GT3 Brasil: Irmãos Ebrahim foram bem em Campo Grande

0
Postado 20 de novembro de 2012 por bisponeto em Automobilismo
Os irmãos curitibanos Wagner Ebrahim e Fábio Ebrahim (Alfacell – Muito mais pilha) participaram no fim de semana (17 e 18/11), da sexta rodada dupla do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo 2012, disputada no Autódromo Internacional de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul (MS). Com melhor rendimento no seu Audi R8 LMS, os paranaenses conquistaram um quarto e um sexto lugares nas duas provas disputadas, mas poderia ser melhor, não fosse o toque com o carro de Leo Burti na segunda prova.

O sábado (17/11) foi movimentado para os pilotos do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo, com os treinos classificatórios (quarto e terceiro lugares) e a primeira corrida das categorias GT3, GT4 e GT Premium. Na primeira largada, Wagner Ebrahim manteve o 4.º lugar, seguido de perto por Cacá Bueno e Sérgio Jimenez, mas sem um bom rendimento, depois, caiu para a sexta posição, com problemas de câmbio. Na 16.ª volta, entrou nos boxes para efetuar a troca de pilotos e pneus, passando o carro para seu irmão Fábio Ebrahim. O piloto retornou em décimo lugar e passou a imprimir bom ritmo de corrida, recuperando posições a cada volta completada. Chegou a recuperar quarto lugar na 19.ª volta, mas sem condições de ganhar mais posições, administrou sua corrida sem dar chances ao quinto colocado. Ao fim de 32 voltas, vitória da dupla Allan Khodair/Marcelo Hahn, com tempo total de 50min22s240, seguida de Rafael Derani/Cláudio Ricci, a 8s724, Paulo Bonifácio/Sérgio Jimenez, a 11s890, Fábio Ebrahim/Wagner Ebrahim, a 20s079; Valdeno Brito/Constantino Jr, a 26s479, e em sexto, Cacá Bueno/Cláudio Dahruj, a 31s770.

Na largada da segunda corrida, Fábio Ebrahim se manteve em terceiro lugar, travando bom “pega” pela segunda posição, com Rafael Derani nas cinco primeiras voltas. Cleber Faria abriu um pouco de vantagem na liderança, deixando Rafael Derani e Fábio Ebrahim administrando as suas posições de corrida. Na 16.ª volta, Cleber Faria, Rafael Derani e Fábio Ebrahim foram para os boxes para efetuar a troca de pneus e pilotos. Depois de um excelente trabalho da equipe Ebrahim Motors, Wagner Ebrahim retornou à pista em 2.º lugar e sem condições de ir buscar a liderança da prova, travou bom “pega” Cláudio Ricci pela vice liderança. Na 20ª volta, Wagner perdeu a posição para Ricci, mas recuperou-se na 24ª volta, com a quebra de Cláudio Ricci. Com o segundo lugar garantido o piloto passou a administrar a posição, mas na penúltima volta, seu carro foi “tocado” pelo de Leo Burti, rodando e caindo para o sexto lugar.

“Nosso carro tinha um bom rendimento e consegui manter o terceiro lugar na minha tocada. Até tentei pressionar o Rafael Derani para assumir a segunda posição, mas não consegui superar a Ferrari”, disse Fábio Ebrahim. “Vínhamos fazendo uma grande corrida e certamente conquistaríamos o segundo lugar. Mas o Leo Burti me atrapalhou por meia volta e quando eu coloquei o carro por dentro ele fechou a porta, me fazendo rodar. Agora vamos correr em Cascavel”, concluiu Wagner Ebrahim (Alfacell).

– Classificação –

Com seis etapas realizadas e doze provas disputadas, a classificação do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo 2012 é a seguinte: 1.º) Duda Rosa/Cleber Faria (SP), M-Benz SLS AMG, com 163 pontos; 2.º) Caca Bueno/Cláudio Dahruj (SP), BMW Z4 GT3, 148; 3.º) Allan Khodair/Marcelo Hahn (SP), Lamborghini LP600, 144; 4.º) Renan Guerra/Vanuê Faria (SP), M-Benz SLS AMG, 130; 5.º) Paulo Bonofácio/Sérgio Jimenez (M-Benz LMS, SP), 127; 6.º) Wagner Ebrahim/Fábio Ebrahim (PR), Audi R8 LMS, 117; 7.º) Cláudio Ricci/Rafael Derani (RS/SP) Ferrari F458, 112; e em 8.º) Valdeno Brito/Constantino Júnior (PB/SP) BMW Z4 GT3, com 103 pontos ganhos. A sétima etapa do GT3 Brasil será realizada nos dias 1.° e 2 de dezembro, em Cascavel, no Oeste do Paraná.

 


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)