Novo Kia Soul está chegando

0
Postado 31 de agosto de 2014 por bisponeto em Automóveis
Depois de lançado na Coréia do Sul, na Europa e nos Estados Unidos (onde foi desenhado, na Califórnia), o Kia Soul 2015 (de segunda geração) está chegando ao Brasil, e com mudanças. É, por assim dizer, um outro carro. O novo Kia Soul está maior (e, conseqüentemente, mais espaçoso) e mais equipado. A má notícia: seu preço no mercado brasileiro saltou da faixa de R$ 70.000,00 para R$ 90.000,00.

Ao reposicioná-lo num patamar superior, a Kia fez uma aposta arrojada. Agora, o Kia Soul é um modelo “Premium” e seus concorrentes, e de acordo com a marca, são nada menos que M-Benz Classe A, Audi A1, Mini Cooper e Peugeot 3008, todos com valores acima de R$ 85.000. O Soul EX custa R$ 88.900. O EX com teto solar panorâmico sai por R$ 92.900. Como reagirão os donos de Soul, que terão seus carros desvalorizados, ou aqueles que tinham dinheiro contado para comprar um?

“O carro cresceu e ganhou mais tecnologia. Além disso, há o valor alto de IPI. Impossível não repassar ao preço final para fechar essa conta.” disse o presidente da Kia do Brasil, José Luiz Gandini.  A reação do consumidor será conhecida em breve. O novo Soul está chegando à rede de 142 concessionárias da Kia no País. Não se deve esperar um estouro nas vendas, mesmo porque ele se transformou num modelo de nicho. Hoje, os automóveis que custam na faixa de R$ 85.000.00 respondem por 6,80% do mercado nacional. É nesse briga que a Kia entrará.

Com a nova engenharia adotada, a Kia diz que o Soul ficou duas vezes mais resistente e ganhou 28,7% em rigidez torcional, o que melhora o desempenho e o conforto. O motor é o mesmo 1.6 16V flex, que gera 122 cv (com gasolina) e 128 cv (com etanol). Esperto na versão anterior, agora ele ganhou um trabalho extra: suportar os 105 kg que a Kia acrescentou ao seu peso (de 1.287 kg para 1.392 kg). O motorista pode optar entre três modos de direção: “confort”, normal e “Sport”, selecionados por um botão no volante.  As duas versões são muito bem equipadas. Entre os itens, destacam-se ar-condicionado digital com ionizador, câmbio automático de seis velocidades, acabamento em couro, sistema “start stop”, banco do motorista com regulagem de altura, seis “airbags”, “cruise control” e até um filtro contra raios ultravioleta nos vidros.

E seu sistema de som My Music possui uma tela “touch screen” de 4,3” e com memória de 800 mega. A diferença entre os dois Soul é a presença do teto solar.  Agora, a marca espera vender 600 carros até o fim do ano. “Precisamos ter um marketing muito eficiente para conquistar o novo perfil do Soul e manter os clientes que possuem o carro”, afirma Ary Jorge Ribeiro, diretor de vendas da Kia. Resta saber se as mudanças de nível e de preço atrairão velhos e novos clientes.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)