Metropolitano de Curitiba: Provas de oito categorias marcam 5.ª etapa

0
Postado 24 de agosto de 2014 por bisponeto em Automobilismo
Em mais um fim de semana (23 e 24/8) quente em Curitiba, foi realizada com sucesso a 5.ª etapa do Campeonato Metropolitano de Curitiba de Marcas e Pilotos 2014, no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC). A etapa foi disputada nas categorias Marcas “A”, “B” e Sênior, Turismo 5000 “A”, Turismo 1.6 “A” e “B”, e, Fórmula Premium/Light, com promoção e organização da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA). Junto ao evento aconteceu ainda duas provas da Sprint Race e Spider Race.

– Grids de largada –

Durante os treinos classificatórios que definiram os grids de largada, os três primeiros por categoria foram: Marcas “A”: Davi Dal Pizzol (SC), 1min40s462; 2.º) Valmor Emílio Weiss (PR), 1min40s824; 3.º) Andrei Carta/Ruslan Carta Filho (PR), 1min40s830. Marcas “B”: 1.º) Marcelo Cancelli (SC), 1min41s485; 2.º) Fausto de Lucca (SC), 1min42s030; 3.º) Elberto Alves/Rafael Bastos (SC), 1min42s081. Marcas Sênior: 1.º) Algacir Sermann Filho/Beto Cazuni (PR), 1min41s013; 2.º) Marcos Ramos/José Cordova (PR), 1min41s240; 3.º) Luiz Ferreira/Toninho Espolador (PR), 1min41s617. Turismo 5000 “A”: 1.º) Richard Heidrich (SC), 1min34s776; 2.º) Marco Antonio Garcia (PR), 1min34s855; 3.º) Maurício Reuter (SC), 1min35s112. Turismo 1.6 “A”: 1.º) Billy Gabardo/Felipe Lobo (PR/SC), 1min41s415; 2.º) Stive Tokarski (PR), 1min41s457; 3.º) Andrei Carta/Ruslan Carta Filho (PR), 1min41s792. Turismo 1.6 “B”: 1.º) Mitsui Duzanowski (SC), 1min41s774; 2.º) Felipe Santos/André Gaggin (SC), 1min42s244; 3.º) Danny Berte Jr (SC), 1min42s337.

– Marcas –

            Reunindo 22 carros em seu grid, a largada da primeira bateria das categorias Marcas “A”, “B” e Sênior, teve o pole position Davi Dal Pizzol mantendo a liderança da prova na primeira volta, seguido de Valmor Emílio Weiss, Ruslan Carta Filho, Beto Cazuni, Jorge Martelli, Eduardo Berlanda, José Cordova, Yukio Duzanowski, Pierre Sabbag e Marcelo Cancelli. A “briga” era boa entre os seis primeiros nas primeiras voltas, com Valmor Emílio abandonando por quebra logo na primeira volta. Na 10.ª volta, o safety car entrou na pista para que um carro acidentado fosse removido. Na relargada, José Cordova assumiu a liderança, brigando por duas voltas com Davi Dal Pizzol pelo primeiro lugar. Ao fim de 19 voltas, a vitória na Geral e Marcas Sênior foi de José Cordova, com tempo total de 33min15s027, seguido de Beto Cazuni, a 10s398, Braz Neto, a 41s580, Karl Rauscher, a duas voltas, e em quinto lugar, Evandro Maldonado, a quatro voltas. Na Marcas “A” venceu Ruslan Carta Filho, com o tempo de 34min15s868, com Davi Dal Pizzol em segundo, a 1s331, Jorge Luiz Martelli em terceiro, a 9s403, Yukio Duzanowski em quarto, a 11s630, Rafael Moreno em quinto lugar, a uma volta, e, Diego Pardo em sexto, a duas voltas. E na Marcas “B”, vitória de Fausto de Lucca, com tempo de 33min29s435, vindo a seguir Cláudio Simão, a 0s391, Jones Salvaro, a 3s575, Fernando Miranda, a 9s363; Rafael Bastos, a dez voltas, e em sexto lugar, Marcelo Cancelli, a onze voltas.

Na largada da segunda prova das categorias Marcas “A”, “B” e Sênior, Marcos Ramos largou na pole position, mas perdeu a “ponta” da prova na primeira volta para Davi Dal Pizzol, Andrei Carta e Jorge Luiz Martelli, caindo para o quarto lugar. Pizzol foi abrindo vantagem, deixando a “briga” pelo segundo lugar entre Andrei Carta e Jorge Luiz Martelli, seguidos de Marcos Ramos, Fausto de Lucca, Pierre Sabbag, Yukio Duzanowski e Vinícius Simão. Grande prova de recuperação de Valmor Emílio Weiss, que largou da 20.ª posição e terminou a prova em quarto lugar. Ao fim de 20 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” foi de Davi Dal Pizzol, com tempo total de 32min55s234, seguido de Jorge Luiz Martelli, a 2s738, Andrei Carta, a 7s009, Valmor Emílio Weiss, a 11s571, Pierre Sabbag, a 15s521, e, Eduardo Berlanda, a 15s839. Na Marcas “B” venceu Fausto de Lucca, com Marcelo Cancelli em segundo, a 0s764, Vinícius Simão em terceiro, a 15s981, Elberto Alves em quarto, a 21s430, e, Fernando Miranda em sexto, a 40s286. E na Marcas Sênior, vitória de Marcos Ramos, vindo a seguir Algacir Sermann Filho, a 11s310, Karl Rauscher, a uma volta, Evandro Maldonado, a seis volta, e, Luiz Ferreira, a dez voltas. A volta mais rápida das duas provas foi de Davi Dal Pizzol, na 2.ª passagem da primeira corrida, com o tempo de 1min40s278, à média de 135,164 km/h.

