Copa Bana Pneus: Domingo quente, com bons “pegas” no AIC

0
Postado 30 de setembro de 2012 por bisponeto em Automobilismo
O domingo (30/9) foi frio até as 10 horas e quente no restante da tarde em Curitiba, durante as segundas provas da sétima etapa do Campeonato Metropolitano de Marcas e Pilotos 2012, a Copa Bana Pneus, com bons “pegas” no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC). A etapa foi disputada nas categorias Marcas “A”, “B” e Sênior, Turismo 5000 “A” e “B”, Turismo 1.6, Fórmula Pinhais e Fórmula Premium, com promoção e organização da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

– Turismo 5000 –

O domingo começou com a segunda prova das categorias Turismo 5000 “A” e Turismo 5000 “B”, com belas disputas entre os três primeiros pela liderança da prova. Maurício Reuter, Marco Antonio Garcia e Eduardo Berlanda, que travaram bons “pegas” até quase o final da corrida. Nas últimas voltas, Mauríco Reuter teve boa disputa com Marco Antonio Garcia pela primeira posição, mas o piloto catarinense conseguiu manter a liderança. Depois de 15 voltas, vitória na Geral e Turismo 5000 “A” foi de Maurício Reuter, com tempo total de 24min25s718, seguido de Marco Antonio Garcia, a 0s362, Armin Kliewer, a 6s067, Roberto Pruner, a 7s074, Anderson Andrade, a 7s915, e, Arildo Frankemberger, a duas voltas. Na Turismo 5000 “B”, venceu Oswaldo Scheer Filho, com o tempo de 24min32s178, com Marco Aurélio Garcia em segundo, a 12s317, Rafael Kliewer em terceiro, a 24s370, Robson Kolling em quarto, a 26s030, e Marco André Garcia em quinto, a 38s120. Marco Antonio Garcia marcou a volta mais rápida da prova, na 5.ª passagem, com tempo de 1min36s448, à média de 137,926 km/h.

– Marcas –

            A largada da segunda prova das categorias Marcas “A”, “B” e Sênior, aconteceu às 11h40, com Pierre Sabbagh largando na pole position, seguido de perto por Gustavo Magnabosco, Marcos Ramos, João Gilberto Arruda, Jorge Martelli, Wanderlei Berlanda Jr, Marcel Rodrigues, Davi Dal Pizzol, Vicente Orige Silva e Michel Giusti. A grande “briga” da prova foi entre Pierre Sabbagh e Gustavo Magnabosco, pela liderança da corrida do início ao fim da prova. Na sétima volta, Davi Dal Pizzol assumiu o terceiro lugar. Na 9.ª volta, entrou o safety car regulamentar, onde os três por categoria eram: Marcas “A”: Pierre Sabbagh, Gustavo Magnabosco e Davi Dal Pizzol. Marcas Sênior: Marcos Ramos, Toninho Espolador e Cláudio Simão. E na Marcas “B”: Vicente Orige Silva, Wanderlei Berlanda Jr e Eduardo Scheer. Após a relargada, poucas mudanças, mas com bons “pegas” entre os três primeiros em todas as categorias, numa das etapas mais disputadas da temporada 2012. Ao fim de 18 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” de Pierre Sabbagh, com tempo total de 33min30s528, seguido de Gustavo Magnabosco, a 0s448, Davi Dal Pizzol, a 1s138, Michel Giusti, a 9s115, Beto Cazuni, a 9s568, e em sexto lugar, Valmor Emílio Weiss, a 20s548. Na Marcas “B” venceu Vicente Orige Silva, com o tempo de 33min32s943, com João Gilberto Arruda em segundo, a 2s831, Eduardo Scheer em terceiro, a 4s481, Wanderlei Berlanda Jr em quarto, a 4s772, Andrei Carta em quinto, a 7s712, e, Roberto Bonato em sexto lugar, a 14s538. E na Sênior, vitória de Marcos Ramos, com tempo de 33min40s198, vindo a seguir Toninho Espolador, a 4s033, Cláudio Simão, a 7s779, e, Max Mohr, a 8s159. A volta mais rápida da prova foi de João Gilberto Arruda, na 6.ª passagem, com o tempo de 1min41s065, à média de 131,618 km/h.

– Turismo 1.6 –

            A segunda prova da categoria Turismo 1.6 foi muito disputada, com Ruslan Carta Filho assumindo a liderança na largada, ultrapassando Rodrigo Kostin que era o pole position. Boa prova de Stive Tokarski, que largou dos boxes e Edson Sita, que largou da última posição, e foram ganhando posições no decorrer da corrida. As posições se mantiveram inalteradas até a entrada do “safety car”, na nona volta. Na relargada, Edson Sita chegou a assumir a liderança, mas Ruslan Carta Filho se recuperou e assumiu a novamente. Essa “briga” durou umas três voltas, com Guilherme Scheer e Edson Sita brigando também pelo segundo lugar. Ao fim de 19 voltas, vitória de Ruslan Carta Filho na Turismo 1.6, com tempo total de 35min00s386, seguido de Jeferson Averbuck, a 3s901, Stive Tokarski, a 4s200, Guilherme Scheer, a 4s227, Rodrigo Kostin, a 7s915, e em sexto lugar, Marcelo de Miranda, a 8s381. A volta mais rápida da prova foi de Edson Sita, na 3.ª passagem, com o tempo de 1min42s693, à média de 129,532 km/h.

– Categorias Fórmula –

As categorias fórmula foram para a segunda corrida de 15 voltas no AIC, com grande expectativa dos pilotos. Novamente os Fórmula-3, mais potentes, dominaram o início da prova, mas o pole position Gustavo Frigotto ficou parado no grid, demorando um pouco para dar a largada, porém teve tempo para se recuperar e vencer a prova com certa facilidade. Após 15 voltas, a vitória na Geral e na Fórmula-3 foi de Gustavo Frigotto, com tempo total de 21min32s023, com Gustavo Kiryla em segundo, a 6s080. Na Fórmula Premium, venceu Fabiano Sabadin, com tempo de 21min52s779, seguido de Alex Morais, a uma volta, e, Agostinho Setti, a duas volta. E na Fórmula Pinhais, vitória de Luiz Zorning, com tempo de 21min49s362, tendo Edson da Silva em segundo, a 3s695, e, Cláudia Cardoso, a uma volta. A volta mais rápida da prova foi de Gustavo Frigotto, na 13.ª passagem, com tempo de 1min16s209, à média de 174,546 km/h. A oitava etapa da Copa Bana Pneus de Marcas e Pilotos 2012 está marcada para os dias 2, 3 e 4 de novembro, no AIC.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)