Campeões da Fórmula Truck enaltecem conquista de Leandro Totti em 2012

0
Postado 11 de novembro de 2012 por bisponeto em Automobilismo
O título de Leandro Totti no Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, confirmado com a vitória deste domingo (11/11) no GP Crystal, foi enaltecido pelos cinco pilotos da categoria que já conquistaram títulos. A comemoração do piloto paranaense da ABF Racing Team no Autódromo Internacional de Curitiba foi aplaudida com reverência por Renato Martins, Roberval Andrade, Wellington Cirino, Beto Monteiro e Felipe Giaffone.

Primeiro campeão da Truck, Martins frisou o amadurecimento de Totti. “O Leandro só não foi campeão antes porque se preocupava mais com tentar ganhar corridas do que pontuar para o campeonato. Eu sempre disse a ele que quando mudasse isso ele seria campeão. A prova está aí. Hoje ele tem outra cabeça, aprendeu a lidar com isso”, declarou o paulista da RM Competições, campeão em 1996 com Scania e em 2006 com Volkswagen.

Recordista de títulos na Truck, o paranaense Wellington Cirino vê no conterrâneo campeão “um acertador de carros nato”. “Eu sempre soube, desde a estreia dele, que ele tinha gabarito para ser campeão, e que isso ia acontecer mais cedo ou mais tarde”, comentou o piloto da ABF/Mercedes-Benz, dono dos títulos de 2001, 2003, 2005 e 2008. “E aconteceu neste ano, que foi iluminado para ele. Dou os parabéns pelo que ele fez”, acrescentou.

O pernambucano Beto Monteiro, que chegou a Curitiba com chances matemáticas de impedir o título de Totti, reconheceu os méritos do adversário. “Foi um título muito merecido por todo o trabalho que ele fez. Ele hoje tem um caminhão superior, mas isso é consequência do trabalho dele”, atribuiu o piloto da Scuderia Iveco, campeão em 2004 pela Ford. “Já que o campeão não fui eu, fico contente por ter sido ele, que é um grande amigo”.

Campeão em 2002 e 2010 com caminhões Scania, Roberval Andrade foi o maior adversário de Totti na disputa pela vitória em Curitiba. Segundo na corrida, o paulista da Ticket Car Corinthians Motorsport enumerou motivos para a conquista. “O Totti tem personalidade, foco, um bom equipamento e uma estrutura de equipe que é a base da conquista, além de ter muito talento para guiar. Ele reúne todos os ingredientes para ser campeão”, resumiu.

Felipe Giaffone, campeão em 2007, 2009 e 2011, conquistou com um terceiro lugar em Curitiba o vice-campeonato da atual temporada. “Às vezes o piloto é campeão por sorte, por regularidade. Não foi o caso do Totti. Ele foi um vencedor, soube acertar muito bem o caminhão, não fez besteira e soube tirar o máximo do caminhão. Tiro meu chapéu para ele, espero que aproveite bem o momento”, congratulou o piloto do MAN-Volkswagen da RM Competições.

Fotos: Orlei Silva.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)