– Turismo 5.000 –

            Na prova da categoria Turismo 5000 “A”, a primeira corrida de 15 voltas teve nove participantes e muitas disputas em vários pontos da pista. O pole position Richard Heidrich perdeu a liderança na largada para Maurício Reuter, caindo para o segundo lugar e travando bom “pega” com Maurício Reuter e Marco Antonio Garcia pela liderança da prova. Na sexta volta, Marco Antonio Garcia rodou e perdeu várias posições, tendo que começar prova de recuperação. Com isso, Odair Costa Jr assumiu o terceiro lugar, entrando na “briga” pelas primeiras posições. Ao fim de 15 voltas, vitória de Maurício Reuter, na Turismo 5.000 “A”, com tempo de 24min13s435, seguido de Odair Costa Jr, a 1s605, Richard Heidrich, a 2s268, Marco Antonio Garcia, a 2s733, Marco Aurélio Garcia, a 8s300, e, Anderson Andrade, a 9s043.

A segunda prova da categoria Turismo 5000 “A”, que largou com o grid invertido foi repleta de emoção até a bandeirada final. Na largada, o pole position Rubens Kliewer perdeu a liderança na largada, e na primeira volta os seis primeiros eram Anderson Andrade, Armin Kliewer, Maurício Reuter, Odair Costa Jr, Marco Antonio Garcia, RRibens Kliewer e Richard Heidrich. Na quarta volta, a liderança ainda era de Anderson Andrade, passando a receber pressão de Maurício Reuter e Marco Antonio Garcia, “briga” esta que durou até a bandeirada final. Ao fim de 15 voltas, vitória de Anderson Andrade na Turismo 5.000 “A”, com tempo de 24min13s462, seguido de Maurício Reuter, a 8s356, Marco Antonio Garcia, a 8s820, Marco Aurélio Garcia, a 10s799, Odair Costa Jr, a 16s152, e, Armin Kliewer, a 17s394. A volta mais rápida das duas provas foi de Marco Antonio Garcia, na 10.ª passagem da primeira corrida, com o tempo de 1min35s440, à média de 142.016 km/h.

– Turismo 1.6 –

            As categorias Turismo 1.6 “A” e “B”, com 28 participantes, contou com o maior grid da etapa, teve a primeira prova muito disputada nas duas categorias. Felipe Lobo manteve a liderança na largada, seguido de Stive Tokarski, Mitsui Duzanowski, Andrei Carta, Marcelo Cordeiro e Beto Baú. Felipe Lobo foi abrindo vantagem, deixando a “briga” no segundo pelotão entre Stive Tokarski, Mitsui Duzanowski e Andrei Carta. Grande corrida de Jones Salvaro, que largou da 22.ª posição e chegou em 7.º lugar na Geral. Depois de 20 voltas, vitória de Felipe Lobo na Geral e Turismo 1.6 “A”, com tempo total de 34min11s882, seguido de Stive Tokarski, a 5s841, Andrei Carta, a 22s916, Richard Heidrich, a 42s838, Rafael Lupatini, a 44s988, e em sexto lugar, Ariel Barranco, a 1min27s321. Na Turismo 1.6 “B” venceu Mitsui Duzanowski, com tempo de 34min18s144, com André Gaggini em segundo, a 19s618, Roberto Bonato em terceiro, a 36s175, Eduardo Pavelski em quarto, a 36s530, Daniel Bastos em quinto, a 41s109, e José Pederneiras em sexto, a 1min00s917.

Muita disputa também na segunda prova das categorias Turismo 1.6, com Billy Gabardo mantendo a liderança na largada, seguido de perto por Stive Tokarski, Felipe Lira, Ruslan Carta Filho, Rafael Bastos, Roberto Bonato, Richard Heidrich, Alexandre Frankemberger, Eduardo Pavelski e José Pederneiras. Ao fim de 20 voltas, vitória de Billy Gabardo na Geral e na Turismo 1.6 “A”, com tempo total de 34min13s529, seguido de Stive Tokarski, a 0s659, Carlos Vaz, a 30s336, Rodrigo Kostin, a 30s484, Richard Heidrich, a 31s731, e em sexto lugar, Alexandre Frankemberger, a 54s505. Na Turismo 1.6 “B”, vitória de Roberto Bonato, com tempo de 34min42s247, com Felipe Lira em segundo, a 0s309, Wilians Peres em terceiro, a 12s048, Ernani Resende Kuhn em quarto, a 12s123, Rafael Bastos em quinto, a 17s762, e, José Pederneiras em sexto, a 23s728. A volta mais rápida das duas provas foi de Felipe Lobo, na 5.ª passagem da primeira corrida, com o tempo de 1min41s684, à média de 133,295 km/h.

A sexta etapa do Metropolitano de Curitiba de Marcas e Pilotos 2014 está marcada para os dias 19, 20 e 21 de setembro, no Autódromo Ayrton Senna, em Londrina, no Norte do Paraná.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)