Ford lança Novo EcoSport na Argentina

0
Postado 10 de outubro de 2012 por bisponeto em Automóveis
Oficialmente a Ford lançou o Novo EcoSport na Argentina, acompanhado de grande campanha de “marketing” com a participação de personalidades e um concurso que vai premiar o público com um veículo. Como no Brasil, o EcoSport criou um novo segmento de mercado quando foi lançado no País, em 2003, e agora revoluciona novamente a categoria com o modelo de nova geração.

Na Argentina o EcoSport será oferecido com os motores Sigma 1.6 e Duratec 2.0 a gasolina – uma vez que não há a opção de etanol naquele mercado –, nos demais atributos o EcoSport segue a mesma configuração da linha no Brasil. A sua característica de utilitário esportivo acessível, capaz de chegar a lugares onde os veículos comuns não chegam, mantém o modelo na liderança da categoria.

Produzido na fábrica de Camaçari, na Bahia, o Novo EcoSport vendido na Argentina também é equipado de série com direção elétrica, faróis com LEDs, ar-condicionado, vidros dianteiros, travas e espelhos elétricos, freios ABS, “airbag” duplo e sistema multimídia SYNC. Seus opcionais incluem airbags laterais e de cortina, computador de bordo, sensor de estacionamento, bancos de couro, fechamento global, assistente de partida em rampa, controle eletrônico de estabilidade e de tração.

Destino EcoSport

Chamada “Destino EcoSport”, a campanha argentina, é focada nas mídias sociais e convida o público a responder duas perguntas: “que experiência gostaria de viver com o Novo EcoSport?” e “qual equipamento do Novo EcoSport você usaria para realizá-la?”. Quatro personalidades do esporte e da música argentina – Calu Rivero, Catarina Spinetta, Fabricio Oberto y Bebe Contepomi – vão selecionar as melhores propostas. As quatro histórias finalistas serão transformadas em vídeo e a mais votada pelo público será a vencedora do Novo EcoSport.

A apresentação da campanha aconteceu no teatro Vorterix, com transmissão ao vivo e um show da banda Illya Kuryaki and the Valderramas, exponente do “funk e do hip-hop” no país, que voltou a se reunir no ano passado depois de uma década.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)