Metropolitano: Equipe Lupatini Motorsport teve novo pódio no AIC

0
Postado 29 de junho de 2018 por bisponeto em Automobilismo
Os pilotos da equipe curitibana Lupatini Motorsport/Mig Motorsport (Titania/Pelicano) foram bem na terceira etapa do Metropolitano de Curitiba, no fim de semana (23 e 24/6), realizada no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), situado em Pinhais (PR). Pilotando o Gol n.º 27, preparado pela equipe Mig Motorsport, Felipe Lobo e Rômulo Molinari conquistaram o primeiro lugar na categoria Turismo 1.6 “I”. Já o Gol n.º 32, com a dupla Antonio Carvalho/Beto Baú ficou em quarto lugar na categoria Turismo 1.6 “I”. E a dupla Brendon Zonta Gabardo/Celso Gabardo (Condor), fez um 9.º e um 8.º lugares, nas duas provas da categoria Terra Marcas “A”.

Pilotando o Gol n.º 27, Felipe Lobo e Rômulo Molinari (Titania/Pelikano) marcaram a pole position da Turismo 1.6 “I”, com o tempo de 1min42s106, largando em 20.º lugar na Geral. Na primeira corrida, o piloto Rômulo Molinari largou bem e administro a posição por boa parte da corrida, mas foi ultrapassado por José Pederneiras e concluiu a prova em segundo lugar na Turismo 1.6 “I”. “Desta vez, começamos bem o fim de semana, conquistando a pole position no treino classificatório e vencemos a etapa. Fiz segundo lugar na minha prova e o Felipe Lobo venceu a dele e mantivemos a liderança”, disse Rômulo Molinari. Para a segunda corrida, assumiu o comando do carro Felipe Lobo, que mais experiente fez boa largada, foi ganhando posições na Geral a cada volta disputada. Concluiu a prova em 13.º lugar na Geral e em primeiro lugar na categoria Turismo 1.6 “I”, depois de largar da 17.ª posição. “Nosso carro estava muito para as corridas, consegui imprimir um bom ritmo de prova e fui ganhando posições volta a volta naturalmente. No início, administrei um pouco as ultrapassagens, porque tinham muitos carros na pista, mas na sequencia cheguei à liderança na categoria, onde me mantive até a bandeirada final”, declarou Felipe Lobo (Titania/Pelikano).

Já a dupla Antonio Carvalho e Beto Baú (Titania/Pelikano) tiveram boa participação na etapa, largando da quinta posição na categoria. Na primeira corrida, Antonio Carvalho largou da 26.ª posição do grid e manteve a posição na primeira volta, daí para frente foi ganhando posições, concluindo a prova em 18.º na Geral e terceiro na categoria. Na segunda prova, Beto Baú assumiu o carro e logo na primeira volta teve problemas com o trambulador. Parou nos boxes para fazer o reparo, perdendo uma volta para os demais adversários. Mesmo assim, concluiu a prova em 23.º lugar na Geral e sexto na Turismo 1.6 “I”. E a dupla Brendon Zonta Gabardo/Celso Gabardo (Condor), da equipe Lupatini Motorsport, evoluiu muito após a primeira etapa. Na primeira corrida, Brendon Gabardo largou em 21.º e chegou em 15.º na Geral. E na segunda corrida, Celso Gabardo largou da 15.ª posição, teve problemas no pelotão intermediário e concluiu a prova em 26.º lugar, ficando em décimo lugar na categoria. Mas foi a primeira corrida de Celso e segunda de Brendon e ambos têm muito a evoluir nessa temporada.

– Resultados –

Somados os pontos das duas provas disputadas na terceira etapa, o resultado final da categoria Turismo 1.6 “I” no Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2018, foi o seguinte: 1.º) Felipe Lobo/Rômulo Molinari, 35 pontos; 2.º) José Pederneiras, 35; 3.º) Paulo Costa, 22; 4.º) Geison Tureck/Carlos Jr e Antonio Carvalho/Beto Baú, 18; e em 5.º) Karl Raucher, 8. A quarta etapa do Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2018 está marcada para os dias 28 e 29 de julho, no AIC.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)