Allam Khodair vence a segunda seguida na Copa Caixa Stock Car

0
Postado 27 de agosto de 2012 por bisponeto em Automobilismo
Allam Khodair venceu o GP Bahia Stock Car, na manhã do domingo (26/8) nas ruas do CAB (Centro Administrativo da Bahia) em Salvador. Esta foi a sexta vitória na carreira do piloto da Vogel Motorsports e a segunda consecutiva no ano, pois ele também ganhou a última corrida da categoria realizada no autódromo de Jacarepaguá, Rio de Janeiro. A segunda colocação ficou com Duda Pamplona – largou na pole -, e Luciano Burti terminou em terceiro. O campeonato tem Cacá Bueno – foi o quinto – na liderança com 115 pontos com Ricardo Maurício na segunda posição com 110 pontos e Daniel Serra (abandonou) em terceiro com 95. Os baianos Diego Nunes e Patrick Gonçalves terminaram, respectivamente, em 18º e 20º. A oitava etapa da temporada da Copa Caixa Stock Car está marcada para dia 16 de setembro em Cascavel, Paraná.

Logo na largada Duda se manteve na frente de Cacá, o segundo no grid, que viu Khodair assumir a vice-liderança. Antes mesmo de completar a volta, Allam ultrapassou Pamplona e se manteve até o final na ponta. Ele não foi ameaçado nem mesmo nas duas entradas do Safety Car, uma provocada pelo toque de Diego Nunes em Valdeno Brito, e outra pelo acidente de Denis Navarro.

Com boa vantagem e mantendo forte ritmo, Khodair (Vogel Motorsport) soube levar o carro até o final da corrida que terminou com bandeira amarela devido ao risco de incêndio no carro de Navarro. Cacá (Red Bull Racing) ampliou a vantagem no campeonato, que agora tem Ricardo Maurício (Eurofarma) em segundo, Daniel Serra (Red Bull Racing) é o terceiro com 95, Thiago Camilo (Ipiranga) o quarto, com 86, e Max Wilson (Eurofarma) o quinto com 79.

“Esse resultado é mais um prêmio para o envolvimento da equipe, pois aprendemos a trabalhar juntos. Agora o Mauro (Vogel) sabe como eu gosto do carro. Neste ano, minha média de largada é um terceiro lugar, estava bem, mas as coisas não encaixavam. Agora estão dando certo! Estou prejudicado pela forma de pontuação, mas quero me manter pontuando e chegar à última prova, que vale o dobro, em condições de brigar pelo título”, disse Allam Khodair.

Apesar de ter perdido a liderança ainda na primeira volta, Duda estava contente com o segundo lugar, pois é demonstração do esforço e trabalho da Equipe Officer ProGP, da qual ele é proprietário e piloto. “Usei o Push To Pass na largada e o Allam não, e na primeira reta, que é muito grande, ele me passou e não tem como a gente segurar. Ele foi abrindo e passei a ficar de olho no Burti, que estava muito rápido. Apesar de o Safety Car ter reduzido a vantagem que eu tinha, foi bom, pois meus pneus esfriaram e o rendimento melhorou. Foi uma corrida dura e que deu a largada na nossa recuperação”, completou Pamplona.

Luciano Burti também destaca o fato de ter ficado duas corridas sem pontuar, o que o atrapalhou bastante na disputa pelo título da temporada. Ele gosta de correr em circuitos de rua e elogia o calor humano demonstrado pelo torcedor da Bahia. “Em termos de campeonato minha situação está complicada, pois tive dois abandonos e isso prejudica muito nesse sistema de pontuação. O Allam teve três e tem sido o mais rápido do ano. É difícil brigar pelo título, mas continuo tentando. Precisamos melhorar em pistas de alta velocidade”, finalizou Burti, um dos três pilotos da Stock Car com passagem pela Fórmula 1. Os outros são Ricardo Zonta e Antonio Pizzonia.

Resultado do GP Bahia Stock Car:
1.º) Allam Khodair (Vogel Motorsport), 31 voltas em 42min12s942;
2.º) Duda Pamplona (Officer ProGP), a 4s390;
3.º) Luciano Burti (Itaipava Racing Team), a 4s873;
4.º) Ricardo Maurício (Eurofarma RC), a 5s646;
5.º) Cacá Bueno (Red Bull Racing), a 7s435;
6.º) Átila Abreu (Mobil Super Pioneer Racing), a 8s172;
7.º) Thiago Camilo (Ipiranga-RCM Motorsport), a 10s250;
8.º) Ricardo Sperafico (Prati-Donaduzzi Racing), a 11s048;
9.º) Max Wilson (Eurofarma RC), a 11s554;
10.º) Xandinho Negrão (Medley Fulltime), a 12s292;
11.º) Felipe Maluhy (Medley Fulltime), a 13s517;
12.º) Tuka Rocha (BMC Racing), a 14s145;
13.º) Galid Osman (BMC Racing), a 14s750;
14.º) Ricardo Zonta (Linea Sucralose), a 14s993;
15.º) Pedro Boesel (Comprafacil Nascar JF), a 17s063;
16.º) Lico Kaesemodel (RCM Motorsport), a 18s109;
17.º) Popó Bueno (Linea Sucralose), a 26s671;
18.º) Diego Freitas (Bassani Racing), a 28s789;
19.º) Bruno Junqueira (Bassani Racing), a 29s668; e
20.º) Patrick Gonçalves (Carlos Alves Comp. ), a 33s464.

A Copa Caixa de Stock Car tem organização e realização da Vicar Promoções Desportivas, com supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). A Caixa é um dos patrocinadores oficiais da principal categoria do automobilismo, dando nome ao campeonato, que ainda tem o patrocínio da Goodyear, além do copatrocínio de Shell V-Power Etanol, Bosch, Mobil Super, Pioneer e o apoio da Itaipava e Transzero. As montadoras são Chevrolet e Peugeot. Outras informações no site: www.stockcar.com.br.

Fotos: Fernanda Freixosa.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)