Carro-conceito Audi Aicon: um autônomo rumo ao futuro

0
Postado 12 de setembro de 2017 por bisponeto em Salões
Com o Audi Aicon, uma visão de design de quatro portas, a marca dos quatro anéis apresenta um Audi autônomo do futuro – sem volante ou pedais. Como um conceito de design, o 2+2 de quatro portas dá um salto audacioso para o futuro para mostrar o design externo e interno das próximas décadas. O demonstrador de tecnologia une, de forma visionária, as inovações ligadas à transmissão, suspensão, digitalização e sustentabilidade. O Aicon também é projetado para operação puramente elétrica e deverá cobrir distâncias entre 700 e 800 quilômetros com apenas uma carga de bateria.

Estudo de design, demonstrador de tecnologia, conceito de mobilidade: o Audi Aicon aproveita todas as possibilidades oferecidas por um sedã autônomo de luxo do futuro com uma consistência sem precedentes. Como estudo de design, o 2+2 de quatro portas dá um salto audacioso para mostrar o design externo e interno das próximas décadas. O modelo tecnológico une, de forma visionária, as inovações ligadas à transmissão, suspensão, digitalização e sustentabilidade.

E, como conceito de mobilidade, o Audi Aicon mostra o mundo do futuro, no qual as vantagens do transporte individual de porta-a-porta são combinadas com o ambiente luxuoso de uma cabine de primeira classe de aeronave. Um interior sem volante ou pedais que pode oferecer todos os confortos da moderna eletrônica de comunicações e uma perfeita ergonomia – simplesmente de primeira classe.

Basta apenas um olhar: parecendo um taxi robô reduzido à pura funcionalidade, o conceito autônomo oferece tudo. Sua presença é impossível de ignorar, e seu exterior sugere o espaçoso conforto oferecido aos passageiros e as aspirações técnicas de alto nível. O Audi Aicon é uma espiada naquilo que será um automóvel de prestígio de amanhã que desperta os desejos de clientes exigentes.

Pura presença – o exterior

O Audi Aicon é espetacular visto de qualquer ângulo. Suas dimensões o colocam no nível superior dos automóveis de luxo do segmento D: 5,444 metros de comprimento, 2,100 metros de largura e 1,566 metros de altura. A distância entre eixos é de 3,470 metros, 24 cm maior do que na versão longa do novo Audi A8.

O elemento central do exterior é a cabine. Grandes superfícies de vidro na parte dianteira e traseira, bem como as janelas laterais significativamente convexas criam uma imagem de amplo espaço para os viajantes. Uma borda distinta corre como uma linha dura ao longo das superfícies das janelas laterais do Aicon até a coluna D – pela primeira vez no design automotivo. Esta linha enfatiza o comprimento do carro e efetivamente reduz o volume aparente da cabine em relação ao da carroceria toda. As laterais escurecidas sobem repentinamente em direção à parte traseira, fazendo com que pareça que o carro esteja mergulhando.

Os para-lamas fortemente acentuados enfatizam o DNA quattro da Audi, ao mesmo tempo em que constroem uma ponte para as últimas criações de produção dos designers da marca. As rodas gigantes de 26 polegadas são colocadas o mais para fora possível. Elas ressaltam a impressionante presença do carro.

Os designers reduziram as extremidades dianteira e traseira para um mínimo de linhas e focaram em superfícies grandes e ininterruptas. Tal como acontece com o carro-conceito Audi e-tron Sportback, a frente do Aicon apresenta o Singleframe hexagonal invertido, uma característica típica da próxima geração de carros elétricos da Audi. A silhueta acentuadamente inclinada de toda a frente evoca uma sensação de avançar – esta, também, é uma linha típica da carroceria dos carros esportivos.

Emoção e informações – a tecnologia da iluminação LED

Estão ausentes os faróis e as unidades de iluminação convencionais tanto na frente como na traseira deste carro. Em vez disso, existem superfícies de exibição totalmente digitais que compõem centenas de segmentos de pixels triangulares. São recriações tridimensionais do símbolo Audi AI.

