Marca Jeep é lançada na Índia

0
Postado 5 de fevereiro de 2016 por bisponeto em Automóveis
A crescente presença internacional da Jeep marcou uma nova etapa hoje, quando a marca foi lançada na Índia, no Salão do Automóvel de Nova Délhi. Com uma linha de três SUVs – Jeep Wrangler Unlimited, Jeep Grand Cherokee e o modelo de alto desempenho Jeep Grand Cherokee SRT –, as vendas vão começar em meados de 2016, ano em que se celebra o aniversário de 75 anos da marca.

“Nossa expansão agressiva nos mercados internacionais é uma das principais razões para nosso atual impulso de vendas global”, disse Mike Manley, presidente mundial da marca Jeep. “No ano passado, começamos a produção local no Brasil e na China, e hoje estamos lançando a marca Jeep no quinto maior mercado do mundo, a Índia, estabelecendo a base para nosso futuro crescimento nesse país”.

A Jeep chega à Índia em um momento de recordes de venda e expansão contínua em mercados fora do seu lar norte-americano. A marca registrou venda de mais de 1,2 milhão de unidades em todo o mundo em 2015 – maior em seus 75 anos de história – estabelecendo um recorde global pelo quarto ano consecutivo.

Além disso, para aprofundar as raízes na Índia, a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) anunciou no ano passado sua intenção de investir aproximadamente US$ 280 milhões na joint venture da FCA India Automobiles Private Limited com a Tata Motors Limited. O investimento na instalação da fábrica em Ranjangaon vai apoiar a produção de um novo veículo Jeep, prevista para ser iniciada em 2017.

“A Jeep tem sido uma das marcas de SUV mais aguardadas na Índia e está entrando nesse mercado importante no mesmo ano em que celebra o seu 75º aniversário. O segmento de SUVs testemunha um crescimento robusto de 22% nos últimos cinco anos na Índia, e esperamos que ele cresça exponencialmente no futuro, criando um ambiente perfeito para a lendária marca Jeep”, disse Kevin Flynn, presidente da FCA India.

Os Jeep Wrangler Unlimited e Grand Cherokee serão vendidos com motores a diesel e a gasolina através de uma rede de concessionárias localizadas nos principais centros metropolitanos.

 


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)