Catedral dos Carros: canadense é apaixonado por esportivos da Ford

0
Postado 12 de setembro de 2018 por bisponeto em Automóveis
O canadense Angelo Paletta é um fã assumido de carros esportivos da Ford e reuniu em sua casa uma coleção de raridades capaz de fazer inveja a muitos museus. O espaço que ele batizou de “Catedral de Carros”, na cidade de Burlington, no Canadá, abriga originais e réplicas de Ford GTs, Mustangs e Shelby Cobras de diferentes épocas. Veja o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=XQISFARerDE&feature=youtu.be.

“No final dos anos 50, o meu pai só tinha carros da Ford e depois virou adepto da Lincoln. A marca faz parte da minha vida desde que nasci”, conta o colecionador.

Paletta não considera a Catedral dos Carros um museu, mas uma garagem onde as pessoas podem entrar e conhecer suas preciosidades. No segundo andar, o espaço tem ainda um restaurante de estilo anos 50, sala de TV, miniaturas e outros itens de coleção da marca. “É um local para vir, relaxar e se divertir. Também faço várias ações de caridade com os carros, passeios e gosto de mostrá-los para as pessoas, especialmente as crianças. É incrível ver o entusiasmo delas”, argumentou o colecionador.

Entre as raridades está um Ford GT 2006 canadense que tinha apenas 24,5 milhas no hodômetro quando Paletta o comprou. O carro nunca foi emplacado e é um verdadeiro item de colecionador, conservando até o plástico original de proteção dos bancos. Outra atração é uma réplica do Ford GT40 que venceu as 24 Horas de Le Mans em 1968 e 1969 – o único a conquistar a prova por duas edições consecutivas.

O novo Ford GT 2017, com motor V6 EcoBoost, também faz parte da coleção e Paletta tem prazer de mostrar e comparar cada detalhe do modelo com as versões anteriores, que conhece em profundidade. “Uma obra de arte ambulante”, descreve Paletta.

O colecionador se orgulha também de outro modelo especial: um Shelby Cobra original com motor e câmbio construídos por Bill Parson. O modelo tem ainda para-lamas de alumínio e é um dos únicos 12 exemplares feitos nos Estados Unidos. Paletta é a única pessoa que já o dirigiu. “Eu o encontrei em um galpão em San Jose, na Califórnia”, disse o canadense.

Agora, ele quer dividir sua paixão com as novas gerações: “Espero que os jovens que visitam minha coleção se tornem futuros clientes da Ford, quando tiverem idade suficiente”, conclui Angelo Paletta.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)