Agrupados em torno do Singleframe estão grandes campos de luz, nos quais – como na parte traseira – mais de 600 pixels 3D estão dispostos no espaço. As grandes áreas e a alta contagem de pixels permitem versáteis imagens, animações e visualizações de informações em qualquer cor. O Audi Aicon não está mais vinculado a um estilo de luz diurna, mas pode se adaptar à situação de condução e até aos seus passageiros. A personalização é ilimitada.

Os segmentos de iluminação cortados horizontalmente para a esquerda e para a direita do Singleframe parecem olhos e podem ser expandidos para se parecerem com olhos arregalados ou apertados para um aspecto agressivo. Se o carro detecta pessoas atravessando ou outros obstáculos na estrada, ele literalmente faz contato visual com eles e os segue com seus “olhos”.

O Audi Aicon suporta seus ambientes inteligentemente e usa animações em suas superfícies de exibição para alertar os transeuntes ou ciclistas de situações perigosas. Os modos de condução, como o platooning (em grupos de veículos), a condução urbana ou a condução à velocidade de passos, podem ser visualizados. Listras horizontais de luz se movem de baixo para cima quando o carro acelera, e na direção oposta durante a frenagem. Sua velocidade aumenta ou diminui em sincronia com a do carro.

Os carros do futuro expandirão sua esfera de comunicação com o ambiente. O Audi Aicon usa módulos de projetores para iluminar a estrada e os arredores em alta resolução e projetar sinais no chão. Isso permite que ele comunique avisos e informações do veículo para as pessoas e outros seres vivos que não tenham visão direta do carro.

Uma coisa que um veículo de condução autônoma do futuro definitivamente não precisará mais são os faróis de longo alcance. O sistema de sensores de radar e laser do novo veículo também “enxerga” o suficiente, mesmo no escuro, e pode encontrar o caminho de forma confiável e detectar eventuais obstáculos a tempo. Enquanto isso, os passageiros podem usar os serviços prestados pelo myAudi ou até mesmo fechar um pouco os olhos. Quando os passageiros saem do Audi Aicon no escuro, é ativado um “ajudante de luz”: um mini drone com uma lanterna ilumina com segurança o caminho para o usuário.

Espaço, forma, função – o interior

O conceito possui portas opostas que se abrem para frente e para trás. Não existe uma coluna B. Toda a largura do interior é, portanto, exposta aos passageiros à medida que entram no carro. No interior, as linhas das superfícies decorativas e os elementos funcionais são marcadamente horizontais. Tornando-se mais leve de baixo para cima, o interior reforça a impressão de um espaço único, e a falta de um volante e de um painel clássico criam uma sensação de abertura e espaço.

Isso é destacado pelas grandes superfícies de vidro, o teto transparente e o perfil de cintura baixa. Sem mencionar a geometria especial das janelas laterais. A sua metade superior inclina-se claramente para fora, de modo que a largura máxima fique na altura dos olhos.

O interior aparenta ser especialmente grande quando os dois assentos dianteiros individuais são empurrados completamente para trás. O Audi Aicon é um 2+2 lugares. Um assento estofado de dois lugares está integrado no painel traseiro. Os dois assentos dianteiros são projetados para oferecerem o máximo conforto e a amplitude ideal. Os passageiros podem se deslocar até 50 cm para frente e para trás entre as posições máximas. Os assentos não deslizam sobre trilhos, mas sobre uma plataforma coberta por um tapete alto que pode ser movido longitudinalmente, no qual os pés dos passageiros também descansam. A altura da plataforma é variável, de modo que também pode ser usada como um apoio para as pernas. As almofadas e os encostos dos assentos podem ser ajustados de forma contínua para alcançar uma posição confortável de trabalho ou de repouso.

Os assentos individuais também podem ser girados em até 15 graus. Girar os assentos para fora torna ainda mais fácil para os passageiros entrarem. Girá-los para dentro torna mais fácil para os passageiros conversarem e interagirem. Se os passageiros se voltam para trás, os apoios de cabeça dobram-se como um colar e se transformam em braço.

