Volvo e Skanska: primeira pedreira do mundo que está livre de emissões

0
Postado 19 de setembro de 2018 por bisponeto em Caminhões
A Volvo CE e Skanska estão revolucionando a indústria extrativa com um estudo inovador para criar a primeira pedreira livre de emissões do mundo. Com base na experiência em eletromobilidade e automação do Grupo Volvo, o projeto de pesquisa, chamado de Site Elétrico, visa eletrificar cada estágio de transporte em uma pedreira – da escavação à britagem primária e do transporte até a britagem secundária. Uma quantidade insignificante de energia diesel ainda será utilizada.

A Volvo CE e a Skanska começaram a testar o conceito Electric Site na pedreira da Skanska em Vikan Kross, perto de Gotemburgo, na Suécia, que produz agregados para construção, asfalto e cimento. “Esta é a primeira vez que algo assim foi tentado na indústria de pedreiras. Se for bem-sucedido, o site elétrico poderá servir de modelo para transformar a eficiência, a segurança e o impacto ambiental de pedreiras em todo o mundo”, afirma Gunnar Hagman, CEO da Skanska Suécia. Fundada em 1887, a Skanska é uma das maiores empresas de construção do mundo.

Com o Electric Site, a Volvo CE e a Skanska estão desafiando as formas tradicionais de trabalho no setor de pedreiras. O projeto envolveu o desenvolvimento de novas máquinas conceituais, métodos de trabalho e sistemas de gerenciamento de canteiros de obras que, juntos, formam uma solução completa. A nova tecnologia inclui sistemas de controle de máquinas e da frota e soluções logísticas para máquinas elétricas em pedreiras.

“Tivemos que repensar completamente o modo como trabalhamos e como encaramos a eficiência das máquinas, ampliando os limites de nossa competência”, destaca Melker Jernberg, presidente da Volvo CE. “A solução total para canteiro de obras que desenvolvemos com a Skanska não é uma solução comercial e ainda vamos avaliar o resultado dos testes. Mas já aprendemos muitos elementos que serão introduzidos em nosso desenvolvimento de produtos no futuro”, finaliza.

 


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)