Favoritos abandonam a 31.ª Cascavel de Ouro

0
Postado 8 de novembro de 2017 por bisponeto em Automobilismo
Duas equipes catarinenses e uma paranaense, que disputam o Campeonato Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2017 e que estavam entre os favoritos à vitória, abandonaram por quebra a 31.ª edição da Cascavel de Ouro, realizada de 3 a 5 de novembro, no Autódromo Zilmar Beux, no Oeste do Paraná. Os catarinenses Gustavo Magnabosco e Eduardo Berlanda, com o Gol n.º 133 e preparação da Pein Competições, abandonaram com 19 voltas, após dominarem os treinos livres, treinos oficiais e treinos classificatórios. E seus conterrâneos Alexandre Frankenberger e Rafael Bastos, com o Gol n.º 999 e preparação da MIG Motorsport, abandonaram depois de 22 voltas e sempre estiveram entre os primeiros. Já os paranaenses Ariel Barranco e Rafael Barranco, com o Gol n.º 7 e preparação da RB Motorsport, completou apenas 18 voltas e quebrou dois motores durante o evento.

Certamente a dupla que dominou a Cascavel de Ouro 2017 foi a dos catarinenses Gustavo Magnabosco e Eduardo Berlanda (Mundial Textil/Materva). Na quinta-feira (2/11), não participaram do primeiro treino livre às 9 horas. Mas no segundo, realizado às 15 horas, marcaram o segundo tempo em 1min18s564, a 0s102 do primeiro lugar. Nos três treinos oficiais da sexta-feira (3/11), foram os mais rápidos no primeiro, às 8h45, com o tempo de 1min17s845, com pista seca. No segundo, às 11h10, ficaram em terceiro lugar, marcando 1min18s483, já com pista molhada. E no terceiro, às 13h30, nem foram para a pista, pois chovia muito em Cascavel. No sábado (4/11), lideraram o treino livre, com 1min18s078, ficaram em primeiro na Tomada do Piloto 1, com 1min23s134, em pista molhada e na Tomada do Piloto 2, marcaram 1min23s213, garantindo a pole da prova com o tempo de 1min23s173. Gustavo Magnabosco largou na frente e foi abrando vantagem para o segundo colocado, que chegou a ser de 12 segundo, mas na 19.ª volta, abandonou a corrida com problemas na suspensão do carro e quebrou o pivô da roda.

A outra dupla catarinense Alexandre Frankenberger/Rafael Bastos (InterBrasil S.A./Posto Peruzzo/Scherer Auto Peças), também sempre esteve entre os primeiros desde os treinos livres de quinta-feira. No primeiro ficou com o sétimo tempo, em 1min18s544. E no segundo marcaram o nono tempo, em 1min18s949. Nos treinos oficiais de sexta-feira, já acertando o carro para a corrida, marcaram 1min19s189 no primeiro, 1min29s769 no segundo e 1min22s701 no terceiro, o quinto melhor tempo, pois não tinham um bom acerto no carro para pista molhada. No sábado, também com chuva, marcaram o tempo de 1min25s523 no treino livre. Os dois classificatórios foram debaixo de chuva, com Alexandre Frankenberger marcando 1min25s106 no primeiro e Rafael Bastos cravando 1min22s701 no segundo, com menos chuva, e a dupla acabou ficando com o tempo de 1min23s903, em 18.º do grid da prova. Alexandre Frankenberger foi para a primeira tocada da corrida e em bom ritmo de prova, foi ganhando posições até assumir o décimo lugar, mas passou a ter problemas de freio e acabou abandonando na 22.ª volta da Cascavel de Ouro.

E a dupla curitibana Ariel Barranco/Rafael Barranco (Barranco Ferro e Aço), pai e filho, começou nos treinos livres de quinta-feira com força total. No primeiro, marcou o tempo de 1min18s685, ficando em sétimo lugar e no segundo ficou em 18.º lugar, com 1min19s370. Partiram para os treinos oficiais de sexta-feira confiantes, mas a chuva e a quebra do motor complicou o desempenho da equipe. Ariel e Rafael foram os 37.º no primeiro treino, com 1min19s437, ficaram em 30.º no segundo, com 1min25s432, e, com 1min20s262 no terceiro treino ficaram em sétimo lugar. Não foram bem no treino livre de sábado, marcando 1min25s411. Na Tomada do Piloto 1 1min24s991 e na Tomada do Piloto 2, fizeram 1min23s137, onde o tempo consolidado ficou em 1min24s064, largando na 26.ª posição do grid. Rafael Barranco foi para a largada em busca de recuperação e começou bem a Cascavel de Ouro ganhando posições a cada volta disputada. Estava em 12.º na corrida, quando quebrou o motor do carro na 18.ª volta e abandonou a prova.

