Metropolitano: Rômulo Molinari conquista título da Turismo 1.6 “I”

0
Postado 25 de outubro de 2018 por bisponeto em Automobilismo
A equipe curitibana Lupatini Motorsport conquistou mais um título em 2018, desta vez do Metropolitano de Curitiba 2018, no fim de semana (20 e 21/10), da categoria Turismo 1.6 “I”, na etapa disputada no Autódromo de Curitiba, em Pinhais (PR), com o piloto Rômulo Molinari. Pilotando o Gol n.º 27, preparado pela equipe técnica Mig Motorsport, Rômulo Molinari conquistou dois segundos lugares e garantiu o título da categoria Turismo 1.6 “I”, podendo chegar ao segundo título da Temporada de 2018.

Nas doze provas das seis etapas do Metropolitano de Curitiba 2018, pilotando o Gol n.º 27, Rômulo Molinari (Titania/Pelikano) marcou quatro poles-position e obteve sete vitórias, três segundos lugares, uma quarta e uma quinta colocação. Rômulo Molinari concluiu o campeonato na Turismo 1.6 “I”, com 208 pontos ganhos, tendo Antonio Carvalho em segundo, com 171, Roberto Baú em terceiro, com 150 e Felipe Lobo em quarto, com 148 pontos. “Essa temporada está sendo muito especial para mim e a equipe Lupatini Motorsport, com o primeiro título no Paranaense de Velocidade. Tive grande aprendizado com os pilotos Rafael Lupatini, Felipe Lobo, Alexandre Frankenberger e o Beto Baú, e acredito estar evoluindo muito rápido. Daqui há duas semanas estarei envolvido em mais uma decisão, agora do Metropolitano de Curitiba, e quero me esforçar ao máximo para levar mais esta conquista para a minha equipé”, declarou Rômulo Molinari (Titania/Pelikano).

No Paranaense de Velocidade 2018, com a final relizada no mês passado, o título de Rômulo Molinari (Titania/Pelikano) veio com dois terceiros lugares na Turismo 1.6 “I”, na terceira e última etapa em Londrina. Sua performance nas três etapa realizadas, foi com uma vitória e um terceiro lugar, na primeira etapa em Cascavel, em dupla com Alexandre Frankenberger. Na segunda etapa, realizada em Curitiba, correu com Felipe Lobo, conquistando uma vitória e uma segunda posição. E na terceira etapa, em Londrina, novamente em dupla com Frankenberger, foram dois terceiros lugares e o título de campeão. No Paranaense, Antonio Carvalho foi o vice-campeão, com 69 pontos e Alexandre Frankenberger o terceiro, com 63.

A equipe Lupatini Motorsport está em seu segundo ano de participação no Metropolitano de Curitiba e Paranaense de Velocidade, e com a preparação da equipe catarinense Mig Motorsport, da Família Frankenberger, que certamente tem os melhores carros do grid da categoria Turismo 1.6 “I”. “A temporada 2018 foi fantástica para a nossa equipe. Conseguir as três primeiras posições no Paranaense de Velocidade e as quatro primeiras colocações do Metropolitano de Curitiba, foi além das nossas expectativas. Esse desempenho reforça a nossa decisão, de fazer as apostas em jovens pilotos, em dupla com pilotos experientes, antecipando o seu amadurecimento. Depois dessas conquistas, estamos pensando na possibilidade de disputar as 500 Milhas de Londrina, repassando mais um aprendizado aos pilotos iniciantes em uma prova de longa duração, com quase seis horas de competição”, concluiu Rafael Lupatini.

– Classificação –

Com seis etapas realizadas, doze provas disputadas e três descartes, a classificação final da categoria Turismo 1.6 “I” no Metropolitano de Curitiba 2018, é a seguinte: 1.º) Romulo Molinari (PR), 208; 2.º) Antonio Carvalho (PR), 171; 2.º) Roberto Baú (PR), 150; 4.º) Felipe Lobo (SC), 148; 5.º) José Pederneiras (PR), 143; 6.°) Geison Tureck (PR), 104. No Paranaense de Velocidade, após seis provas e um descarte: 1.º) Rômulo Molinari (PR), 90 (Campeão); 2.º) Antonio Carvalho (PR), 69; 3.º) Alexandre Frankenberger (SC), 63; 4.º) Geison Tureck/Carlos Ehrat Júnior (PR), 59; 5.º) José Pederneiras (PR), 53; 6.°) Márcio Ymagava (PR), 44.

 

MRT – Marketing Racing Team

(41) 99957-2908 – bisponeto@terra.com.br

 


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)