Copa Fiat chega disputada a Curitiba

0
Postado 25 de julho de 2012 por bisponeto em Automobilismo
Pela terceira vez na capital do Paraná, a Copa Fiat acontecerá no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais, no fim desta semana (28 e 29 de julho). A competição, criada em 2010, chega à cidade liderada pela primeira vez por Christian Fittipaldi, ex-piloto de Fórmula 1 e Fórmula Indy. Christian comanda a tabela pela primeira vez desde a criação da categoria em 2010, graças ao amplo domínio exercido em Goiânia, onde foi o mais rápido da sessão classificatória, venceu ambas as provas e registrou a melhor volta nas duas corridas. Também disputarão as corridas em Curitiba astros como Cacá Bueno, bicampeão da categoria; seu irmão Popó Bueno, vice-campeão em 2011, e Giulianno Losacco. O público presente poderá ainda torcer pelos pilotos paranaenses Júlio Campos, Cesinha Bonilha e por André Bragantini, que nasceu em São Paulo, mas mora em Curitiba.

A competição é disputada com os carros Fiat Linea equipados com os motores T-Jet Flex que chegam a 230cv. Para a temporada de 2012 os veículos estão ainda mais rápidos, com alterações na suspensão, pneus, freios e aerodinâmica.

Os treinos acontecerão no sábado, 28 de julho. No mesmo dia será disputada ainda uma etapa da competição que deveria ter ocorrido em Londrina e foi adiada por problemas técnicos. No domingo, acontece normalmente a rodada dupla de provas. Serão, no total, três corridas com duração de 25 minutos mais uma volta. No sábado, o grid começa às 15h50. Já no domingo, a primeira bateria tem início às 10h05 e a segunda, às 13h20.

Os portões estarão abertos para o público no sábado e domingo a partir das 8 horas. Para entrar, basta levar dois quilos de arroz ou feijão e trocar por um ingresso. Entre o público presente será sorteado um Uno Vivace 0KM. A transmissão da segunda corrida do domingo poderá ser vista ao vivo pelo canal SporTV3, das 12 às 14 horas, e pela RedeTV HD das 13 às 14 horas.

Confira a classificação da Copa Fiat 2012: 1.º) Christian Fittipaldi, 47 pontos; 2.º) Cacá Bueno, 34; 3.º) Giuliano Losacco, 28; 4.º) André Bragantini, 24; 5.º) Popó Bueno, 18; 6.º) Édson do Valle, 13; 7.º) Wellington Justino, 12; 8.º) Ulisses Silva, 11; 9.º) Allam Khodair e Luir Miranda, 6; 11.º) Mauri Zacarelli, Cesinha Bonilha e Rogério Castro, 4; 14.º) Antônio Jorge Neto, 3; 15.º) José Vitte, 2; e em 16.º) Betinho Sartório e Fernando Nienkotter, 1 ponto.

 


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)