– Resultado Final –

Após 120 voltas, o resultado da Cascavel de Ouro 2017 foi o seguinte:

1º) Marcel Sedano/Valmor Emílio Weiss (SC/PR), Stumpf Preparações, 3h02min05s849;

2º) Edgar/Israel Favarin (PR), Stumpf – Paraguai Racing, a 15.499;

3º) Edson do Valle/Wellington Justino (GO), Classe A – Ferrari Motorsport, a 17.434;

4º) Edson Bueno/Diogo Pachenki (PR), Stumpf Preparações, a 26.349;

5º) Daniel Kaefer/Carlos Souza (PR), Sérgio Ferrari Racing Team, a 1min01s808;

6º) Nicolas Salmini/Gustavo Frigotto (PR), Salmini – Paraguay Racing, a 1min14s667;

7º) Caíto Carvalho/Paulo Bento (PR), Sensei – Sorbara Motorsport, a 1 volta;

8º) Luiz Ribeiro/Peter Ferter (PR/MS), Ourocar – Charrua Racing, a 1 volta;

9º) Leandro Zandoná/Paulo Pizzoni (PR), Ferrari Racing Team, a 1 volta;

10º) Guilherme Sirtoli/Leônidas Fagundes (PR), Sérgio Ferrari Racing Team, a 1 volta;

11º) Davi Dal Pizzol/Gustavo Dal Pizzol (SC), Pein Competições, a 1 volta;

12º) Gustavo Myasava/Pedro Saderi (PR), MRF Motorsport, a 2 voltas;

13º) Anderson Portes/Juliano Bastos (PR), Sérgio Ferrari Racing Team, a 2 voltas;

14º) Marcelo Campagnolo/Gastão Weigert (PR), Sivel Competições, a 2 voltas;

15º) Suzuki/Constantino/Lobão (SP/DF), Salmini – Paraguay Racing, a 2 voltas;

16º) Carvalho/Cortes/Salas (PR/RS/SP), Sensei – Sorbara Motorsport, a 3 voltas;

17º) Wilians Peres/Guto Baldo (PR), Abreu Motors, a 4 voltas;

18º) Ricardo Landi/Ronaldo Giordani (SP/RS), Tuta Racing – Autotech, a 4 voltas;

19º) Fernando Fortes/Raijan Mascarello (SP/MT), Tuta Racing – Autotech, a 4 voltas;

20º) Beto Monteiro/David Muffato (PE/PR), Sensei – Sorbara Motorsport, a 5 voltas;

21º) Leandro Totti/Maicom Tumiate (PR), AGB Preparações, a 5 voltas;

22º) Alexandre Seda/Francisco Paiva Júnior (RJ), Landerson Competições, a 6 voltas;

23º) João Paulo Naumes/Alisson Nurnberg (PR), MP Competições, a 6 voltas;

24º) Gilliard Chmiel/Gelmar Chmiel Júnior (PR), Stumpf Preparações, a 9 voltas;

25º) Hélio Fausto/Pedro Cardoso (DF), Tomgape Racing Team One Technology, a 11 voltas;

26º) César Bonilha/Juca Lisboa (PR/SC), Impact Racing, a 14 voltas;

27º) Marcelo Beux/João Paulo Gelain (PR), Speed Car, a 19 voltas;

28º) Fábio Tokunaga/Paulo Henrique Costa (PR), Red Foot Racing Team, a 19 voltas;

29º) Michel Giusti/Jorge Martelli (SC), MP Competições, a 19 voltas;

30º) Analino Sirtuli/João Lemos (RS/POR), Choka Car Racing, a 22 voltas;

31º) Malagi/Veronez/Matias Pinheiro (PR/GO), MG-Ferrari Motorsport, a 26 voltas;

32º) Miguel Laste/Ricardo Sperafico/Rodrigo Sperafico (PR), Ferrari Racing Team, a 38 voltas;

33º) Andrei Carta/Ruslan Carta Filho (PR), Stumpf Preparações, a 39 voltas;

34º) Rafael Colombari/Mário Garibaldi Filho (PR), Red Foot Racing Team, a 39 voltas;

35º) Júnior Caús/Ingmar Biberg (PR), Caús Motorsport, a 41 voltas;

36º) Roney Ribeiro/Felipe Braz/Luiz Fernando Pielak (PR), Stumpf Preparações, a 45 voltas;

37º) Nicastro/Regadas/ Moraes (SP/MA), Salmini – Paraguay Racing, a 46 voltas;

38º) Rogério dos Santos/Dorivaldo Gondra Júnior (PE), Jeg Team-Fast Racing, a 49 voltas;

39º) Renato Braga/Leandro Romera/Leandro Reis (GO/SP), Pimba Competições, a 56 voltas;

40º) Cleves Formentão/Gabriel Formentão (PR), Speed Car, a 56 voltas;

41º) César Cardoso/Mallaco Maam/Cleber Fonseca (RS/SP/PR), Fast Racing, a 66 voltas;

42º) Odair dos Santos/Thiago Klein (PAR/PR), Stumpf – Paraguay Racing, a 70 voltas;

43º) Natan Sperafico/Gabriel Correa (PR/GO), Sérgio Ferrari Racing Team, a 81 voltas;

44º) Fernando Júnior/Clemente Moroni (RS), Centerbus – Sambaiba Racing, a 87 voltas;

45º) Lorenzo Massaro/Paulo Salustiano (PR/SP), Speed Car, a 91 voltas;

46º) Alexandre Frankenberger/Rafael Bastos (SC), MIG Motorsport, a 98 voltas;

47º) Gustavo Magnabosco/Eduardo Berlanda (SC), Pein Competições, a 101 voltas;

48º) Betão Fonseca/Adriano Rabelo (SP/CE), Centerbus – Sambaiba, a 101 voltas;

49º) Ariel Barranco/Rafael Barranco (PR), RB Motorsport, a 102 voltas;

50º) André Bragantini/Galid Osman (SP), Sensei – Sorbara Motorsport, a 111 voltas.

 

MRT – Marketing Racing Team

(41) 9957-2908 – bisponeto@terra.com.br

Foto: Victor Lara


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)