METROPOLITANO: Domingo quente com boas corridas no AIC

0
Postado 12 de outubro de 2014 por bisponeto em Automobilismo
O domingo (12/10) foi quente em Curitiba, durante as disputas das corridas da 7.ª etapa do Metropolitano de Curitiba e terceira rodada do Paranaense de Marcas e Pilotos 2014, no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), em Pinhais (PR). A etapa foi disputada nas categorias Marcas “A”, “B” e Sênior, Turismo “A” e “B” e Fórmula Premium, com a promoção e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).
– Turismo 1.6 –
A primeira prova das categorias Turismo 1.6 abriu o dia de velocidade no AIC, às 10h15, com 26 participantes, o pole position Felipe Lobo manteve a liderança na largada, seguido de perto por Carlos Vaz, Richard Heidrich, Mitsui Duzanowski, Rafael Lupatini, Ruslan Carta Filho, Fernando Lira, Beto Baú, Roberto Bonato e Eduardo Pavelski. Com o bom rendimento do carro Ruslan Carta Filho assumiu a quarta posição na primeira volta, pulando para o 3.º lugar na volta seguinte. Felipe Lobo, Richard Heidrich e Ruslan Carta Filho se firmaram nas três primeiras posições deixando a “briga” para o segundo pelotão. Bom “pega” entre Carlos Vaz, Rafael Lupatini e Stive Tokarski pela quarta posição. Ao fim de 20 voltas, vitória de Felipe Lobo na Geral e na Turismo 1.6 “A”, com tempo total de 34min31s963, seguido de Richard Heidrich, a 6s745, Ruslan Carta Filho, a 11s997, Carlos Vaz, a 12s827, Rafael Lupatini, a 13s425, e em sexto lugar, Rodrigo Tassi, a 38s508. Na Turismo 1.6 “B”, vitória de Eduardo Pavelski, com tempo de 34min46s636, com Fernando Lira em segundo, a 1s525, Júnior Niju em terceiro, a 13s358, Danny Berte Jr em quarto, a 23s402, Sílvio Torres em quinto, a 36s004, e, José Pederneiras em sexto, a 38s951.
Na parte da tarde, a segunda corrida das categorias Turismo 1.6 aconteceu a partir das 15h05, com Billy Gabardo largando na pole position e perdendo a liderança da prova para Richard Heidrich caindo para o quarto lugar. Na primeira volta os seis primeiros colocados eram Richard Heidrich, Ruslan Carta Filho, Marcelo Cordeiro, Billy Gabardo, André Gaggini e Danny Berte Jr. Bom “pega” pela liderança da prova entre Heidrich e Ruslan Filho até a sétima volta. Depois disso Ruslan Filho perdeu duas posições, caindo para a quarta posição. Billy Gabardo assumiu a liderança da prova na 11.ª volta, onde permaneceu até a bandeirada final. Depois de 20 voltas completadas, vitória de Billy Gabardo na Geral e na Turismo 1.6 “A”, com tempo total de 34min31s754, seguido de Richard Heidrich, a 2s780, Ruslan Carta Filho, a 16s342, Marcelo Cordeiro, a 23s950, Rodrigo Tassi, a 27s150, e, em sexto lugar, André Neto, a 1min14s620. Na Turismo 1.6 “B”, venceu André Gaggini, com tempo de 34min35s680, tendo Júnior Niju em segundo, a 21s811, Mitsui Duzanowski em terceiro, a 29s630, Rafael Bastos em quarto, a 30s827, Willians Peres em quinto, a 51s342, e, José Pederneiras em sexto, a 51s966. Mitsui Duzanowski marcou a volta mais rápida das duas provas, na 11.ª passagem da segunda corrida, com o tempo de 1min42s421, à média de 130,051 km/h.
– Fórmula Premium –
Reunindo seis carros em seu grid a categoria Fórmula Premium, foi para a primeira prova, às 11h15, com o pole position Edson Ferreira mantendo a liderança na largada, seguido de Dário Lintz, Renan Pitrowski, Luiz Abbade e Alex Morais. Edson Ferreira liderou por oito voltas, quando passou a ter problemas e abandonou a corrida na volta seguinte. Renan Pietrowski assumiu a primeira posição, onde permaneceu até a bandeirada final. Ao fim de 15 voltas, vitória de Renan Pietrowski, na Geral e Fórmula Premium Light, com tempo de 22min04s169, seguido de Luiz Abbade, a 4s315. Na Fórmula Premium venceu Thiago Muriel, com tempo total de 22min20s754, tendo Agostinho Setti em segundo lugar, a 43s972. Na segunda prova das categorias Fórmula Premium, somente com quatro carros, Renan Pietrowski largou na frente e venceu de ponta a ponta, sem tomar conhecimento de seus adversários. Depois de 15 voltas, nova vitória de Renan Pietrowski na Geral e Fórmula Premium Light, com tempo total de 21min50s247, seguido de Edson Ferreira, a seis voltas. Na Fórmula Premium venceu Thiago Muriel, com tempo de 22min10s244, tendo Agostinho Setti em segundo, a 14s790. A volta mais rápida das provas realizadas foi de Edson Ferreira, na 5.ª passagem da segunda prova, com o tempo de 1min25s523, à média de 155.748 km/h.
– Marcas –
Com sol forte, a largada da segunda prova das categorias Marcas “A”, “B” e Sênior, aconteceu às 12h05, com Davi Dal Pizzol que largou na pole position mantendo a liderança, seguido de perto por Andrei carta, Marcel Sedano, Valmor Emílio, José Cordova e Wanderlei Berlanda Jr. Na segunda volta Marcel Sedano assumiu o segundo lugar, com Valmor Emílio em terceiro e Wanderlei Berlanda Jr em quarto. Na quinta volta, Valmor Emílio assumiu o segundo lugar e passou a acelerar forte às “caça” do líder. Na 12.ª volta Valmor Emílio assumiu a liderança e passou a travar bom “pega” com Davi Dal Pizzol pelo primeiro lugar. Ao fim de 20 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” foi de Valmor Emílio Weiss, com tempo total de 34min03s850, seguido de Davi Dal Pizzol, a 1s620, Andrei Carta, a 10s136, Marcel Sedano, a 14s464, Wanderlei Berlanda Jr, a 17s325, e, Luiz Filgueiras, a 29s386. Na Marcas “B” venceu Erbano Alves, no tempo total de 34min30s505, com Valter Júnior em segundo, a uma volta, e, Marcos Oconha em terceiro, a duas voltas. E na Marcas Sênior, vitória de José Cordova, com tempo de 34min24s596, vindo a seguir Celso Mancia, a 46s220, Gilberto Borges, a 52s129, Klaus Rauscher, a uma volta, e, Beto Cazuni, a três voltas. A volta mais rápida da prova foi de Valmor Emílio Weiss, na 4.ª passagem, com o tempo de 1min41s319, à média de 131,466 km/h.
A oitava etapa do Metropolitano de Curitiba de Marcas e Pilotos 2014 está marcada para os dias 7, 8 e 9 de novembro, no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC).


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)