Twizy: pequeno, elétrico e diferente

0
Postado 5 de julho de 2012 por bisponeto em Automóveis
Esquisito, carismático e divertido, são os adjetivos que lembramos para descrever o pequeno Renault Twizy. A primeira vista dá impressão que é um carrinho de brinquedo saído de algum desenho animado, ou algo parecido, como das páginas de um Gibi como diriam os mais velhos.

Fato é que não é fácil defini-lo. Para começar, o pequeno carro elétrico da Renault não é classificado nem como um veículo propriamente, uma vez que está mais para um quadriciclo. Embora pequenino, ele tem capacidade para transportar duas pessoas. O carona vai num banquinho atrás do motorista e precisa entrar primeiro, depois de um certo contorcionismo. A versão avaliada foi a de 20 cavalos de potência e que atinge velocidade máxima de 80 km/h. Na Europa ainda há uma outra configuração, com velocidade limitada a 45 km/h, que pode ser conduzida sem que o motorista tenha carteira de habilitação.

Com 2,33 metros de comprimento, sua proposta é clara: rodar nos centros urbanos, algo que fica evidente devido as suas proporções e autonomia de cerca de 100 quilômetros. E como seu objetivo é ser prático, ele pode ser carregado numa tomada convencional. Basta aguardar aproximadamente três horas e o Twizy estará pronto para rodar.

Ao sentar no banco do motorista, notei que além do tradicional cinto de segurança de três pontos há ainda um outro vertical, que fica apoiado no ombro direito. Vale ressaltar que existem duas portas para este modelo e, inclusive, são comercializadas como item opcional lá na Europa. Como o Twizy não estava autorizado a sair pelas ruas, nossa avaliação foi feita num pequeno circuito, montado dentro do Parque Barigui.

No traçado, foi possível chegar aos 38 km/h de velocidade, embora a sensação quando se está a bordo do modelo sem portas é de que a velocidade é bem maior da que marca seu velocímetro. Embora não pareça, ele é estável e se comportou bem nas mini curvas. A carroceria, porém, faz alguns barulhos. Para nossa surpresa, quando apertamos o pé um pouco mais no acelerador, o Twizy demonstrou fôlego para ir além, e chegar aos 60 km/h com facilidade.

Mas na condição de carona, a coisa ficou complicada. Um banco macio e espaço esqueça. A questão é que ele carrega, de forma simples, uma segunda pessoa. Durante os minutos que passamos na parte de trás sentimos a necessidade de alças de apoio para não ficar inclinando muito o corpo à medida que chegavam as curvas. Se chover, duas belas terão que ser usadas. De qualquer forma, não deixou de ser uma experiência divertida e interessante, pois a eficiência e praticidade realmente são a palavra de ordem no pequeno Twizy.

De acordo com informações do Grupo Renault Nissan, há grande possibilidade de o Fluence Z.E e o Twizy virem ao Brasil, não só a passeio. Se isso acontecer, a Renault tem interesse em trazer toda a sua frota de carros elétricos para cá, a começar com o Fluence Z.E e o Twizy. E em seguida o Kangoo Z.E e o “hatch” Zoe. Só para lembrar, todos os modelos citados são comercializados no mercado europeu. No entanto tem que se entender, que o Twizy propõe um novo conceito de mobilidade urbana, despido de luxos e de tamanho reduzido, apostando na simplicidade máxima para eficiência no transporte pessoal diário.

 

Ficha Técnica – Renault Twizy

 

Motor: Elétrico, dianteiro, transversal, síncrono com rotor bobinado. Acelerador eletrônico;

Transmissão: Câmbio automático de uma marcha à frente e uma a ré;

Tração: Traseira;

Potência: 17 cv;

Aceleração: de 0-50 km/h: 6,1 segundos;

Velocidade máxima: 80 km/h;

Torque: 5,2 kgfm;

Suspensão: Dianteira do tipo McPherson, com rodas independentes, braços triangulares transversais e barra estabilizadora. Traseira independente do tipo Multilink e amortecedores hidráulicos;

Pneus: 125/80 R13;

Freios: Discos ventilados na frente e tambores atrás. Oferece ABS de série.

carroceria: Hatch em monobloco com duas portas e dois lugares. Com 2,32 m de comprimento, 1,19 m de largura, 1,46 m de altura e 2,70 m de entre-eixos. Airbag frontal de série;

Peso: 450 kg;

Itens de série: Airbag para o motorista, freios ABS, porta-objetos com chave,

Produção: Valladolid, Espanha;

Lançamento mundial: 2012;

Preço: 7.690 euros (cerca de R$ 20 mil).


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)