Punto T-Jet tem DNA especial

0
Postado 29 de agosto de 2012 por bisponeto em Automóveis
Das opções do Fiat Punto 2013 reestilizado, que parecem não ter agradado a todos com seu visual semelhante ao do Palio, a versão T-Jet cativa por suas arrojadas linhas.

O “hatch” da Fiat ficou com visual mais invocado graças a detalhes como saias e faixas laterais, ponteira dupla central de escapamento cromada e pinças de freio vermelhas. Além disso, incorporou soluções para dosar ou abusar do poder oferecido pelo conhecido motor 1.4 turbo a gasolina, de 152 cv de potência.

Batizado de DNA (sigla para Dinâmico, Normal e Autonomia), um seletor no console permite ao motorista alterar o mapeamento da centralina, deixando o Punto Jet mais nervoso ou econômico. O novo componente presente no console da versão esportiva do Punto, o seletor DNA muda o mapeamento da centralina para alterar o comportamento do Punto Jet. No modo D (Dinâmico), as respostas do motor são mais rápidas, privilegiando o desempenho do Fiat, com direito a uma ilustração da turbina no painel. No N (normal), o Punto Jet mantém as características padrão. Mas  no modo A (Autonomia), o modelo prioriza o baixo consumo de combustível, mostrando um econômetro no painel.

Esse recurso pode ser acionado com o carro em movimento (embora acima de 120 km/h o modo D não entre por questões de segurança) e a mudança de comportamento é nítida. A opção D é a mais divertida, especialmente rodando em estrada, além de útil em retomadas, situação que vem acompanhada de um vigoroso ronco do motor.

Seu câmbio manual ajuda a garantir uma boa “tocada”, graças às relações mais longas e aos engates curtos. No entanto, ao andar a 120 km/h, o motorista sente que o Punto Jet pede uma sexta marcha, que não existe!

A vida a bordo é agradável e confortável para os ocupantes, apesar do isolamento acústico da habitáculo não ser nada satisfatório. De qualquer maneira, para quem gosta de esportividade, o Punto T-Jet 2013 é diversão garantida pelo preço sugerido de R$ 55.740,00.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)