Copa Bana Pneus: Domingo de frio e muitas disputas no AIC

0
Postado 15 de julho de 2012 por bisponeto em Automobilismo
O domingo (15/7) foi muito frio em Curitiba, durante as segundas provas da quinta etapa do Campeonato Metropolitano de Marcas e Pilotos 2012, a Copa Bana Pneus, com belas disputas no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC). A etapa foi disputada nas categorias Marcas “A”, “B” e Sênior, Turismo 5000 “A” e “B”, Turismo 1.6, Fórmula Pinhais e Fórmula Premium, com promoção e organização da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).
– Turismo 5000 –
O domingo começou com a segunda prova das categorias Turismo 5000 “A” e Turismo 5000 “B”, com belas disputas entre os três primeiros pela liderança da prova. Maurício Reuter, Marco Antonio Garcia e Eduardo Berlanda, travaram bons “pegas” até quase a metade da corrida. Nas últimas voltas, Mauríco Reuter teve boa disputa com Marco Antonio Garcia pela primeira posição. Depois de 15 voltas, vitória na Geral e Turismo 5000 “A” foi de Maurício Reuter, com tempo total de 24min18s810, seguido de Marco Antonio Garcia, a 0s159, Eduardo Berlanda, a 1s155, Armin Kliewer, a 24s031, José Carlos Franzoi, a duas voltas, e, Anderson Andrade, a duas voltas. Na Turismo 5000 “B”, venceu Oswaldo Scheer Filho, com o tempo de 24min43s160, com Marco Aurélio Garcia em segundo, a 0s689, Rafael Kliewer em terceiro, a 24s311, Marco André Garcia em quarto, a 24s323, e Ricardo Melani em quinto, a oito voltas. Maurício Reuter marcou a volta mais rápida da prova, na 11.ª passagem, com tempo de 1min36s297, à média de 138,135 km/h.
– Marcas –
A largada da segunda prova das categorias Marcas “A”, “B” e Sênior, aconteceu às 11h50, com Gustavo Magnabosco largando na pole position, seguido de perto por Valmor Emílio Weiss, Vicente Orige Silva, Marcel Rodrigues, João Gilberto Arruda, Thiago Rausis, Pierre Sabbagh, Marcos Ramos, Andrei Carta e Aloysio Ludwig. O carro de Valmor Emílio Weiss não tinha bom rendimento e o piloto foi perdendo posições. Nesse momento a “briga” era boa pelas primeiras posições nas três categorias. Na nona volta entrou o safety car, onde os seis primeiros eram Gustavo Magnabosco, Vicente Orige Silva, Pierre Sabbagh, Marcel Rodrigues, João Gilberto Arruda e Thiago Rausis. Na relargada, Marcel Rodrigues pulou para a segunda posição e João Gilberto Arruda o terceiro lugar, com Gustavo Magnabosco liderando na Geral e na Marcas “A”, na Marcas “B” o líder era de João Gilberto Arruda, e na Sênior o primeiro era Marcos Ramos, em mais uma prova muito disputada nas três categorias. Na 17.ª volta, Marcel Rodrigues assumiu a liderança, mas foi penalizado em 20 segundos após a prova. Ao fim de 20 voltas, a vitória na Geral e Marcas “A” foi de Gustavo Magnabosco, com tempo total de 35min02s940, seguido de Pierre Sabbagh, a 3s878, Davi Dal Pizol, a 5s765, Felipe Lobo, a 6s441, Valmor Emílio, a 9s100, e em sexto lugar, Jorge Martelli, a 10s891. Na Marcas “B” venceu Vicente Orige Silva, com o tempo de 35min04s420, com João Gilberto Arruda em segundo, a 0s478, Andrei Carta em terceiro, a 15s097, Rafael Bianchi em quarto, a 17s055, Leonardo Fortunato em quinto, a 37s348, e, Lúcio Alan Seidel em sexto lugar, a 39s726. E na Sênior, vitória de Toninho Espolador, com tempo de 35min18s891, vindo a seguir Max Mohr, a 1s889, Cláudio Simão, a 5s641, Luiz Ferreira, a 13s339, Adriano Braz Neto, a 13s759, e, Carlos Brockveld, a 17s925. A volta mais rápida da prova foi de Davi Dal Pizzol, na 14.ª passagem, com o tempo de 1min40s010, à média de 133,007 km/h.
– Fórmulas –
No início da tarde, as categorias Fórmula Pinhais e Fórmula Premium foram para a pista para a prova de 15 voltas, com 10 participantes, que realizaram boa corrida com boas disputas pelas primeiras posições do início ao fim da prova, com algumas quebras que definiram as colocações finais. Após 15 voltas, vitória de Demetrio Tonon, na Geral e Fórmula Premium, com tempo total de 28min44s687, vindo a seguir Agostinho Setti, a 0s520 e Alex Moraes, a seis voltas. Na Fórmula Pinhais venceu Richard Campos, com tempo de 28min57s401, com Ike Zorning em segundo, a 0s016, e Edson da Silva em terceiro, a 11s501. Edson da Silva marcou a volta mais rápida da prova, na 15.ª passagem, com o tempo de 1min36s363, à média de 138,041 km/h.
– Turismo 1.6 –
Encerrando a tarde de velocidade, a categoria Turismo 1.6 realizou uma segunda prova muito disputada, com Leopoldo Mees Neto e Stive Tokarski se alternando na liderança, com excelente prova de recuperação de Ruslan Carta Filho, que largou da 18.ª posição e na metade da corrida era o sexto colocado. O bom “pega” entre Leopoldo Mees Neto e Stive Tokarski se manteve até a entrada do “safety car”, na nona volta. Na relargada, Leopoldo manteve a liderança, mas logo na 11.ª volta chegava Ruslan Carta Filho para “brigar” pela liderança. Na 15.ª volta Ruslan assumiu o segundo lugar. A disputa então ficou entre Leopoldo Mees Neto, Ruslan carta Filho e Stive Tokarski pelo primeiro lugar, com boa prova de recuperação também de Rodrigo Tassi que largou da 19.ª posição e estava em sexto lugar. Ao fim de 19 voltas, vitória de Leopoldo Mees Neto na Turismo 1.6, com tempo total de 34min34s900, seguido de Ruslan Carta Filho, a 0s841, Stive Tokarski, a 0s882, R. Persik, a 8s235, Rodrigo Gil, a 14s000, e em sexto lugar, Rodrigo Tassi, a 16s709. A volta mais rápida da prova foi de Stive Tokarski, na 18.ª passagem, com o tempo de 1min42s380, à média de 129,928 km/h. A sexta etapa da Copa Bana Pneus de Marcas e Pilotos 2012 está marcada para os dias 24, 25 e 26 de agosto, no AIC.


0 Commentarios



Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta


(obrigatório)