Endurance: Quebra do eixo de tração faz Jair e Duda Bana abandonar corrida

0
Postado 24 de setembro de 2017 por bisponeto em Automobilismo
O fim de semana (22 a 23/9) foi de trabalho e superação para a equipe G-Stage, com os pilotos curitibanos Jair Bana e Carlos Eduardo “Duda” Bana (Pirelli/Bana Pneus), durante os “500 KM de São Paulo 2017, realizada no Autódromo Vello Città, em Mogi Guaçu (SP). Na prova válida pela quinta etapa do Campeonato Brasileiro de Endurance, a dupla paranaense teve o eixo de tração traseiro do Protótipo Predador quebrada, depois de largar da 4.ª posição, assumir a liderança na 30.ª volta e abandonar a corrida após 38 voltas completadas.

Nos treinos oficiais de sexta-feira (22/9), Jair e Duda Bana (Pirelli/Bana Pneus), mesmo acertando o carro, sempre estiveram entre os primeiros na Geral e na GP1. No 1.º Treino Oficial, marcaram o tempo de 1min33s070, ficando em sexto lugar na Geral. Mais um bom tempo no 2.º Treino Oficial, em 1min31s373, sendo o quarto lugar na Geral. No 3.º Treino Oficial, com o tempo de 1min28s536, ficando em terceiro lugar na GP1. E no 4.º Treino Oficial, marcaram 1min29s887, em quarto lugar na Geral. Durante o Treino Classificatório, deram doze voltas e marcaram o tempo de 1min28s396, ficando com o quarto lugar do grid de largada.

O piloto Duda Bana (Pirelli/Bana Pneus) foi para a largada da prova, às 14h30, com a missão de ganhar posições e se manter na “briga” pelas primeiras colocações da GP1 e na Geral. Duda fez uma boa largada, mas perdeu a quarta posição, recuperando-a na sexta volta. Na 15.ª volta assumiu o terceiro lugar na prova e na 20.ª volta era o segundo colocado na Geral. Assumiu a liderança da prova na 28.ª passagem, liderou por oito voltas e foi para os boxes, para o primeiro pit stop obrigatório, fazendo o reabastecimento e troca de pneus na 36.ª volta. Retornou à pista na quarta posição na Geral, mas na 38.ª volta, quebrou o eixo de tração traseiro e o piloto curitibano teve que abandonar a prova.

“Está nos faltando um pouco de sorte nas provas do Brasileiro de Endurance deste ano. Temos conseguido boas posições de largada e até lideramos as corridas na Geral. Mas uma quebra ou outra tem nos tirado a possibilidade de concluir as corridas, que certamente seria entre os três primeiros no mínimo”, disse Jair Bana. “Mais uma vez abandonamos por quebra. Ficamos tristes, pois o rendimento do carro estava muito bom e poderíamos ter um bom resultado aqui. Agora vamos consertar o eixo de tração e preparar o Predador para a corrida em Tarumã”, concluiu Duda Bana (Pirelli/Bana Pneus).

– Resultado da Prova na GP1 –

1.º) Marcel Visconde/Ricardo Maurício (Porsche 911 GT3 R), 139 voltas em 3h52min02s999; 2.º) Fernando Poeta/Ney Faustini/Roger Sandoval (Protótipo Lamborghini), 130; 3.º) Tiel Andrade/Fausto Pasquale (MC Tubarão IX Ford Turbo), 130 voltas; 4.º) João Lemos (MXR), 113 voltas; 5.º) Jair Bana/Carlos “Duda” Bana (Protótipo Predador), 38 voltas; e 6.º) Juliano Moro/Cristiano de Almeida/Eduardo Scheer (Protótipo AJR), 18 voltas. A sexta etapa do Campeonato Brasileiro de Endurance está marcada para os dias 27 e 28 de outubro, com as 3 Horas de Tarumã, no Rio Grande do Sul.

 


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)