Beto Monteiro volta ao topo do pódio na F-Truck

0
Postado 17 de agosto de 2014 por bisponeto em Automobilismo
O Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck conheceu neste domingo o segundo vencedor da temporada de 2014. Depois de vitórias de Leandro Totti nas cinco corridas disputadas até então, foi o pernambucano Beto Monteiro, da Scuderia Iveco, o primeiro a cruzar a linha de chegada no GP Aquarius Hotel, sexta etapa da temporada. A corrida aconteceu no Autódromo Internacional Oswaldinho de Oliveira, na cidade de Santa Cruz do Sul (RS).

Largando da pole position, Monteiro liderou todas as 24 voltas da prova. O paranaense Wellington Cirino foi segundo colocado pela terceira vez no ano com o Mercedes-Benz da ABF-Santos Desenvolvimento. O pódio teve ainda os paulistas André Marques e Felipe Giaffone, pilotando caminhões Volkswagen-MAN e MAN da RM Competições/MAN Latin America, e o paranaense Jansen Bueno, que terminou em quinto, seu melhor resultado na categoria.

A CORRIDA

Na largada, Roberval Andrade, terceiro no grid, assumiu a vice-liderança ultrapassando Wellington Cirino, enquanto Beto Monteiro manteve-se à frente e começou a abrir vantagem. O caminhão de Débora Rodrigues rodou na pista em meio à disputa por posição momentos antes de João Maistro abandonar com problemas mecânicos. Na segunda volta, Geraldo Piquet e Djalma Fogaça receberam punições por excesso de velocidade no ponto do radar.

Leandro Totti, líder invicto do campeonato, largou em 24º por também ter excedido o máximo de 160 km/h em sua volta durante o treino classificatório de sábado (16). Já ocupava o 12º lugar na quarta volta, quando a prova teve a primeira intervenção da bandeira amarela e do Pace Truck por conta da quebra do Scania de Roberval Andrade, que ficou parado na pista. Dada a relargada, Totti fez mais duas ultrapassagens e entrou no grupo dos dez primeiros.

A segunda intervenção do Pace Truck deu-se a um terço de corrida, por força do regulamento desportivo. Monteiro, Cirino, Giaffone, Paulo Salustiano e André Marques ocupavam as cinco primeiras posições e receberam pontos de bonificação no campeonato – Monteiro, que já havia marcado um ponto pela pole position, receberia também o ponto extra por ter feito a volta mais rápida da corrida, assinalada na décima em 1min42s653, a 123,795 km/h de média.

Dada a relargada após a neutralização, Totti superou Diogo Pachenki e passou a figurar em sexto e passou a pressionar Marques, que tentava tomar a quarta posição de Paulo Salustiano. Totti e Salustiano acabaram envolvidos em um acidente na 12ª volta. O líder do campeonato abandonou a prova por conta das avarias no caminhão; o paulista voltaria à pista depois de trocar um pneu estourado, para abandonar a prova definitivamente quatro voltas mais tarde.

Com o caminhão de Salustiano parado no traçado, o Pace Truck foi acionado pela terceira vez. Na relargada, Monteiro abriu vantagem sobre Cirino para se manter na primeira posição. O resultado da corrida, a partir de então, definiu-se em duas ultrapassagens. Jansen Bueno superou Pachenki na 16ª volta para terminar em quinto e subir ao pódio pela primeira vez; na 20ª, Marques superou Giaffone e assumiu em definitivo a terceira posição. Próxima etapa 14 de setembro, Córdoba, na Argentina.

Após 24 voltas, o resultado final do GP Aquarius Hotel em Santa Cruz do Sul foi o seguinte:
1º) Beto Monteiro (PE/Iveco), Scuderia Iveco, 1h01min23s931;
2º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF-Santos Desenvolvimento, a 1s491;
3º) André Marques (SP/Volkswagen), RM Competições, a 10s418;
4º) Felipe Giaffone (SP/MAN), RM Competições, a 11s750;
5º) Jansen Bueno (PR/Scania), Muffatão, a 24s256;
6º) Valmir Benavides (PR/Iveco), Scuderia Iveco, a 27s488;
7º) Marcello Cesquim (PR/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, a 27s764;
8º) Adalberto Jardim (SP/Volkswagen), RM Competições, a 30s420;
9º) Gustavo Magnabosco (SC/Volvo), ABF Motorsport, a 30s854;
10º) Diogo Pachenki (PR/Volvo), Copacol Clay Truck Racing, a 31s726;
11º) Ronaldo Kastropil (SP/Mercedes-Benz), Santa Carolina Racing Team, a 33s005;
12º) Danilo Dirani (SP/Scania), Ticket Car-Corinthians Motorsport, a 34s974;
13º) Luiz Lopes (SP/Iveco), Lucar Motorsports, a 46s241;
14º) Débora Rodrigues (SP/Volkswagen), RM Competições, a 51s946;
15º) Michelle de Jesus (SP/Volvo), ABF Motorsport, a 56s100.

(Fotos: Orlei Silva).


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)