Valdeno Brito vence corrida da Stock Car em Cascavel

0
Postado 16 de setembro de 2012 por bisponeto em Automobilismo
Uma das melhores provas dos últimos anos. Assim pode ser definida a vitória de Valdeno Brito no domingo (16/9) pela manhã no retorno da Copa Caixa Stock Car a Cascavel. Valdeno ganhou e quem recebeu o presente foram os 34 mil torcedores que esgotaram os ingressos na volta da principal categoria do automobilismo brasileiro à cidade do oeste paranaense. Na quinta vitória na carreira de Valdeno, a segunda na temporada, os fãs viram muitas ultrapassagens, vários líderes, muita emoção e um forte acidente, sem consequências para os pilotos. O resultado levou o paraibano Valdeno a se aproximar dos ponteiros do campeonato, pois o ainda líder Cacá Bueno abandonou, assim como o segundo colocado Ricardo Maurício. Eles se mantiveram, respectivamente, com 115 e 112 pontos contra 99 de Daniel Serra e 94 de Valdeno. Essa briga promete muito mais emoção até o final.

A segunda posição na corrida ficou com o paranaense Julio Campos, que fez seu terceiro pódio na categoria e o primeiro na temporada. Ele chegou 4,2 segundo atrás de Valdeno e cerca de dois segundos à frente de Allam Khodair. Este foi o terceiro pódio consecutivo do Japonês Voador, vencedor em Jacarepaguá e em Salvador. Quem também fez uma corrida sensacional foi Átila Abreu. Ele largou na pole e se manteve na dianteira até a décima volta, quando um pneu furou e o levou aos boxes. Numa comprovação de que seu carro estava muito bem acertado, Átila superou vários adversários para chegar na quarta colocação.

“No começo da corrida economizei pneus, pois o pessoal da Goodyear tinha dito que o momento mais crítico seria, justamente, no início. Meus pneus estavam tão bons que, de repente, faria até outra corrida. Estou feliz com a vitória, mas não penso em brigar pelo título. Quero ir prova a prova e agora meu alvo é Tarumã, uma pista bem parecida com essa de Cascavel, pois também é de alta velocidade“, disse Valdeno, o primeiro ganhador da Corrida do Milhão, que neste ano será em Interlagos no dia 9 de dezembro.

Julio Campos se disse feliz por ter chegado ao pódio no seu Estado de origem. Antes desse segundo lugar em Cascavel ele tinha feito dois terceiros, um no Velopark e outro em Curitiba, ambos em 2010. Julio tem 87 pontos e ocupa a oitava colocação na classificação geral.

“É muito difícil para a gente chegar no nível de uma equipe que tem quatro carros. Temos sido competitivos ano inteiro, menos nas duas últimas provas quando tivemos problemas. Temos andado entre os dez e isso é muito importante. A nossa ideia neste primeiro ano da equipe é chegar entre o quinto e o décimo. Claro que se der, brigaremos pelo campeonato!“, disse Julio Campos.

Allam Khodair também mostrava alegria, pois todos na categoria sabem da dificuldade de se fazer um pódio, quanto mais três seguidos. Khodair, que largou em 13º., abandonou três corridas na temporada e ainda assim tem 82 pontos na 10ª. posição na tabela do campeonato.

“Tenho de agradecer esta fase. No sábado bati forte e fiquei com dores no pescoço. Fiquei feliz com esse pódio, que tem três batalhadores. Nosso carro aguentou seguindo os conselhos da Goodyear. Queremos continuar a chegar no pódio para brigar pelo título. Com a última prova valendo pontos em dobro, imagine se acontecer algo como hoje. Alguém pode estar 43 pontos atrás e sair campeão“, disse Khodair.

Resultado da oitava etapa da Copa Caixa Stock Car:
1.º) Valdeno Brito (Shell Racing), 41min57s669;
2.º) Julio Campos (Carlos Alves Competições), 42min01s939;
3.º) Allam Khodair (Vogel Motorsport), 42min03s771;
4.º) Átila Abreu (Mobil Super Pioneer Racing), 42min10s627;
5.º) Nonô Figueiredo (Mobil Super Pioneer Racing), 42min12s264;
6.º) Max Wilson (Eurofarma RC), 42min12s962;
7.º) Galid Osman (BMC Racing), 42min14s547;
8.º) Duda Pamplona (Officer ProGP), 42min17s676;
9.º) Vitor Meira (Officer ProGP), 42min17s676;
10.º) Lico Kaesemodel (RCM Motorsport), 42min19s628;
11.º) Diego Nunes (Hot Car Competições), 42min20s508;
12.º) Felipe Maluhy (Medley Fulltime), 42min25s648;
13.º) Rodrigo Sperafico (Prati-Donaduzzi Racing), 42min26s821;
14.º) Pedro Boesel (Comprafacil Nascar JF), 42min27s856;
15.º) Tuka Rocha (BMC Racing), 42min29s033;
16.º) Thiago Camilo (Ipiranga-RCM Motorsport), a 1 volta;
17.º) Daniel Serra (Red Bull Racing), a 1 volta;
18.º) Patrick Gonçalves (Carlos Alves Competições ), a 1 volta;
19.º) Ricardo Maurício (Eurofarma RC), a 1 volta;
20.º) David Muffato (Itaipava Racing Team), a 1 volta;
21.º) Xandinho Negrão (Medley Fulltime), a 1 volta;
22.º) Ricardo Zonta (Linea Sucralose), a 2 voltas;
23.º) Popó Bueno (Linea Sucralose), a 3 voltas;
24.º) Luciano Burti (Itaipava Racing Team), a 4 voltas; e
25.º) Cacá Bueno (Red Bull Racing), a 4 voltas.

Torcedores não enfrentam dificuldades

Os 34 mil torcedores que lotaram o autódromo de Cascavel não enfrentaram dificuldade para chegar para acompanhar a programação. Cerca de 30 minutos antes praticamente todos já estavam acomodados em seus lugares e puderam acompanhar as três corridas do dia.

A Copa Caixa de Stock Car tem organização e realização da Vicar Promoções Desportivas, com supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). A Caixa é um dos patrocinadores oficiais da principal categoria do automobilismo, dando nome ao campeonato, que ainda tem o patrocínio da Goodyear, além do copatrocínio de Shell V-Power Etanol, Bosch, Mobil Super, Pioneer e o apoio da Itaipava e Transzero. As montadoras são Chevrolet e Peugeot.

Fotos: Duda Bairros e Fernanda Freixosa.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)