GT3 Brasil: Wagner e Fábio ficam em 6.º lugar na 2.ª corrida

0
Postado 18 de novembro de 2012 por bisponeto em Automobilismo
O domingo (18/11) não foi bom para os irmãos Wagner e Fábio Ebrahim (Alfacell Pilhas/Be Happy), durante a segunda corrida da 6.ª etapa do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo 2012, a GT3 Brasil, realizada no Autódromo Internacional de Campo Grande (MS). Largando do terceiro lugar do grid, Fábio Ebrahim conseguiu se manter na posição até a 16ª volta, quando entrou nos boxes para efetuar a troca de pneus e pilotos. Wagner Ebrahim retornou à pista em segundo lugar, onde se manteve até a penúltima volta, quando seu carro se tocou com o de Leo Burti e o Audi R8 LMS rodou perdendo várias posições.

Na largada, Fábio Ebrahim se manteve em terceiro lugar, travando bom “pega” pela segunda posição, com Rafael Derani nas cinco primeiras voltas. Cleber Faria abriu um pouco de vantagem na liderança, deixando Rafael Derani e Fábio Ebrahim administrando as suas posições de corrida. Na 16ª volta, Cleber Faria, Rafael Derani e Fábio Ebrahim foram para os boxes para efetuar a troca de pneus e pilotos. “Nosso carro tinha um bom rendimento e consegui manter o terceiro lugar na minha tocada. Até tentei pressionar o Rafael Derani para assumir a segunda posição, mas não consegui superar a Ferrari”, disse Fábio Ebrahim.

Depois de um excelente trabalho da equipe Ebrahim Motors, Wagner Ebrahim retornou à pista em 2.º lugar e sem condições de ir buscar a liderança da prova, travou bom “pega” Cláudio Ricci pela vice liderança. Na 20ª volta, Wagner perdeu a posição para Ricci, mas recuperou-se na 24ª volta, com a quebra de Cláudio Ricci. Com o segundo lugar garantido o piloto passou a administrar a posição, mas na penúltima volta, seu carro foi “tocado” pelo de Leo Burti, rodando e caindo para o sexto lugar. “Vínhamos fazendo uma grande corrida e certamente conquistaríamos o segundo lugar. Mas o Leo Burti me atrapalhou por meia volta e quando eu coloquei o carro por dentro ele fechou a porta, me fazendo rodar. Agora vamos correr em Cascavel”, concluiu Wagner Ebrahim (Alfacell).

– Resultado –

Ao fim de 32 voltas, o resultado final da 2.ª corrida da quinta etapa do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo 2012, na categoria GT3 foi o seguinte: 1.º) Duda Rosa/Cleber Faria (M-Benz SLS AMG, RS/SP), com tempo de 50min11s519; 2.º) Sérgio Jimenez/Paulo Bonifácio (M-Benz SLS AMG, SP), a 10s049; 3.º) Allan Khodair/Marcelo Hahn  (Lamborghini LP600, SP), a 18s461; 4.º) Cacá Bueno/Cláudio Dahruj  (BMW Z4 GT3, SP), a 21s050; 5.º) Renan Guerra/Vanuê Faria  (M-Benz SLS AMG, SP), a 21s743; 6.º) Wagner Ebrahim/Fábio Ebrahim (Audi R8 LMS, PR), a22s030; 7.º) Valdeno Brito/Constantino Júnior  (BMW Z4 GT3, PB/SP), a 35s543; e em 8.º) Fernando Croce/Daniel Croce (Chevrolet Corvette, SP), a uma volta. A dupla Marcelo Hahn/Allan Khodair marcou a volta mais rápida da prova, na 18.ª passagem, com o tempo de 1min24s821, à média de 148,71 km/h. A sétima e próxima etapa está marcada para os dias 1º e 2 de dezembro, em Cascavel (PR).

 


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)