Grupo Le Lac apresentou linha Premium Peugeot

0
Postado 11 de dezembro de 2012 por bisponeto em Salões
O estande do Grupo Le Lac no 15.º Salão do Automóvel de Curitiba estava repleto de atrações. Além do protótipo do novo Peugeot 208, que será lançado em abril de 2013 e que chamou a atenção dos visitantes do Salão, estavam em destaque também o 308, 408, 508, 3008 e o RCZ, todos equipados com o novo motor 1.6L THP (Turbo High Pressure), com 165 CV de potência e com a moderna caixa de câmbio automática seqüencial de seis velocidades.

Motorização eficiente

Todos os modelos da linha Premium da Peugeot (RCZ, 3008, 508, 408 e 308), estão equipados com o consagrado powertrain que reforça sua inserção na tendência internacional de downsizing de motores, que contempla boa performance e baixos níveis de consumo e emissão de poluentes. Referência em tecnologia, o motor Turbo High Pressure (THP), fabricado com bloco em alumínio, é extremamente leve e foi desenvolvido em cooperação com a BMW.

Alimentado por um sistema de injeção direta de gasolina, o propulsor de 1.598 cm3 de cilindrada e cabeçote composto de 16 válvulas com comando de admissão variável, com balancins roletados que desenvolve 165 CV de potência a 6.000 rpm. O torque máximo é de 24,5 mkgf, disponível à incrível marca de 1.400 rpm, oferece ao condutor força e segurança em ultrapassagens e agilidade nas retomadas de velocidade nos deslocamentos urbanos, por exemplo.

Caixa de câmbio moderna

Atrelada a essa motorização, o veículo dispõe de uma caixa automática seqüencial de seis velocidades. Trabalhando sempre com o melhor regime de rotação do motor, ela permite uma rápida e suave troca de marchas, contribuindo em boa parte ao grande prazer de condução proporcionado pelo modelo. Essa comodidade é ampliada pela presença do paddle shift (apenas no 508), dispositivo localizado atrás do volante que possibilita a mudança seqüencial de marchas.

Outro fator importante na caixa automática é que o conversor de torque utilizado, também é pilotado (elemento responsável pela ligação entre o motor e a caixa), proporcionando uma condição de tráfego mais seguro principalmente em reduções. Neste tipo de conversor, uma embreagem interna efetua a ligação mecânica entre o motor e a caixa, gerando o dito efeito de “freio motor”. Assim, o condutor tem a mesma sensação de um carro equipado com caixa de velocidades mecânica: ao retirar o pé do pedal do acelerador, o veículo “freia” pelo motor. Por conseqüência, há maior economia de combustível, visto que o bloco, nestas condições, não injeta uma gota sequer de gasolina para ser queimada, e também economia de freios, pois o condutor utiliza uma energia que estaria então sendo desperdiçada.

Visitas ilustres

A convite do empresário Marcos Ramos, diretor presidente do Grupo Le Lac, estiveram na quinta-feira passada (6/12), no estande da marca no Salão do Automóvel de Curitiba, Cristiano Lourenço, diretor do Regional Sul Peugeot e Adriano Souza, gerente do Regional Peugeot do Paraná. Na oportunidade Marcos Ramos recebeu também a imprensa especializada de Curitiba, onde destacou a importância da renovação da linha e a chegada do novo 208.

“A Peugeot está com uma linha Premium completa, incluindo um compacto, sedã, SUV e esportivo, que tem motorização potente e cambio seqüencial de seis marchas de última geração. Certamente essa linha vai ser sucesso de vendas em todo o País. Mas o que chamou a atenção do público no Salão de Curitiba foi o novo 208, que chagará às revendas em meados de abril de 2013. Todos entravam no modelo, queriam saber quando chegava à revenda e muitos fizeram cadastro de pré-compra. Pelo visto, ele também acompanhará o sucesso de vendas que foram seus antecessores, o 206 e 207”, declarou o empresário Marcos Ramos.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)