Peugeot 308 THP alia luxo desempenho e economia

0
Postado 2 de junho de 2016 por bisponeto em Testes
Visando melhorar sua participação no segmento dos hatchs médios, a Peugeot realizou um facelift no 308 2016, que com novo design e boa lista de equipamentos de série ficou mais atrativo. A versão Griffe THP que avaliamos, tem preços a partir de R$ 84.490, onde o ponto forte é o potente motor 1.6 turbo de 173 cv e a nova caixa de câmbio seqüencial de seis velocidades. A nova EAT6 tem novo escalonamento de marchas e oferece os modos Sport e ECO, capaz de reduzir em até 7% o consumo de combustível.

Mas o Peugeot 308 disputa num segmento complicado, o de hatch médio, onde o mais vendido no ano passado foi o Ford Focus, com 12.910 unidades, seguido do Volkswagen Golf, com 10.063. O Cruze foi o terceiro com 9.117 emplacamentos. O 308 foi apenas quarto, mas muito atrás dos três primeiros, com 3.276 unidades. Por isso, as mudanças na linha 2016 do 308 foram importantes, com o grande pacote de equipamentos de série e preço competitivo, tem grandes chances de melhorar a performance no segmento.

A bordo

No interior, o 308 2016 recebeu acabamento em preto brilhante no console central e novos grafismos no quadro de instrumentos. O padrão dos tecidos também é novo. A cabine é espaçosa, apresenta materiais de qualidade e de bom acabamento. Ele oferece muito espaço para o motorista e passageiros. O condutor tem boa ergonomia, com ajustes de altura e profundidade no volante e controles manuais para regulagem do banco. Na versão top de linha THP Flex, o revestimento em couro perfurado dos bancos dá mais conforto aos passageiros.

Outra boa novidade é a central multimídia com tela de 7”, que agora é de série em todas as versões. O equipamento oferece GPS, Rádio, duas entradas USB, auxiliar bluetooth e espelhamento com celular, o Peugeot MyLink. Os passageiros de trás têm bom espaço para viajar e o 308 oferece ancoragem Isofix para transporte mais seguro de cadeirinhas de criança. O enorme teto solar panorâmico (fixo), de série, permite boa experiência visual, especialmente para os passageiros do banco de trás. E o porta malas comporta 430 litros.

Ao dirigir, o veículo responde muito bem aos comandos do motorista. Basta pisar fundo no acelerador, que o veículo responde muito bem. Porém, como agora é flex, o THP bebe mais do que o a gasolina. Mas utilizando o modo ECO, se proprietário “pisar leve”, consegue bons índices de consumo. A suspensão é focada na estabilidade. Mesmo em curvas fechadas, o carro transmite segurança e não canta os pneus. Porém, repassa um pouco as irregularidades do piso para os passageiros.

O pacote de segurança é bem recheado. São seis airbags (duplo frontal, laterais e de cortina) desde a versão mais básica. Nesta versão, também oferece controles eletrônicos de estabilidade e tração, sensores crepuscular e de chuva. Há também sensores dianteiros e traseiros de estacionamento e câmera de ré. No geral, o novo Peugeot 308 THP agrada pelo conforto, desempenho e economia, devendo ganhar novos adeptos pela boa relação custo/benefício.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)