Produção de veículos cai 6,7% em setembro

0
Postado 8 de outubro de 2014 por bisponeto em Automóveis
Dados divulgados pela Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) nesta segunda-feira (6 de outubro), a produção de carros, caminhões e ônibus no Brasil recuou 6,7% em setembro deste ano em comparação com o mesmo mês de 2013,
Foram produzidas 300,8 mil unidades em setembro de 2014, número inferior em relação às 322,4 mil unidades do mesmo mês em 2013. Comparado a agosto passado, quando 264,6 mil unidades foram produzidas, houve crescimento de 13,7%. De janeiro a setembro de 2014, 2,38 milhões de veículos foram fabricados no Brasil, o que representa queda de 16,8%, em relação ao mesmo período do ano passado, quando 2,87 milhões foram produzidas.
“O crescimento em relação a agosto ocorreu devido aos lançamentos das fabricantes”, disse Luiz Moan, presidente da Anfavea. “Ainda precisamos esperar o próximo mês, mas o vetor agora aponta para crescimento, tanto é que setembro foi melhor que agosto em produção e licenciamento. As medidas de estímulo ao crédito começaram a surtir efeito ao longo do mês e esperamos que se intensifiquem ainda mais no último trimestre do ano”, acrescentou.
Em setembro, foram licenciados 296,3 mil unidades no País, de acordo com a Anfavea. O número representa queda de 4,4%, em relação às 309,9 mil unidades do mesmo mês de 2013. Comparado a agosto, quando 272,5 mil veículos foram produzidos, ocorreu crescimento de 8,7%.
Exportações
As exportações apresentaram queda de 41,2% em setembro de 2014, com 26.724 unidades, frente aos 45.441 veículos no mesmo mês do ano passado. Em comparação a agosto, que obteve, 31.668 unidades exportadas, a redução foi de 15,6%. No ano, o acumulado de exportações é de 262.007 unidades, com queda de 38,5%, em relação ao mesmo período do ano passado, que alcançou 425.948 unidades. “Um dos principais motivos para a queda nas exportações foi a baixa de vendas para a Argentina”, afirma Moan.

0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)