Hyundai HB20: impressões ao volante

0
Postado 14 de setembro de 2012 por bisponeto em Automóveis
Inteiramente concebido para o mercado brasileiro, o Hyundai HB20  (H de Hyundai, B de Brasil e 20 da plataforma) o desenho do HB20 é moderno e inovador. Mescla itens de outros modelos da marca ao redor do mundo, como na grande frontal hexagonal, usada no ix35, e elemento tipo “asa”, como no Azera.

Seu acabamento interno é honesto com arremates bem feitos. Os botões estão distribuídos de forma lógica e são fáceis de usar. O espaço para quem vai nos bancos dianteiros agrada. Como o teto do HB20 não tem caimento acentuado, o espaço para a cabeça no banco de trás é suficiente. Mas levar três passageiros implica que um ficará apertado.

O Automania teve oportunidade de dirigir tanto a versão 1.0 como com a versão 1.6 16V durante rápido “test-drive” realizado em Comandatuba (BA). Na configuração menos potente, o comportamento do pequeno motor de  três cilindros é único. Com um pouco de vibração e ruído em médias rotações, a situação se estabiliza conforme o giro do motor sobe. O motor sobe de giro rapidamente. Mas nada em excesso.

Abastecido com etanol, o propulsor 1.0 desenvolve 10,2 kgfm de torque aos 4.500 rpm, mas 85% dessa força só fica disponível aos 2.000 rpm. Por isso não espere um milagre, pois é um motor de pequena cilindrada. Ideal para o uso urbano, não teve problemas com ladeiras, mas na estrada é preciso usar o câmbio repetidamente para obter retomadas satisfatórias. Situação que não foge da regra com relação aos concorrentes.

Equipado com motor 1.6, de 128 cv, com 16,5 kgfm aos 5.000 rpm com etanol, o HB20 responde bem em qualquer situação. Não hesita em baixas e médias rotações, mas parece “perder fôlego” na medida em que o tacômetro se aproxima do limite. A suspensão do modelo está bem calibrada.  Mesmo em curvas acentuadas, tanto o 1.0 como o 1.6 perderam pouco a aderência do solo e transmitiram segurança. Os pneus nem fizeram menção de que iriam desgarrar. Porém nos buracos maiores, o conjunto dá trancos secos.

Resumindo. Cumpre o desejo dos motoristas de hoje, com espaço, conteúdo de confortos, relativa segurança passiva. Com tantos atributos e preço competitivo, o Hyundai HB20 tem tudo para “brigar” com os atuais modelos mais vendidos do Brasil (VW Gol, Fiat Palio, Fiesta Rocam, Renault Sandero e Nissan March). O modelo é completo, bonito, com bons motores e a garantia de cinco anos. A concorrência que se cuide.

 


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)