Brasileiro de Velocidade na Terra teve etapa em Lontras

0
Postado 27 de junho de 2017 por bisponeto em Automobilismo
No fim de semana passado, o Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra (VNT) foi realizado pela primeira vez no Autódromo Alceu Feldmann, na região do Alto Vale Catarinense, na cidade de Lontras. A pista com 2.300 metros de extensão oferece um traçado técnico, com 10 curvas de alta e baixa velocidade, em um terreno com subidas e descidas, que proporcionam saltos e mergulhos incríveis dos carros de competição, e fazem o público vibrar. Não à toa, o lugar é chamado de Paraíso de Lontras.

Nesta edição, o certame nacional estendeu as inscrições para as categorias Marcas A e B, Estreante e, Turismo 5000 A e B, que disputaram nos dias 24 e 25 de junho a primeira de duas etapas em paralelo com a quarta rodada do Catarinense de Automobilismo. Já a Autocross, ou Super Fórmula, abriu a temporada em Cuiabá-MT, no início de abril e deu sequência em Lontras com 25 carros no grid. Das quatro baterias realizadas no final de semana, o piloto de Piracicaba, Celso Mello foi o mais rápido. Conquistou as duas pole positions e venceu duas corridas. O baiano Tomas Lusa alcançou uma vitória, e o brasiliense Walter Hugo a outra, fechando a segunda etapa do Brasileiro de Autocross.

Grandes pegas marcaram a etapa inicial da Marcas A e B, no Brasileiro de VNT. O pentacampeão catarinense, Fausto De Lucca largou na frente na primeira prova com 22 competidores, mas foi superado por Alan Prim, que cruzou a linha de chegada à 0s261 na frente do De Lucca. Prim venceu também segunda prova na Geral e classe A e segue para a competição final líder do campeonato, seguido por Fausto De Lucca. Na Marcas B, Juliano Diener é o vencedor da etapa brasileira, e Carlos Ehrat Jr, o segundo colocado.

Na categoria Estreante A, o piloto de São Bento do Sul-SC, Felipe Baum, foi soberano. Marcou os pontos das duas pole positions e alcançou duas vitórias. Naor Petry, de Joaçaba-SC, é o segundo colocado no Brasileirão.

O piloto de Jaraguá do Sul-SC e tricampeão da Turismo 5000, Alessandro Coelho, mantém o rendimento da temporada passada e sai na frente pelo Campeonato Brasileiro na classe A, seguido por Beto Pruner. No grupo B, Willian Jaeger é o campeão da etapa e Clovis Ewald, ocupa o segundo lugar.

A próxima rodada do Brasileiro de VNT, para a categoria Autocross, será na cidade baiana São Francisco do Conde, onde será realizada também a etapa única do Brasileiro de Speed Cross (Fusca) e Kartcross (Mini-fórmula). Já a segunda e derradeira disputa do Brasileiro de Marcas e Pilotos VNT para as categorias Marcas A e B, Estreante, Turismo 5000 A e B será cumprida junto com a Final do Autocross, no início de novembro, em Cordeirópolis.

Para Gian Pasquali, presidente da Comissão Nacional de VNT, a etapa de Lontras foi satisfatória. “Estamos iniciando um novo trabalho de trazer outras categorias para o Brasileiro de VNT. Este ano será de erros e acertos, de experiência para a próxima temporada. Esperamos que o Campeonato Brasileiro tome forma e força para que possamos realizar eventos cada vez melhores e maiores”, concluiu Gian Pasquali.

Classificação do Campeonato Brasileiro, Top 3:

Autocross após duas etapas:

1º) Celso Mello, (SP), 136 pontos;

2º) Walter Hugo, (DF), 104;

3º) Valdir Jacoboski, (MT), 89.

Marcas A:

1º) Alam Prim, (SC), 43;

2º) Fausto De Lucca, (SC), 33;

3º) Adailton Hames, (SC), 22.

Marcas B:

1º) Juliano Diener, (SC), 38;

2º) Carlos Ehrat Jr., (SC), 37;

3º) Daniel Hoffmann, (SC), 27.

Estreante:

1º) Felipe Baum, (SC), 44;

2º) Naor Petry, (SC) 32;

3º) Tarsis Hildebrando, (SC), 22.

Turismo 5000 A:

1º) Alessandro Coelho, (SC), 43;

2º) Roberto Pruner, (SC), 32;

3º) Mario Diego Broering, (SC), 14.

Turismo 5000 B:

1º) William Jaeger, (SC), 43;

2º) Clovis Ewald, (SC), 32.

Texto: Eni Alves / MTB 009698-PR

Fotos: Victor Lara


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)