Metropolitano: Wilians e Guto ficam em sexto na Marcas “B”

0
Postado 13 de outubro de 2017 por bisponeto em Automobilismo
A dupla Wilians Peres/Guto Baldo (Suloy/Sintermetal/Wilians Peças) participou no fim de semana (6 a 8/10), da sétima etapa do Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2017 e válida pela terceira e última etapa do Paranaense de Velocidade no Asfalto2017, que foi disputada no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel (PR). A bordo do Gol n.º 128, com preparação da Abreu Motors, Wilians Peres largou em 4.º lugar na sua categoria na primeira corrida, no sábado de tarde, chegando em quarto lugar. Guto Baldo foi para a segunda corrida da categoria Marcas “B”, e até vinha numa boa corrida, mas levou uma batida na sexta volta e abandonou a prova na volta seguinte. Somados os pontos, concluiu a etapa em sexto lugar com 13 pontos ganhos.

No treino classificatório, a dupla curitibana Wilians Peres/Augusto Baldo Neto (Wilians Peças/Suloy/Sintermetal) marcou o tempo de 1min19s638, ficando em quarto lugar da categoria Marcas “B” do Metropolitano de Curitiba. Dada a largada para a primeira prova, às 14h10 do sábado, Wilians manteve a posição na largada, onde seguiu brigando por melhores posições no pelotão intermediário entre 10.º e 15.º na Geral. Chegou a estar em quarto na categoria, mas um incidente o fez cair para o sexto lugar. Ao fim de 23 voltas a vitória na Marcas “B” do Metropolitano de Curitiba foi de Rafael Barranco, com tempo total de 33min37s770, seguido de Eduardo Pavelski, a 9s562, Alisson Nurnberg, 12s809, Wilians Peres, a 18s874, Gefferson de Lima, a quatro voltas, e, Samurai Sam, a treze voltas.

Guto Balso Neto (Suloy/Sintermetal/Wilians Peças) foi para a segunda prova às 10h50 de domingo, largando em quarto lugar na Marcas “B”, do Metropolitano de Curitiba. O piloto curitibano até teve um bom início de prova, ganhando algumas posições, mas levou um toque de um adversário na sexta volta, que o fez abandonar a corrida na volta seguinte, atrapalhando os planos da equipe de ir ao pódio nesta etapa. No fim de 25 voltas, Rafael Barranco venceu na Marcas “B” do Metropolitano de Curitiba, com tempo total de 33min18s214, seguido de João Naumes, a 4s879, Samurai Sam, a 42s975, e, Gefferson de Lima, a uma volta.

“Na corrida de Cascavel deu tudo errado do que tínhamos programado. Com pista seca e molhada durante o treino classificatório, não conseguimos um bom lugar no grid e com 30 carros alinhados, vir de traz buscando recuperar posições é complicado, principalmente no Paranaense, com pilotos de Cascavel e Londrina correndo juntos”, declarou Wilians Peres (Wilians Peças/Suloy/Sintermetal/Motorbest). “Eu até comecei bem a minha bateria, mas me enrosquei com um adversário na disputa de uma posição e o meu carro quebrou. Pena, porque ele estava rendendo bem e eu poderia repetir o quarto lugar do Wilians, mas não deu”, concluiu Augusto Baldo Neto.

– Classificação Final –

Somados os pontos das duas corridas da sétima etapa do Metropolitano de Curitiba, a classificação final na categoria Marcas “B” foi a seguinte: 1.º) Rafael Barranco, 44 pontos; 2.º) Alisson Nurnberg/João Naumes, 30; 3.º) Gefferson de Lima, 23; 4.º) Eduardo Pavelski, 18; 5.º) Samurai Sam, 13; e em 6.º) Wilians Peres/Guto Baldo, 13. A oitava e última etapa do Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2017 está marcada para os dias 2 e 3 de dezembro, no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), em Pinhais (PR). (Foto: Myckael Allan Kaefer).

 


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)