Fórmula 1: Button domina e vence GP da Bélgica

0
Postado 3 de setembro de 2012 por bisponeto em Automobilismo
No alucinante GP da Bélgica, 12ª etapa da temporada, disputada em Spa-Francorchamps neste domingo (2 de setembro), aconteceu de tudo. Na largada, acidente espetacular (e perigoso) foi provocado por Romain Grosjean, da Lotus, que tirou Fernando Alonso (Ferrari), Lewis Hamilton (McLaren) e Sergio Pérez (Sauber) da prova.

E para compensar, na seqüência, uma prova cheia de ultrapassagens, grandes duelos e muita emoção. Calmaria mesmo, apenas para Jenson Button. O piloto britânico da McLaren escapou do acidente da primeira curva e seguiu como se nada tivesse acontecido, para conquistar de ponta a ponta, sua segunda vitória na temporada e superar de vez a má fase. Campeão mundial de 2009, Button chegou a 14 vitórias na carreira e igualou o histórico do brasileiro Emerson Fittipaldi.

Sebastian Vettel, da RBR, fez uma corrida de recuperação, optando pela estratégia de dar apenas uma parada nos boxes (a mesma adotada por Button) e cruzou a linha de chegada em segundo lugar, depois de ter largado em décimo. Kimi Raikkonen foi o terceiro e subiu ao pódio pela sétima vez no ano. O finlandês Kimi Raikkonen, quatro vezes vencedor em Spa, subiu ao pódio pela sétima vez no ano e está apenas um ponto atrás de Webber na classificação.

Felipe Massa completou a prova em quinto lugar. Mesmo assim, este não foi seu melhor resultado no ano (foi quarto no GP da Inglaterra), mas pode se dizer que foi sua melhor atuação. Largando da 14ª posição do “grid”, o piloto da Ferrari escapou do tumultuado início e fez uma corrida consistente. Um bom reinício de temporada para quem busca assegurar um lugar no “cockpit” de uma Ferrari em 2013.

Bruno Senna também vinha fazendo boa corrida. Pulou de 17º para oitavo na largada e figurava na zona de pontuação. Mas equivocada tática da Williams, ficou com pneus muito desgastados e precisou realizar mais um “pit stop” a quatro voltas do final da prova, terminando em 12º. O heptacampeão Michael Shumacher, disputando seu 300º Grande Prêmio, chegou a ocupar a terceira posição, mas precisou fazer uma segunda parada nos boxes e terminou em sétimo.

Mesmo com o abandono, Fernando Alonso segue na liderança do Mundial, com 164 pontos. No entanto, o piloto espanhol viu sua vantagem no topo da tabela de classificação cair de 40 pontos para 24. O vice-líder agora é Sebastian Vettel, da RBR, com 140 pontos, que tomou o lugar do companheiro de RBR, Mark Webber. O australiano possui 132 pontos, apenas um a mais que Raikkonen, que entra, definitivamente na disputa pelo título da temporada. A Fórmula-1 não terá folga esta semana. No próximo domingo, os pilotos entrarão em ação novamente para o GP da Itália, 13ª etapa da temporada.

 

Resultado do Grande Prêmio da Bélgica:

1.º) Jenson Button (ING/McLaren), 1h29min08s530;
2.º) Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), a 13s624;
3.º) Kimi Raikkonen (FIN/Lotus), a 25s334;
4.º) Nico Hulkenberg (ALE/Force India), a 27s843;
5.º) Felipe Massa (BRA/Ferrari), a 29s845;
6.º) Mark Webber (AUS/Red Bull), a 31s244;
7.º) Michael Schumacher (ALE/Mercedes), a 53s374;
8.º) Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso), a 58s865;
9.º) Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso), a 1min02s982;
10.º) Paul Di Resta (ESC/Force India), a 1min03s783;
11.º) Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 1min05s111;
12.º) Bruno Senna (BRA/Williams), 1min11s529;
13.º) Kamui Kobayashi (JAP/Sauber), 1min56s119;
14.º) Vitaly Petrov (RUS/Caterham), a uma volta;
15.º) Timo Glock (ALE/Marussia), a uma volta;
16.º) Charles Pic (FRA/Marussia), a uma volta;
17.º) Heikki Kovalainen (FIN/Caterham), a uma volta; e
18.º) Pedro De la Rosa (ESP/HRT); a uma volta.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)