Mercedes-Benz apresenta exclusividades de ônibus urbanos e rodoviários na FetransRio

0
Postado 4 de outubro de 2012 por bisponeto em Salões
Tendo como grandes destaques a apresentação dos “superarticulados” O 500 MDA e UDA para sistemas BRT e os lançamentos do chassi LO 916 para microônibus e de novos itens de avançada tecnologia para os ônibus rodoviários O 500 RS e RSD, a Mercedes-Benz garante presença marcante na FetransRio. Este evento, um dos principais do setor no Brasil, será realizado entre 3 e 5 de outubro no Centro de Convenções Riocentro, no Rio de Janeiro.

O estande da marca traz outros atrativos, como a Estação BRT, que demonstra as soluções da marca para os sistemas de transporte coletivo urbano, e o êxito da Mercedes-Benz no uso de combustíveis alternativos, como diesel de cana e biodiesel, em frotas de ônibus do Rio de Janeiro e de São Paulo. “Enfatizamos assim a competência, experiência e conhecimento da nossa Empresa na geração de produtos eficientes e rentáveis para o transporte de passageiros”, afirma Curt Axthelm, gerente de Marketing de Produto – Ônibus.

Chassi LO 916 para microônibus

O LO 916 é um veículo totalmente novo, que foi concebido e desenvolvido para transporte urbano e rodoviário de passageiros, sendo indicado também, devido a sua versatilidade de aplicação, para transporte escolar, fretamento e turismo. “Atenta às novas demandas das empresas de transporte e dos órgãos gestores, a Mercedes-Benz aprimorou seu chassi de microônibus. Além da tecnologia  BlueTec 5 e de motores mais econômicos e ecológicos, o LO 916 oferece maior capacidade de transporte de passageiros, graças ao posicionamento mais avançado do posto do motorista e ao PBT maior”, diz Gilson Mansur, diretor de Vendas e Marketing Ônibus. “A essas vantagens somam-se atributos consagrados dos chassis da marca, como reduzido custo operacional, robustez e resistência para encarar o trabalho pesado”.

Ônibus Rodoviários

Para a linha de ônibus rodoviários, a Mercedes-Benz está ampliando ainda mais o já reconhecido padrão superior de desempenho, segurança e conforto dos modelos O 500 RS 1836 4×2 e O 500 RSD 2436 6×2. Estes chassis podem receber agora novos componentes de avançada tecnologia, como câmbio automatizado de 8 marchas GO 240-8 PowerShift com retarder integrado, sistema ESP (controle da estabilidade), EBS (freio eletrônico), ABS (sistema de freio anti-travamento), ASR (controle de tração), freios a disco e segundo eixo traseiro direcional para o modelo 6×2.

“A introdução de novos equipamentos e sistemas de alta tecnologia amplia notavelmente o leque de possibilidades para que os clientes configurem os seus ônibus de acordo com suas demandas, tipo de operação e condições de topografia de onde irão atuar”, diz Gilson. “Dessa forma, poderão desfrutar de ainda mais benefícios em termos de segurança ativa e passiva, com vantagens também em relação a desempenho, menor consumo de combustível e conforto para o motorista e os passageiros”.

500 UDA, MDA e OF 1724

A mais completa linha de ônibus do País está representada no estande da Mercedes-Benz na FetransRio também pela exposição dos “superarticulados” O 500 UDA de piso baixo e MDA, respectivamente, por Caio e Marcopolo, e ainda pelo chassi OF 1724. Os novos chassis O 500 UDA de piso baixo e O 500 MDA para ônibus articulados trazem novas soluções para o segmento de alta capacidade de transporte de passageiros, como os corredores exclusivos e o sistema BRT.

Esses “superarticulados” Mercedes-Benz oferecem uma opção de baixo custo operacional para os operadores. Isso se dá em função do seu projeto com apenas uma articulação, 4 eixos e até 23 metros de comprimento total, permitindo o transporte de mais de 200 passageiros (dependendo da configuração interna da carroçaria) com conforto e segurança em todas as faixas de operação diária (horas de pico e também nos entre-picos).

A grande comunização de componentes com a consagrada família de articulados O 500 UA e MA facilita a intercambiabilidade de peças e a manutenção, garantindo uma alta disponibilidade operacional. A grande novidade dos modelos MDA e UDA são os 4 eixos, sendo 2 eixos na parte traseira do veículo. O segundo eixo traseiro é móvel, com suspensão independente. Instalado atrás do eixo de tração, reduz o arraste, melhora as manobras e evita o desgaste dos pneus.

Com essa suspensão direcional, o raio de giro é reduzido. Isso propicia maior facilidade de estacionamento nas estações e terminais de passageiros, garantindo com isto a manutenção de uma pequena distância entre o veículo e a plataforma em qualquer situação. Os planejadores dos Sistemas BRT também são beneficiados com o 4º eixo direcional, no sentido que passam a ter mais possibilidades nos projetos de terminais e estações dos sistemas.