A arquitetura dos assentos é a reinterpretação automotiva de uma peça de mobiliário clássica, a espreguiçadeira. A almofada e o encosto estão visualmente separados uns dos outros. Duas conchas externas suportam elementos de estofamento de cor clara que parecem travesseiros com uma superfície acolchoada. Os apoios laterais do encosto são sutilmente inclinados para fornecer suporte suficiente em curvas.

É claro que também existe espaço suficiente para a bagagem no veículo de longo curso Audi Aicon. Graças ao design que poupa espaço na unidade elétrica, existem um compartimento de armazenamento na frente e outro na traseira do veículo, com uma capacidade total de aproximadamente 660 litros. O Aicon também oferece várias opções de armazenamento no compartimento dos passageiros.

Flexível – operações e comunicações

A mudança de paradigma frequentemente citada no mundo automotivo aparece claramente no Audi Aicon. Basta um olhar para perceber que faltam todos os controles e mostradores. Volante, pedais, grupos de botões e instrumentos – nada disso. Em vez deles, somente superfícies largas e ininterruptas. Os passageiros são envolvidos pelo apoio de braços suavemente curvo ao longo das portas, que sobe ligeiramente de trás para frente. Em vez de um painel na frente deles, uma generosa prateleira e a tela central abaixo do para-brisa.

O interior vem à vida rapidamente quando os passageiros entram. Linhas iluminadas de LEDs definem acentos coloridos na área das portas. A tela dianteira acende com uma mensagem de boas-vindas. PIA, o empático assistente eletrônico do veículo, reconhece o passageiro pelo seu celular e ativa todas as configurações pessoais. Existem configurações personalizadas para o ar condicionado e a posição do assento, a cor da luz interior e o layout do sistema de infotainment. O sistema de navegação aguarda que seja dada a informação de um destino, e todos os canais de comunicação acessíveis estão prontos para uso, conectados através do padrão mais rápido disponível.

As interfaces de controle de posicionamento ​​variável no trilho da porta são novas. Dependendo da posição dos assentos, que podem ser deslocados em até 50 centímetros, os elementos de toque e a tela ergonomicamente perfeitamente posicionados estão disponíveis no envoltório digitalizado. A sua mão encontra instintivamente o caminho para os painéis de controle sensíveis ao toque. Os passageiros podem definir as configurações mais importantes tocando com os dedos sem terem que se sentar em seus assentos ou se inclinarem para a frente. A operação também é interativa. O sistema PIA está muitas vezes um passo à frente dos passageiros e oferece serviços antes que possam escolhê-los ativamente.

Existem vários modos de entrada disponíveis para se engajar com o carro. Além da camada tátil-manual, também existem o controle de voz e o rastreamento ocular, nos quais sensores na parte dianteira do interior rastreiam a direção na qual o passageiro está olhando. O passageiro olha para um elemento de controle na área da tela principal dianteira para selecioná-lo e faz ajustes finos usando sua mão ou voz.

A gama completa de serviços oferecidos pela moderna eletrônica de comunicações está disponível o tempo todo no Audi Aicon. Os viajantes podem relaxar e assistir a um filme ou navegar na web. As videoconferências são uma outra opção, assim como a interação nas redes sociais. Dependendo da posição do assento, os passageiros podem usar a grande tela frontal como a superfície de exibição ou uma imagem virtual heads-up exibida acima dela no para-brisa.

Os painéis de vidro do teto podem bloquear a luz solar, caso se deseje. Seu nível de transparência muda após a aplicação de uma tensão elétrica. Elementos de iluminação OLED integrados permitem uma precisa iluminação de disposição, ou então a iluminação uniforme do interior quando se entra ou sai do carro, por exemplo.

O Audi Aicon abre um novo mundo de mobilidade para seus passageiros. Livres das tarefas de condução, eles podem escolher como passar seu tempo no carro. Trabalhando, se comunicando ou simplesmente relaxando e até mesmo cochilando: qualquer coisa é possível enquanto o carro encontra o seu caminho de forma autônoma e segura.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)