink (TMG Light Team), a 36s388;
15.º) Matheus Coletta (Cimed Racing Júnior), a 48s966;
16.º) Gabriel Lusquiños (Motortech Competições), a 1min03s813;
17.º) Gustavo Frigotto (RKL Motorsports), a 1min14s047;
18.º) Rafael Lopes (Motor Fast Racing), a 1min14s149;
19.º) Lauro Traldi (MRF Motorsport), a 1min28s408;
20.º) Tuca Antoniazzi (Motortech Motorsport), a 1min38s007;
21.º) Lucas Daleffe (MRF Motorsport), a 1min39s342;
22.º) Franco Pasquale (TMG Light Team), a 1min44s327;
23.º) Rouman Ziemkiewcz (Rsports Team), a 2 voltas;
24.º) Leonardo Sanchez (MRF Racing), a 2 voltas;
25.º) Pedro Boesel (RKL Motorsports), a 5 voltas.
MELHOR VOLTA: Gabriel Robe, 1min51s683 (média de 139,0 km/h).

Classificação do campeonato de Pilotos (Top-10):
1.º) Raphael Reis, 229 pontos; 2.º) Enzo Bortoleto, 181; 3.º) Pedro Cardoso, 178; 4.º) Gabriel Robe, 174; 5.º) João Rosate, 149; 6.º) Gustavo Frigotto, 142; 7.º) Pietro Rimbano, 137; 8.º) Marco Cozzi, 122; 9.º) Gustavo Myasava, 106; 10.º) Marcel Coletta, 105.

Classificação do campeonato de Rookies (Top-10):

1.º) Enzo Bortoleto, 279 pontos; 2.º) Pedro Cardoso, 258; 3.º) João Rosate, 256; 4.º) Marcel Coletta, 204; 5.º) Vinicius Margiota, 173; 6.º) Erik Mayrink, 168; 7.º) Murilo Coletta, 166; 8.º) Lucas Daleffe, 108; 9.º) Gustavo Bandeira, 107; 10.º) Gabriel Lusquiños, 106.

Campeonato de Equipes:

1.º) W2 Racing, 354 pontos; 2.º) Carlos Alves Competições, 329; 3.º) KTF Sports, 313; 4.º) RKL Motorsports, 257; 5.º) Motortech Competições, 185; 6.º) Cimed Racing Junior, 169; 7.º) SG Racing, 146; 8.º) MRF Racing, 129; 9.º) L3 Motorsports, 102; 10.º) Motorsport, 66; 11.º) RSports Team, 58; 12.º) Motor Fast Racing, 55; 13.º) TMG Light Team, 55; 14.º) MRF Motorsport, 51; 15.º) AN09 Team, 29; 16.º) Motortech Motorsport, 24; 17.º) SG Sports, 21.

Fotos: Fernanda Freixosa.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)