Além dos “superarticulados”, o chassi OF 1724 também estará em exposição no estande da Mercedes-Benz na Fetransrio. Indicado para transporte urbano, intermunicipal, fretamento e curtas distâncias rodoviárias, o OF 1724 – com motor OM 926 LA de 6 cilindros e 238 cv de potência a 2.200 rpm e com 17 toneladas de PBT – é ideal para trechos que exigem maiores velocidades médias.

Desenvolvido para carroçarias até 13,2 metros, o OF 1724 recebe trem-de-força Mercedes-Benz, com destaque para o câmbio de 6 marchas com carcaça de alumínio, que traz menor impacto de peso no veículo.  Conta também com exclusivo freio-motor Top Brake, polia adicional para ar-condicionado e novo painel de instrumentos. Entre seus opcionais, incluem-se limitador de velocidade e preparação para o sistema de aquecimento do interior do ônibus.

“Estação BRT”

A fim de demonstrar as características e vantagens do sistema BRT, a     Mercedes-Benz criou para a FetransRio a “Estação BRT”, que apresenta uma ambientação típica de ponto de parada de corredores exclusivos, com sinalização e facilidade de acesso a um ônibus articulado O 500.

Com essa dinâmica atividade, a Empresa mostra aos congressistas, especialmente a operadores e gestores do transporte de passageiros, que tem conhecimento e experiência mundial e local para a implantação do sistema. A marca já conquistou ampla aprovação com BRT em vários países, como Chile, Colômbia, México, Turquia e África do Sul e também no Brasil, como em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Os ônibus articulados Mercedes-Benz foram os primeiros a entrar em operação no corredor Transoeste, o primeiro sistema BRT da cidade do Rio de Janeiro. Mais de 90 unidades do O 500 MA foram adquiridas para uso como “Ligeirão”, que tem capacidade para transporte até 145 passageiros.

A gama de chassis de ônibus da marca atende a todas as demandas dos sistemas de transporte de passageiros. Desde veículos articulados dos corredores exclusivos até ônibus convencionais e microônibus das linhas alimentadoras e distribuidoras, que interligam os bairros.

 

A Mercedes-Benz também oferece ao mercado assessoria especializada em transporte de passageiros. A Empresa conta com uma equipe totalmente focada em sistema BRT, dando apoio a clientes, órgãos gestores e consultorias de transporte para o Brasil e América Latina.

Diesel de cana e biodiesel

Durante a FetransRio, a Mercedes-Benz enfatizará em seu estande as vantagens do uso de combustíveis alternativos para as empresas e operadores de transporte. Graças aos desenvolvimentos já aplicados aos motores da marca, o diesel de cana com teor de até 30% e o biodiesel com teor de 20% podem ser utilizados em caminhões e ônibus, independente do ano de fabricação, sem necessidade de modificações no motor.

Além disso, são mantidos a eficiência e o excelente desempenho, com menores emissões e reduzido consumo. Isso reforça a confiança da Mercedes-Benz no uso desses combustíveis alternativos, que se mostram como opções interessantes, pois não requerem alteração na estrutura da frota atual.

Outra grande vantagem dos veículos comerciais Mercedes-Benz é que eles podem ser abastecidos com diesel comercial, diesel de cana e biodiesel. Ou seja, os caminhões e ônibus da marca são efetivamente multicombustíveis, preservando a qualidade, a eficiência, a durabilidade e a confiabilidade dos produtos.

Veículos híbridos e trólebus

A Mercedes-Benz também apresentará na feira, inédito conceito de trabalho em parceria com a Eletra para o desenvolvimento de veículos híbridos. A Eletra é detentora desta tecnologia desde 1999 e desde 1981 para veículos trólebus. A Mercedes-Benz fornece os chassis e o motor gerador ajustado à operação, que é implementado pela Eletra, agregando-se motor elétrico da WEG.

O conjunto híbrido pode ser encarroçado em qualquer fábrica do Brasil. A tecnologia é 100% nacional e de fácil manutenção, com baterias de chumbo-ácido, com as quais o mercado de ônibus está acostumado a trabalhar. Um veículo conceito será exposto e serão feitos demo-drives. O mesmo chassi sem o motor poderá ser utilizado para a produção de veículos trólebus, mantendo as facilidades de encarroçamento.

Pacote de produtos e serviços de pós-venda

A equipe da Mercedes-Benz na FetransRio, com profissionais da fábrica e dos concessionários da região, demonstrará aos visitantes do estande outros destaques da marca, como o mais completo pacote de produtos e serviços de    pós-vendas do segmento. Entre eles, o Mercedes Assistance 24 horas, o amplo leque de peças genuínas, as peças remanufaturadas da linha RENOV e o contratos de manutenção.

Esses produtos e serviços são disponibilizados aos clientes por meio da maior Rede de Concessionários de veículos comerciais do País, com 200 pontos de atendimento em todos os estados do território nacional. O Banco Mercedes-Benz também estará presente no estande, ampliando a divulgação da ampla gama de soluções oferecidas aos clientes da marca.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)